Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 20 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

No Twitter, FHC faz apelo à sensatez e critica Bolsonaro e PT

Valter Campanato / Agência Brasil  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


03/04/2019 | 17:30


O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso recorreu ao Twitter para fazer um apelo à sensatez no debate político nacional. O tucano lembrou a polêmica recente na qual se envolveu o presidente Jair Bolsonaro (PSL) a respeito do nazismo e, citou também a campanha feita pelo Partido dos Trabalhadores (PT) em defesa da liberdade para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, como sinais de abandono da razoabilidade na política brasileira.

"O presidente confunde os autoritarismos: chama os nazis de comunistas! O PT confunde Justiça com arbítrio, quer Lula livre, em vez do razoável, esperar os recursos preso em casa", escreveu FHC, que em seguida indagou "onde anda a sensatez?", argumentando então que a democracia se torna difícil sem ela.

O tuíte de FHC diz respeito aos debates que envolvem o chanceler Ernesto Araújo e o presidente Bolsonaro, que declararam que o nazismo foi um movimento situado à esquerda no espectro político-ideológico. As afirmações repercutiram nas redes sociais e levaram a críticas de opositores e especialistas no tema.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

No Twitter, FHC faz apelo à sensatez e critica Bolsonaro e PT


03/04/2019 | 17:30


O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso recorreu ao Twitter para fazer um apelo à sensatez no debate político nacional. O tucano lembrou a polêmica recente na qual se envolveu o presidente Jair Bolsonaro (PSL) a respeito do nazismo e, citou também a campanha feita pelo Partido dos Trabalhadores (PT) em defesa da liberdade para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, como sinais de abandono da razoabilidade na política brasileira.

"O presidente confunde os autoritarismos: chama os nazis de comunistas! O PT confunde Justiça com arbítrio, quer Lula livre, em vez do razoável, esperar os recursos preso em casa", escreveu FHC, que em seguida indagou "onde anda a sensatez?", argumentando então que a democracia se torna difícil sem ela.

O tuíte de FHC diz respeito aos debates que envolvem o chanceler Ernesto Araújo e o presidente Bolsonaro, que declararam que o nazismo foi um movimento situado à esquerda no espectro político-ideológico. As afirmações repercutiram nas redes sociais e levaram a críticas de opositores e especialistas no tema.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;