Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 19 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Polícia brasileira ajuda Paraguai a destruir mais de mil toneladas de maconha



02/04/2019 | 15:59


Policiais federais brasileiros ajudaram o Paraguai a destruir a plantação de 1.132 toneladas de maconha em solo paraguaio em uma operação bilateral de combate ao narcotráfico divulgada nesta terça-feira, 2.

A décima oitava fase da Operação Nova Aliança (Nueva Alianza), que durou 12 dias, é resultado da parceria do governo paraguaio com o Ministério da Justiça e Segurança Pública do Brasil.

A droga, após processada, teve seu valor avaliado em US$ 33 milhões. As operações visam a destruir a maconha antes da colheita, evitando seu processamento, transporte e ingresso em território brasileiro.

Na quarta-feira passada, 27, em audiência pública na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado Federal, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, reforçou a importância da aliança com o Paraguai contra o crime organizado ligado a entorpecentes.

"Estamos realizando uma operação conjunta com o Paraguai de erradicação de cultivos de maconha. Isso já vinha dos governos anteriores, mas, nos últimos dois anos, houve um arrefecimento. Ano passado, por exemplo, só houve uma. Este ano, queremos realizar várias operações", disse Moro.

O Paraguai também pretende, após erradicar o plantio de maconha, contar com ajuda externa para implantar cultivos alternativos nessas regiões, de forma que haja reconfiguração econômica e os campos não fiquem improdutivos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Polícia brasileira ajuda Paraguai a destruir mais de mil toneladas de maconha


02/04/2019 | 15:59


Policiais federais brasileiros ajudaram o Paraguai a destruir a plantação de 1.132 toneladas de maconha em solo paraguaio em uma operação bilateral de combate ao narcotráfico divulgada nesta terça-feira, 2.

A décima oitava fase da Operação Nova Aliança (Nueva Alianza), que durou 12 dias, é resultado da parceria do governo paraguaio com o Ministério da Justiça e Segurança Pública do Brasil.

A droga, após processada, teve seu valor avaliado em US$ 33 milhões. As operações visam a destruir a maconha antes da colheita, evitando seu processamento, transporte e ingresso em território brasileiro.

Na quarta-feira passada, 27, em audiência pública na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado Federal, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, reforçou a importância da aliança com o Paraguai contra o crime organizado ligado a entorpecentes.

"Estamos realizando uma operação conjunta com o Paraguai de erradicação de cultivos de maconha. Isso já vinha dos governos anteriores, mas, nos últimos dois anos, houve um arrefecimento. Ano passado, por exemplo, só houve uma. Este ano, queremos realizar várias operações", disse Moro.

O Paraguai também pretende, após erradicar o plantio de maconha, contar com ajuda externa para implantar cultivos alternativos nessas regiões, de forma que haja reconfiguração econômica e os campos não fiquem improdutivos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;