Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 30 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Automóveis

automoveis@dgabc.com.br | 4435-8337

Conheça a história do Fusca no Brasil e no mundo

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Da Redação
Do Garagem360

22/03/2019 | 15:44


Tem coisas na vida que ficam marcadas para sempre e uma delas é o Beetle da Volkswagen. Ele tem mais de 70 anos de história e é um dos carros inesquecíveis da história do cinema. No Brasil, ficou conhecido como Fusca. Durante a década de 80, este foi o carro mais vendido do mundo, sendo mais popular que o Ford T, que ocupava o primeiro lugar até então. Depois de alguns anos, ele parou de ser produzido e voltou em 1997 com o nome de Volkswagen New Beetle, o qual está se despedindo novamente.

LEIA MAIS: Kombi, Porsche, Variant: Relembre modelos que são “filhos” do Fusca
Audi ‘oncinha’, Ferrari estampada, Fusca Pikachu: veja carros com personalizações de gosto duvidoso

A história do fusca

O Fusca foi um carro criado em 1934 a pedido de Hitler. Sendo que o projetista austríaco Ferdinand Porsche foi contratado para produzir o projeto. Já em 1936, as primeiras unidades do sedã surgem e logo depois a versão conversível. Devido à 2ª Guerra Mundial, a produção é interrompida. Depois, com o final da guerra, começam as primeiras exportações.

Brasil e o fusca: um relacionamento marcante

A relação do Brasil com o Fusca é muito marcante para a cultura brasileira. No ano de 1950, chegam ao Brasil os primeiros modelos. Em 1959, o Fusca passa a ser feito oficialmente no Brasil, com 54% das peças nacionalizadas. Em 1972 havia mais de um milhão de fuscas em todo o Brasil. Mas já nos anos 80 e 90, o carro para de ser produzido.

Como é esse novo Fusca Final Edition

Quem criou o New Beetle foi a equipe do Volkswagen nos Estados Unidos, que manteve o carisma original do carro, mas trazendo ainda mais modernidade. E agora, para comemorar o encerramento da produção, a Volkswagen América do Norte vai lançar o novo Fusca Final Edition. O preço deste carro será em torno de R$ 100 mil (US$ 24 mil).

Este novo Fusca Final Edition é oferecido em dois modelos diferentes tanto nas versões SE e SEL. Além disso, esses carros virão em várias cores. Nos dois modelos está incluso: botão de partida, volante multifuncional revestido em couro, pedais de alumínio e ar-condicionado automático. Para quem quer uma configuração mais cara, há opções com faróis bi-xênon, lanternas traseiras de LED e rodas de 18 polegadas com pneus de faixas brancas.

Fim da linha

Agora em 2019, este carro não vai ser mais produzido. O presidente e diretor-executivo da marca na América do Norte, Hinrich J. Woebcken, afirmou que ele vai deixar saudade para todos os seus fãs. Segundo o site oficial da marca, Hinrich comanda todas as atividades nos Estados Unidos, México e Canadá. Segundo ele, não há planos imediatos para criar uma nova geração do carro, mas ainda há esperanças para todos os fãs que querem continuar vendo novas edições nas estradas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Conheça a história do Fusca no Brasil e no mundo

Da Redação
Do Garagem360

22/03/2019 | 15:44


Tem coisas na vida que ficam marcadas para sempre e uma delas é o Beetle da Volkswagen. Ele tem mais de 70 anos de história e é um dos carros inesquecíveis da história do cinema. No Brasil, ficou conhecido como Fusca. Durante a década de 80, este foi o carro mais vendido do mundo, sendo mais popular que o Ford T, que ocupava o primeiro lugar até então. Depois de alguns anos, ele parou de ser produzido e voltou em 1997 com o nome de Volkswagen New Beetle, o qual está se despedindo novamente.

LEIA MAIS: Kombi, Porsche, Variant: Relembre modelos que são “filhos” do Fusca
Audi ‘oncinha’, Ferrari estampada, Fusca Pikachu: veja carros com personalizações de gosto duvidoso

A história do fusca

O Fusca foi um carro criado em 1934 a pedido de Hitler. Sendo que o projetista austríaco Ferdinand Porsche foi contratado para produzir o projeto. Já em 1936, as primeiras unidades do sedã surgem e logo depois a versão conversível. Devido à 2ª Guerra Mundial, a produção é interrompida. Depois, com o final da guerra, começam as primeiras exportações.

Brasil e o fusca: um relacionamento marcante

A relação do Brasil com o Fusca é muito marcante para a cultura brasileira. No ano de 1950, chegam ao Brasil os primeiros modelos. Em 1959, o Fusca passa a ser feito oficialmente no Brasil, com 54% das peças nacionalizadas. Em 1972 havia mais de um milhão de fuscas em todo o Brasil. Mas já nos anos 80 e 90, o carro para de ser produzido.

Como é esse novo Fusca Final Edition

Quem criou o New Beetle foi a equipe do Volkswagen nos Estados Unidos, que manteve o carisma original do carro, mas trazendo ainda mais modernidade. E agora, para comemorar o encerramento da produção, a Volkswagen América do Norte vai lançar o novo Fusca Final Edition. O preço deste carro será em torno de R$ 100 mil (US$ 24 mil).

Este novo Fusca Final Edition é oferecido em dois modelos diferentes tanto nas versões SE e SEL. Além disso, esses carros virão em várias cores. Nos dois modelos está incluso: botão de partida, volante multifuncional revestido em couro, pedais de alumínio e ar-condicionado automático. Para quem quer uma configuração mais cara, há opções com faróis bi-xênon, lanternas traseiras de LED e rodas de 18 polegadas com pneus de faixas brancas.

Fim da linha

Agora em 2019, este carro não vai ser mais produzido. O presidente e diretor-executivo da marca na América do Norte, Hinrich J. Woebcken, afirmou que ele vai deixar saudade para todos os seus fãs. Segundo o site oficial da marca, Hinrich comanda todas as atividades nos Estados Unidos, México e Canadá. Segundo ele, não há planos imediatos para criar uma nova geração do carro, mas ainda há esperanças para todos os fãs que querem continuar vendo novas edições nas estradas.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;