Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 24 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Governo abre edital para projeto de obras viárias em Santa Terezinha

Claudinei Plaza/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Paço de Sto.André publicou licitação para contratar planos e recuperação estrutural do Viaduto Castelo Branco


Fábio Martins
Do Diário do Grande ABC

13/04/2019 | 07:42


O governo do prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), abriu edital para contratar projetos básico e executivo de obras viárias, no bairro Santa Terezinha, que irão transpor o Rio Tamanduateí, e de recuperação estrutural, com reforço e remodelação, do Viaduto Castelo Branco. A proposta integra o programa de Mobilidade Urbana, que contará com aporte total de US$ 50 milhões (R$ 194 milhões), sendo que a metade desse montante será financiado pelo BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) e a outra parcela ficará sob responsabilidade de recursos da municipalidade.

A estimativa inicial de gastos específicos com a execução deste empreendimento gira em torno de R$ 80 milhões. O processo de contratação da empresa que irá gerenciar o desenvolvimento do projeto executivo, segundo o Paço, será finalizado no segundo semestre deste ano, contemplando possivelmente a revitalização do viaduto e duas alças de acesso em formato de ‘x’, fazendo a interligação do primeiro com o segundo subdistrito, ao cruzar o rio. Hoje, o motorista que está no corredor tem de parar em semáforos para entrar ou sair. Internamente, a ideia do governo é iniciar as obras no começo de 2020.

A administração tucana pretende, primeiramente, concluir o processo licitatório e realizar as obras do viaduto Antônio Adib Chammas, no Centro, que também compõe o programa do BID. Portanto, a intenção é dar largada no projeto da região central ainda neste primeiro semestre, com previsão de encerrar em 12 meses, e, ao mesmo tempo, encaminhar a parte burocrática do projeto do Castelo Branco. “Não será possível iniciá-la concomitantemente às intervenções do Adib Chammas, por conta do desenvolvimento e finalização deste projeto executivo citado”, pontuou o Paço, por nota. “O investimento vai contemplar um complexo viário para a região, que dará maior fluidez e segurança aos motoristas”, emendou.

“Devido aos fluxos intensos e outros aspectos urbanos, a rotatória Santa Terezinha se encontra hoje muito saturada, gerando filas e atrasos bastantes consideráveis no tráfego da região. Para reduzir os acidentes, congestionamentos e garantir a melhor mobilidade, segurança e conforto dos usuários, o programa elaborou o projeto funcional do complexo viário. O projeto funcional considera a readequação do sistema viário da região, por meio de viadutos e novos viários, além da implantação de pontes que irão transpor o rio Tamanduateí, interligando a Avenida dos Estados ao viaduto Castelo Branco”, justifica o texto o Paço, no edital.

Outro processo em andamento, com expectativa de aporte do BID, diz respeito à implantação de corredores de ônibus no Centro. O Paço publicou no fim de março no Diário Oficial que vai selecionar projetos básicos e executivos para construção dos espaços. Conforme o plano, cerca de 2,9 quilômetros de corredores serão revitalizados nas ruas General Glicério, Luís Pinto Flaquer e Siqueira Campos e na Avenida Queirós dos Santos.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Governo abre edital para projeto de obras viárias em Santa Terezinha

Paço de Sto.André publicou licitação para contratar planos e recuperação estrutural do Viaduto Castelo Branco

Fábio Martins
Do Diário do Grande ABC

13/04/2019 | 07:42


O governo do prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), abriu edital para contratar projetos básico e executivo de obras viárias, no bairro Santa Terezinha, que irão transpor o Rio Tamanduateí, e de recuperação estrutural, com reforço e remodelação, do Viaduto Castelo Branco. A proposta integra o programa de Mobilidade Urbana, que contará com aporte total de US$ 50 milhões (R$ 194 milhões), sendo que a metade desse montante será financiado pelo BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) e a outra parcela ficará sob responsabilidade de recursos da municipalidade.

A estimativa inicial de gastos específicos com a execução deste empreendimento gira em torno de R$ 80 milhões. O processo de contratação da empresa que irá gerenciar o desenvolvimento do projeto executivo, segundo o Paço, será finalizado no segundo semestre deste ano, contemplando possivelmente a revitalização do viaduto e duas alças de acesso em formato de ‘x’, fazendo a interligação do primeiro com o segundo subdistrito, ao cruzar o rio. Hoje, o motorista que está no corredor tem de parar em semáforos para entrar ou sair. Internamente, a ideia do governo é iniciar as obras no começo de 2020.

A administração tucana pretende, primeiramente, concluir o processo licitatório e realizar as obras do viaduto Antônio Adib Chammas, no Centro, que também compõe o programa do BID. Portanto, a intenção é dar largada no projeto da região central ainda neste primeiro semestre, com previsão de encerrar em 12 meses, e, ao mesmo tempo, encaminhar a parte burocrática do projeto do Castelo Branco. “Não será possível iniciá-la concomitantemente às intervenções do Adib Chammas, por conta do desenvolvimento e finalização deste projeto executivo citado”, pontuou o Paço, por nota. “O investimento vai contemplar um complexo viário para a região, que dará maior fluidez e segurança aos motoristas”, emendou.

“Devido aos fluxos intensos e outros aspectos urbanos, a rotatória Santa Terezinha se encontra hoje muito saturada, gerando filas e atrasos bastantes consideráveis no tráfego da região. Para reduzir os acidentes, congestionamentos e garantir a melhor mobilidade, segurança e conforto dos usuários, o programa elaborou o projeto funcional do complexo viário. O projeto funcional considera a readequação do sistema viário da região, por meio de viadutos e novos viários, além da implantação de pontes que irão transpor o rio Tamanduateí, interligando a Avenida dos Estados ao viaduto Castelo Branco”, justifica o texto o Paço, no edital.

Outro processo em andamento, com expectativa de aporte do BID, diz respeito à implantação de corredores de ônibus no Centro. O Paço publicou no fim de março no Diário Oficial que vai selecionar projetos básicos e executivos para construção dos espaços. Conforme o plano, cerca de 2,9 quilômetros de corredores serão revitalizados nas ruas General Glicério, Luís Pinto Flaquer e Siqueira Campos e na Avenida Queirós dos Santos.
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;