Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Estado repassa R$ 7,1 milhões ao Grande ABC para rede assistencial

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Junior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

30/03/2019 | 06:34


A secretária estadual de Desenvolvimento Social, Célia Parnes, assinou ontem o repasse de R$ 40,6 milhões para 101 municípios do Estado. Deste montante, R$ 7,1 milhões serão destinados para cidades do Grande ABC. As transferências são feitas por meio do Fundo Estadual da Assistência Social para os fundos municipais. A cerimônia foi realizada no Palácio dos Bandeirantes, com a participação dos titulares de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, e da Saúde, José Henrique Germann, além de prefeitos e deputados.

São Bernardo terá a maior fatia: R$ 2,4 milhões. Diadema e Santo André receberão R$ 1,7 milhão e R$ 1,5 milhão, respectivamente. Mauá poderá contar com R$ 348 mil, enquanto que São Caetano, R$ 356 mil. Ribeirão Pires ficará com R$ 316 mil e Rio Grande da Serra, R$ 378 mil. Os municípios devem aplicar o recurso liberado em rede de proteção que reúne serviços socioassistencias de acolhimento e proteção às crianças, aos jovens e idosos em situação de vulnerabilidade social existentes em equipamentos públicos e entidades parceiras.

Esses serviços atendem famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade e também já em risco social ou com direitos violados, tais como, pessoas em situação de rua e violência, pessoas com deficiência, em situação de discriminação em decorrência de orientação sexual, raça, etnia, jovens em conflito com a lei, entre outros casos. “A importância desse repasse do Estado para o município de Santo André é imensa, porque, com estes recursos, nós conseguimos fazer a manutenção dos nossos equipamentos, ajudamos nos custeios de convênios e parcerias que nós temos, e também nas medidas socioeducativas”, disse o secretário de Assistência Social de Santo André, Marcelo Delsir.

A titular de Cidadania de Ribeirão, Elza Iwasaki, citou que o recurso complementa o trabalho do município na ação social com repasses ao terceiro setor. “Série de atividades desenvolvidas pelas entidades sociais cadastradas pela Prefeitura serão contempladas por essa verba.”  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Estado repassa R$ 7,1 milhões ao Grande ABC para rede assistencial

Junior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

30/03/2019 | 06:34


A secretária estadual de Desenvolvimento Social, Célia Parnes, assinou ontem o repasse de R$ 40,6 milhões para 101 municípios do Estado. Deste montante, R$ 7,1 milhões serão destinados para cidades do Grande ABC. As transferências são feitas por meio do Fundo Estadual da Assistência Social para os fundos municipais. A cerimônia foi realizada no Palácio dos Bandeirantes, com a participação dos titulares de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, e da Saúde, José Henrique Germann, além de prefeitos e deputados.

São Bernardo terá a maior fatia: R$ 2,4 milhões. Diadema e Santo André receberão R$ 1,7 milhão e R$ 1,5 milhão, respectivamente. Mauá poderá contar com R$ 348 mil, enquanto que São Caetano, R$ 356 mil. Ribeirão Pires ficará com R$ 316 mil e Rio Grande da Serra, R$ 378 mil. Os municípios devem aplicar o recurso liberado em rede de proteção que reúne serviços socioassistencias de acolhimento e proteção às crianças, aos jovens e idosos em situação de vulnerabilidade social existentes em equipamentos públicos e entidades parceiras.

Esses serviços atendem famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade e também já em risco social ou com direitos violados, tais como, pessoas em situação de rua e violência, pessoas com deficiência, em situação de discriminação em decorrência de orientação sexual, raça, etnia, jovens em conflito com a lei, entre outros casos. “A importância desse repasse do Estado para o município de Santo André é imensa, porque, com estes recursos, nós conseguimos fazer a manutenção dos nossos equipamentos, ajudamos nos custeios de convênios e parcerias que nós temos, e também nas medidas socioeducativas”, disse o secretário de Assistência Social de Santo André, Marcelo Delsir.

A titular de Cidadania de Ribeirão, Elza Iwasaki, citou que o recurso complementa o trabalho do município na ação social com repasses ao terceiro setor. “Série de atividades desenvolvidas pelas entidades sociais cadastradas pela Prefeitura serão contempladas por essa verba.”  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;