Fechar
Publicidade

Domingo, 17 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

São Paulo e Corinthians iniciam decisão do Paulistão no Morumbi

Rubens Chris/saopaulofc.net Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Olhos estarão voltados à chegada ao ônibus da delegação corintiana


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

14/04/2019 | 07:00


 Em meio à polêmica levantada pelo Corinthians sobre o temor em ter o ônibus atacado pela torcida do São Paulo na chegada ao Morumbi, Tricolor e Timão iniciam hoje a luta para saber quem fica com o título do Paulistão. A partir das 16h – se nenhuma pedra ou objeto que possa quebrar os vidros do veículo corintiano e leve a diretoria alvinegra a impedir a equipe de ir a campo, conforme prometido –, a bola rola para o primeiro duelo da grande final.

Pela forma como terminou a temporada 2018 e iniciou 2019, críticos e a mídia apontavam Palmeiras e Santos à frente dos outros rivais. Aliás, alguns tropeços em outras competições colocaram em xeque os trabalhos são-paulino e corintiano. Entretanto, ambos cresceram no momento certo, despacharam os concorrentes e agora medem forças pelo troféu.

E o técnico Cuca quer que seu time tenha um reforço e tanto vindo das arquibancadas do Morumbi para balancear o clássico, já que vê o adversário com mais habituado a decisões. “Acho que para esse primeiro jogo não tem favorito. Temos a força do nosso torcedor, o Corinthians tem experiência. Não podemos de forma alguma dizer que somos favoritos. Dependendo do que acontecer nesse jogo pode haver um favorito para a segunda partida”, declarou o treinador são-paulino, que confia em seu jovem time. “Às vezes com 18, 19 anos o jogador se torna protagonista. Acredito que vão fazer um grande jogo. Quanto menos pressão colocar nos meninos, é melhor”, emendou.

Dono de quatro títulos pelo clube, o lateral-direito Fagner, por sua vez, indicou que o Timão não vai ao Morumbi apenas a passeio. “Não é para ir lá e não jogar, ou tentar trazer empate. Vamos para tentar trazer um bom resultado para nossa casa depois”, disse em referência à volta, domingo, na Arena.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

São Paulo e Corinthians iniciam decisão do Paulistão no Morumbi

Olhos estarão voltados à chegada ao ônibus da delegação corintiana

Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

14/04/2019 | 07:00


 Em meio à polêmica levantada pelo Corinthians sobre o temor em ter o ônibus atacado pela torcida do São Paulo na chegada ao Morumbi, Tricolor e Timão iniciam hoje a luta para saber quem fica com o título do Paulistão. A partir das 16h – se nenhuma pedra ou objeto que possa quebrar os vidros do veículo corintiano e leve a diretoria alvinegra a impedir a equipe de ir a campo, conforme prometido –, a bola rola para o primeiro duelo da grande final.

Pela forma como terminou a temporada 2018 e iniciou 2019, críticos e a mídia apontavam Palmeiras e Santos à frente dos outros rivais. Aliás, alguns tropeços em outras competições colocaram em xeque os trabalhos são-paulino e corintiano. Entretanto, ambos cresceram no momento certo, despacharam os concorrentes e agora medem forças pelo troféu.

E o técnico Cuca quer que seu time tenha um reforço e tanto vindo das arquibancadas do Morumbi para balancear o clássico, já que vê o adversário com mais habituado a decisões. “Acho que para esse primeiro jogo não tem favorito. Temos a força do nosso torcedor, o Corinthians tem experiência. Não podemos de forma alguma dizer que somos favoritos. Dependendo do que acontecer nesse jogo pode haver um favorito para a segunda partida”, declarou o treinador são-paulino, que confia em seu jovem time. “Às vezes com 18, 19 anos o jogador se torna protagonista. Acredito que vão fazer um grande jogo. Quanto menos pressão colocar nos meninos, é melhor”, emendou.

Dono de quatro títulos pelo clube, o lateral-direito Fagner, por sua vez, indicou que o Timão não vai ao Morumbi apenas a passeio. “Não é para ir lá e não jogar, ou tentar trazer empate. Vamos para tentar trazer um bom resultado para nossa casa depois”, disse em referência à volta, domingo, na Arena.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;