Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 17 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Petrobras confirma cortes em projetos culturais e foco em educação infantil



15/04/2019 | 20:45


A Petrobras informa que o tema da educação foi incluído no seu programa de posicionamento de marca em 2017. Por isso, segundo a empresa, a educação infantil, ao lado da ciência e tecnologia, estão no foco do programa de patrocínio cultural que está sendo elaborado na nova gestão da companhia.

A estatal confirmou que não renovou 11 projetos culturais que patrocinava há anos, entre eles, grandes festivais de cinema, além de projetos dos segmentos de música e artes cênicas. A empresa ainda prepara um estudo que vai balizar o novo programa de patrocínio. Para isso, recorreu a pesquisas de três economistas norte-americanos sobre educação - James Heckman, Rob Grunewald e Arthur Rolnick.

"Um dos territórios em que a companhia deve atuar prioritariamente, segundo o posicionamento, é o conhecimento, considerado um dos espaços que a Petrobras pode ocupar para se aproximar de seus públicos", afirmou a empresa, por meio de sua assessoria de imprensa.

Segundo a estatal, os "autores foram escolhidos devido à sua comprovada contribuição acadêmica para o tema".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Petrobras confirma cortes em projetos culturais e foco em educação infantil


15/04/2019 | 20:45


A Petrobras informa que o tema da educação foi incluído no seu programa de posicionamento de marca em 2017. Por isso, segundo a empresa, a educação infantil, ao lado da ciência e tecnologia, estão no foco do programa de patrocínio cultural que está sendo elaborado na nova gestão da companhia.

A estatal confirmou que não renovou 11 projetos culturais que patrocinava há anos, entre eles, grandes festivais de cinema, além de projetos dos segmentos de música e artes cênicas. A empresa ainda prepara um estudo que vai balizar o novo programa de patrocínio. Para isso, recorreu a pesquisas de três economistas norte-americanos sobre educação - James Heckman, Rob Grunewald e Arthur Rolnick.

"Um dos territórios em que a companhia deve atuar prioritariamente, segundo o posicionamento, é o conhecimento, considerado um dos espaços que a Petrobras pode ocupar para se aproximar de seus públicos", afirmou a empresa, por meio de sua assessoria de imprensa.

Segundo a estatal, os "autores foram escolhidos devido à sua comprovada contribuição acadêmica para o tema".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;