Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 23 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Grécia busca antecipar pagamentos ao FMI diante da queda dos juros dos bônus



15/04/2019 | 18:14


O governo grego afirmou nesta segunda-feira que dialoga com seus credores europeus para adiantar o pagamento de suas dívidas ao Fundo Monetário Internacional (FMI), já que os juros para empréstimo no mercado recuaram para mínimas desde 2005. Porta-voz do governo, Dimitris Tzanakopoulos disse que Atenas espera pagar "uma parcela significativa" do montante ainda devido de 9,6 bilhões de euros (US$ 10,9 bilhões) para o FMI antes do prazo.

O ministro grego das Finanças, Euclid Tsakalotos, e a diretora-gerente do FMI, Christine Lagarde, se reuniram em Washington recentemente. Nesta segunda-feira, o juro do bônus de 10 anos da Grécia recuou mais, atingindo 3,28%, em níveis não vistos em 14 anos.

A Grécia precisaria do aval do fundo de resgate da zona do euro para adiantar os pagamentos ao FMI, mas graduados funcionários da agência e da Comissão Europeia já elogiaram a ideia.

O premiê grego, Alexis Tsipras, afirmou que estava determinado a poupar os gregos de mais um aumento de impostos no ano que vem, como havia sido combinado com os credores. O governo de esquerda de Tsipras enfrenta ainda eleições nacional e locais neste ano, além da disputa legislativa europeia, e planeja reforçar gastos em programas sociais com dinheiro que pode vir a ser economizado com o pagamento adiantado, disse o porta-voz. Fonte: Dow Jones Newswires.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Grécia busca antecipar pagamentos ao FMI diante da queda dos juros dos bônus


15/04/2019 | 18:14


O governo grego afirmou nesta segunda-feira que dialoga com seus credores europeus para adiantar o pagamento de suas dívidas ao Fundo Monetário Internacional (FMI), já que os juros para empréstimo no mercado recuaram para mínimas desde 2005. Porta-voz do governo, Dimitris Tzanakopoulos disse que Atenas espera pagar "uma parcela significativa" do montante ainda devido de 9,6 bilhões de euros (US$ 10,9 bilhões) para o FMI antes do prazo.

O ministro grego das Finanças, Euclid Tsakalotos, e a diretora-gerente do FMI, Christine Lagarde, se reuniram em Washington recentemente. Nesta segunda-feira, o juro do bônus de 10 anos da Grécia recuou mais, atingindo 3,28%, em níveis não vistos em 14 anos.

A Grécia precisaria do aval do fundo de resgate da zona do euro para adiantar os pagamentos ao FMI, mas graduados funcionários da agência e da Comissão Europeia já elogiaram a ideia.

O premiê grego, Alexis Tsipras, afirmou que estava determinado a poupar os gregos de mais um aumento de impostos no ano que vem, como havia sido combinado com os credores. O governo de esquerda de Tsipras enfrenta ainda eleições nacional e locais neste ano, além da disputa legislativa europeia, e planeja reforçar gastos em programas sociais com dinheiro que pode vir a ser economizado com o pagamento adiantado, disse o porta-voz. Fonte: Dow Jones Newswires.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;