Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 18 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Tempestade tropical ganha força máxima longe da costa no Espírito Santo



25/03/2019 | 21:41


Um comunicado emitido pela Marinha informou que a tempestade tropical Iba atingiu a velocidade máxima dos ventos, de 110 quilômetros por hora, às 15h desta segunda-feira, 25. A tempestade estava a cerca de 185 quilômetros da costa do Espírito Santo, em alto-mar. A frente se deslocava para o leste, afastando-se do litoral, mas seus efeitos ainda podem ser sentidos nesta terça, 26, no litoral norte do Rio de Janeiro.

O risco da chegada do ciclone pôs em alerta Vitória, capital do Espírito Santo, mas a tempestade não atingiu o continente. A ressaca marítima, no entanto, causou estragos em trechos do litoral.

Em Guarapari, um trecho da rodovia ES-060 cedeu sob o impacto de ondas fortes. Em Piúma, as ondas danificaram o calçadão na orla da praia. O mar avançou e atingiu a parte pavimentada da rua.

Em Salvador, capital baiana, a Defesa Civil contabilizava prejuízos causados pelas chuvas no início da noite desta segunda. Até as 19 horas, tinham sido registradas 314 ocorrências, incluindo 38 alagamentos de imóveis, 46 deslizamentos de terra, 22 quedas de árvores e cerca de 40 desabamentos totais ou parciais. No bairro Dois Leões, uma revendedora de carro foi tomada pela lama que deslizou após um barranco desmoronar, levando um muro. Pelo menos dez automóveis ficaram danificados, três deles com perda total.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Tempestade tropical ganha força máxima longe da costa no Espírito Santo


25/03/2019 | 21:41


Um comunicado emitido pela Marinha informou que a tempestade tropical Iba atingiu a velocidade máxima dos ventos, de 110 quilômetros por hora, às 15h desta segunda-feira, 25. A tempestade estava a cerca de 185 quilômetros da costa do Espírito Santo, em alto-mar. A frente se deslocava para o leste, afastando-se do litoral, mas seus efeitos ainda podem ser sentidos nesta terça, 26, no litoral norte do Rio de Janeiro.

O risco da chegada do ciclone pôs em alerta Vitória, capital do Espírito Santo, mas a tempestade não atingiu o continente. A ressaca marítima, no entanto, causou estragos em trechos do litoral.

Em Guarapari, um trecho da rodovia ES-060 cedeu sob o impacto de ondas fortes. Em Piúma, as ondas danificaram o calçadão na orla da praia. O mar avançou e atingiu a parte pavimentada da rua.

Em Salvador, capital baiana, a Defesa Civil contabilizava prejuízos causados pelas chuvas no início da noite desta segunda. Até as 19 horas, tinham sido registradas 314 ocorrências, incluindo 38 alagamentos de imóveis, 46 deslizamentos de terra, 22 quedas de árvores e cerca de 40 desabamentos totais ou parciais. No bairro Dois Leões, uma revendedora de carro foi tomada pela lama que deslizou após um barranco desmoronar, levando um muro. Pelo menos dez automóveis ficaram danificados, três deles com perda total.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;