Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 21 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Jaboticabal terá verba da Caixa, diz Doria

Nario Barbosa/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Governador disse que ministro Paulo Guedes foi responsável pela concretização do acordo


Daniel Tossato
do dgabc.com.br

03/04/2019 | 07:00


O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), ratificou que os recursos do financiamento para construção do Piscinão Jaboticabal, nas divisas de São Bernardo, São Caetano e a Capital, sairão via Caixa Econômica Federal. O aceno partiu diretamente do presidente da estatal, Pedro Duarte Guimarães, em reunião com o chefe do Palácio dos Bandeirantes, que chamou para si as desapropriações.

“O financiamento vai sair. O presidente da Caixa confirmou na reunião de ontem (anteontem) que o projeto vai adiante com o financiamento do banco estatal. Nós estabelecemos os princípios e agora as equipes estão em contato, a partir de hoje (ontem), com objetivo de estabelecer o cronograma”, afirmou Doria, após novo encontro na manhã de ontem. O reservatório teria capacidade para conter 900 mil metros cúbicos de água pluvial.

Segundo o tucano, o ministro da Economia, Paulo Guedes, foi um dos responsáveis pelo avanço da tramitação. “Esta é obra de grande envergadura, muito importante para a região do Grande ABC, para a minimização do impacto das chuvas de verão.”

Durante reunião no Palácio dos Bandeirantes, ainda no mês passado, dois dias depois de a região ser assolada por tempestade que deixou dez mortos, o governo federal pediu 15 dias para poder dar resposta sobre a possibilidade de a obra do Jaboticabal ser bancada por meio de financiamento do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), data expirada no fim da semana passada.

No encontro realizado no Palácio, Doria chamou a responsabilidade para a desapropriação da área que receberá o equipamento, fator considerado de entrave para a concretização da obra. Somente com essa intervenção, o Estado estima desembolso de cerca de R$ 400 milhões.

“O grande entrave era a desapropriação, quando o governador trouxe para ele essa responsabilidade, eu acredito que tenha dado um passo fundamental para tirar essa obra do papel”, avaliou o presidente do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC e prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), que se encontrará com representantes da Caixa na sexta-feira, quando tentará obter informações sobre qual a modalidade de financiamento o banco pretende encaminhar para firmar o vínculo. “Temos um grupo capitaneado pelo (Marcos) Penido (secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente). Ele tem cobrado, assim como o (ministro das Cidades, Alexandre) Baldy, sistematicamente o governo federal para obter essa resposta, mas as notícias são que o processo tem caminhado bem”, pontuou o tucano andreense. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Jaboticabal terá verba da Caixa, diz Doria

Governador disse que ministro Paulo Guedes foi responsável pela concretização do acordo

Daniel Tossato
do dgabc.com.br

03/04/2019 | 07:00


O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), ratificou que os recursos do financiamento para construção do Piscinão Jaboticabal, nas divisas de São Bernardo, São Caetano e a Capital, sairão via Caixa Econômica Federal. O aceno partiu diretamente do presidente da estatal, Pedro Duarte Guimarães, em reunião com o chefe do Palácio dos Bandeirantes, que chamou para si as desapropriações.

“O financiamento vai sair. O presidente da Caixa confirmou na reunião de ontem (anteontem) que o projeto vai adiante com o financiamento do banco estatal. Nós estabelecemos os princípios e agora as equipes estão em contato, a partir de hoje (ontem), com objetivo de estabelecer o cronograma”, afirmou Doria, após novo encontro na manhã de ontem. O reservatório teria capacidade para conter 900 mil metros cúbicos de água pluvial.

Segundo o tucano, o ministro da Economia, Paulo Guedes, foi um dos responsáveis pelo avanço da tramitação. “Esta é obra de grande envergadura, muito importante para a região do Grande ABC, para a minimização do impacto das chuvas de verão.”

Durante reunião no Palácio dos Bandeirantes, ainda no mês passado, dois dias depois de a região ser assolada por tempestade que deixou dez mortos, o governo federal pediu 15 dias para poder dar resposta sobre a possibilidade de a obra do Jaboticabal ser bancada por meio de financiamento do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), data expirada no fim da semana passada.

No encontro realizado no Palácio, Doria chamou a responsabilidade para a desapropriação da área que receberá o equipamento, fator considerado de entrave para a concretização da obra. Somente com essa intervenção, o Estado estima desembolso de cerca de R$ 400 milhões.

“O grande entrave era a desapropriação, quando o governador trouxe para ele essa responsabilidade, eu acredito que tenha dado um passo fundamental para tirar essa obra do papel”, avaliou o presidente do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC e prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), que se encontrará com representantes da Caixa na sexta-feira, quando tentará obter informações sobre qual a modalidade de financiamento o banco pretende encaminhar para firmar o vínculo. “Temos um grupo capitaneado pelo (Marcos) Penido (secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente). Ele tem cobrado, assim como o (ministro das Cidades, Alexandre) Baldy, sistematicamente o governo federal para obter essa resposta, mas as notícias são que o processo tem caminhado bem”, pontuou o tucano andreense. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;