Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 18 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Joice diz que "invade a madrugada" para debater Previdência na CCJ



15/04/2019 | 17:57


Líder do governo no Congresso, a deputada federal Joice Hasselmann (PSL) disse que conversou com parlamentares para que a reunião da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) possa "invadir a madrugada", diante do que ela chamou de "kit obstrução" de partidos que impede o debate da reforma da Previdência na CCJ. "Por mim vou até seis da manhã na CCJ", disse Joice, que falou com jornalistas ao chegar no Planalto para reunião com o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

No fim da tarde, os parlamentares estão em uma votação para decidir se a pauta da comissão será invertida ou não, ou seja, para analisar se a CCJ irá debater primeiro a PEC do Orçamento Impositivo e depois a Reforma da Previdência.

"Todos nossos olhos estão voltados para a CCJ. Desde semana passada, havia ali um acordo com alguns dos partidos do denominado Centrão para tentar fazer uma inversão de pauta e tentar colocar primeiro a PEC do Orçamento Impositivo e depois a PEC da Previdência. Tem momentos que precisamos parar e conversar para que o 'kit obstrução' seja retirado", disse Joice, que chamou a tática de "lamentável". A líder ainda destacou que a obstrução só não ocorreria se o "todo o Congresso fosse governista".

A deputada também afirmou que vê alguns partidos do Centrão dispostos a fazer acordo para retirar a obstrução. Questionada se é 'temerário' fazer a votação da Previdência na quarta-feira, com um possível quórum reduzido em função do feriado, Joice respondeu que sim. "É mais arriscado sim, o ideal é que consigamos aprovar isso até esta terça-feira. E por isso o apelo para que esses parlamentares que usam do kit obstrução pensarem no País. Temos um feriado pela frente. Vamos tocar essa PEC da Previdência para frente", disse.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Joice diz que "invade a madrugada" para debater Previdência na CCJ


15/04/2019 | 17:57


Líder do governo no Congresso, a deputada federal Joice Hasselmann (PSL) disse que conversou com parlamentares para que a reunião da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) possa "invadir a madrugada", diante do que ela chamou de "kit obstrução" de partidos que impede o debate da reforma da Previdência na CCJ. "Por mim vou até seis da manhã na CCJ", disse Joice, que falou com jornalistas ao chegar no Planalto para reunião com o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

No fim da tarde, os parlamentares estão em uma votação para decidir se a pauta da comissão será invertida ou não, ou seja, para analisar se a CCJ irá debater primeiro a PEC do Orçamento Impositivo e depois a Reforma da Previdência.

"Todos nossos olhos estão voltados para a CCJ. Desde semana passada, havia ali um acordo com alguns dos partidos do denominado Centrão para tentar fazer uma inversão de pauta e tentar colocar primeiro a PEC do Orçamento Impositivo e depois a PEC da Previdência. Tem momentos que precisamos parar e conversar para que o 'kit obstrução' seja retirado", disse Joice, que chamou a tática de "lamentável". A líder ainda destacou que a obstrução só não ocorreria se o "todo o Congresso fosse governista".

A deputada também afirmou que vê alguns partidos do Centrão dispostos a fazer acordo para retirar a obstrução. Questionada se é 'temerário' fazer a votação da Previdência na quarta-feira, com um possível quórum reduzido em função do feriado, Joice respondeu que sim. "É mais arriscado sim, o ideal é que consigamos aprovar isso até esta terça-feira. E por isso o apelo para que esses parlamentares que usam do kit obstrução pensarem no País. Temos um feriado pela frente. Vamos tocar essa PEC da Previdência para frente", disse.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;