Fechar
Publicidade

Sábado, 20 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Alemanha empata com Sérvia em casa e amplia crise antes das Eliminatórias da Euro



20/03/2019 | 19:46


Em seu último teste antes de estrear nas Eliminatórias da Eurocopa de 2020, no próximo domingo, contra a Holanda, em Amsterdã, a Alemanha ampliou o momento ruim que atravessa ao não conseguir passar de um empate por 1 a 1 com a Sérvia, nesta quarta-feira, em casa, na Volkswagen Arena, no amistoso realizado em Wolfsburg.

Sem ganhar uma partida válida por uma competição oficial desde o dia 23 de junho de 2018, quando superou a Suécia por 2 a 1, no sufoco, pela segunda rodada da fase de grupos da Copa do Mundo na Rússia, a seleção comandada por Joachim Löw jogou com o objetivo de começar a afastar as crises que enfrenta dentro e fora de campo.

Além da má fase da equipe nacional nos gramados, a Federação Alemã de Futebol entrou em rota de colisão com o Bayern de Munique, principal clube do país, pela forma como Löw anunciou publicamente e comunicou o time que não conta mais com os defensores Mats Hummels e Jerome Boateng, além do atacante Thomas Müller, deste atual ciclo que visa principalmente a Copa do Mundo de 2018.

Disposta a dar uma resposta aos seus torcedores, a Alemanha foi escalada nesta quarta-feira por Löw com uma equipe cheia de jovens jogadores, com exceção do goleiro Manuel Neuer e do volante Ilkay Gundogan, remanescentes da geração que faturou o título da Copa do Mundo de 2014, no Brasil. Porém, quem saiu na frente no amistoso em Wolfsburg foi a Sérvia, com um gol marcado aos 12 minutos do primeiro tempo.

Após escanteio batido pela direita por Nemanja Maksimovic, o defensor Lukas Klostermann, estreante pela seleção principal alemã, desviou mal a bola ao tentar fazer o corte e acabou dando um presente para o atacante Luka Jovic, jogador do Eintracht Frankfurt, completar de cabeça e abrir o placar.

Esse foi, por sinal, o primeiro gol de Jovic pela seleção sérvia, mas ele já acumula 22 bolas na rede pelo Eintracht nesta temporada europeia e justificou a sua convocação para uma equipe que dominou o primeiro tempo do amistoso contra os alemães.

E após Timo Werner, Leroy Sané e Gundogan desperdiçarem boas oportunidades de empatar o jogo, o jovem atacante Leon Goretzka, de 24 anos, garantiu a igualdade para a Alemanha após receber passe da esquerda de Marco Reus, se livrar da marcação de um defensor e chutar forte no canto direito alto do goleiro Marko Dmitrovic, aos 24 minutos da etapa final.

A Alemanha, porém, não teve forças para virar o placar. Reus e Goretzka só foram colocados em campo por Löw no segundo tempo, substituindo respectivamente a Kai Havertz e Julian Brandt. Até o goleiro Marc-Andre ter Stegen, do Barcelona, teve chance de mostrar serviço ao entrar no lugar de Neuer após o intervalo.

Thilo Kehrer e Nico Schulz foram outras novas caras da seleção testadas pelo treinador, mas eles só entraram no finalzinho do amistoso nos lugares de Lukas Klostermann e Leroy Sané, este último do Manchester City e grande aposta da nova geração de atacantes alemães, mas que acabou passando em branco diante dos sérvios.

Após cair na primeira fase da Copa de 2018, a Alemanha voltou a decepcionar ao ser rebaixada para a segunda divisão da Liga das Nações da Uefa, competição recém-criada na qual acumulou dois empates e duas derrotas em quatro partidas.

Em processo de reformulação, a seleção chegará ao jogo contra a Holanda, domingo, em Amsterdã, desacreditada, até porque na mesma cidade foi derrotada por 3 a 0 pela rival na Liga das Nações, em outubro do ano passado. Os alemães integram o Grupo C das Eliminatórias da Eurocopa de 2020, que, além dos holandeses, conta ainda com Bielo-Rússia, Irlanda do Norte e Estônia.

PAÍS DE GALES - Em outro amistoso disputado nesta quarta-feira, o País de Gales venceu Trinidad e Tobago por 1 a 0, com um gol de Benjamin Woodburn, em casa. A equipe galesa, que não contou com o astro Gareth Bale em campo, também vai estrear nas Eliminatórias da Eurocopa no domingo, quando enfrenta a Eslováquia, em Cardiff. O jogo será válido pelo Grupo E, que também é composto por Azerbaijão, Croácia e Hungria.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Alemanha empata com Sérvia em casa e amplia crise antes das Eliminatórias da Euro


20/03/2019 | 19:46


Em seu último teste antes de estrear nas Eliminatórias da Eurocopa de 2020, no próximo domingo, contra a Holanda, em Amsterdã, a Alemanha ampliou o momento ruim que atravessa ao não conseguir passar de um empate por 1 a 1 com a Sérvia, nesta quarta-feira, em casa, na Volkswagen Arena, no amistoso realizado em Wolfsburg.

Sem ganhar uma partida válida por uma competição oficial desde o dia 23 de junho de 2018, quando superou a Suécia por 2 a 1, no sufoco, pela segunda rodada da fase de grupos da Copa do Mundo na Rússia, a seleção comandada por Joachim Löw jogou com o objetivo de começar a afastar as crises que enfrenta dentro e fora de campo.

Além da má fase da equipe nacional nos gramados, a Federação Alemã de Futebol entrou em rota de colisão com o Bayern de Munique, principal clube do país, pela forma como Löw anunciou publicamente e comunicou o time que não conta mais com os defensores Mats Hummels e Jerome Boateng, além do atacante Thomas Müller, deste atual ciclo que visa principalmente a Copa do Mundo de 2018.

Disposta a dar uma resposta aos seus torcedores, a Alemanha foi escalada nesta quarta-feira por Löw com uma equipe cheia de jovens jogadores, com exceção do goleiro Manuel Neuer e do volante Ilkay Gundogan, remanescentes da geração que faturou o título da Copa do Mundo de 2014, no Brasil. Porém, quem saiu na frente no amistoso em Wolfsburg foi a Sérvia, com um gol marcado aos 12 minutos do primeiro tempo.

Após escanteio batido pela direita por Nemanja Maksimovic, o defensor Lukas Klostermann, estreante pela seleção principal alemã, desviou mal a bola ao tentar fazer o corte e acabou dando um presente para o atacante Luka Jovic, jogador do Eintracht Frankfurt, completar de cabeça e abrir o placar.

Esse foi, por sinal, o primeiro gol de Jovic pela seleção sérvia, mas ele já acumula 22 bolas na rede pelo Eintracht nesta temporada europeia e justificou a sua convocação para uma equipe que dominou o primeiro tempo do amistoso contra os alemães.

E após Timo Werner, Leroy Sané e Gundogan desperdiçarem boas oportunidades de empatar o jogo, o jovem atacante Leon Goretzka, de 24 anos, garantiu a igualdade para a Alemanha após receber passe da esquerda de Marco Reus, se livrar da marcação de um defensor e chutar forte no canto direito alto do goleiro Marko Dmitrovic, aos 24 minutos da etapa final.

A Alemanha, porém, não teve forças para virar o placar. Reus e Goretzka só foram colocados em campo por Löw no segundo tempo, substituindo respectivamente a Kai Havertz e Julian Brandt. Até o goleiro Marc-Andre ter Stegen, do Barcelona, teve chance de mostrar serviço ao entrar no lugar de Neuer após o intervalo.

Thilo Kehrer e Nico Schulz foram outras novas caras da seleção testadas pelo treinador, mas eles só entraram no finalzinho do amistoso nos lugares de Lukas Klostermann e Leroy Sané, este último do Manchester City e grande aposta da nova geração de atacantes alemães, mas que acabou passando em branco diante dos sérvios.

Após cair na primeira fase da Copa de 2018, a Alemanha voltou a decepcionar ao ser rebaixada para a segunda divisão da Liga das Nações da Uefa, competição recém-criada na qual acumulou dois empates e duas derrotas em quatro partidas.

Em processo de reformulação, a seleção chegará ao jogo contra a Holanda, domingo, em Amsterdã, desacreditada, até porque na mesma cidade foi derrotada por 3 a 0 pela rival na Liga das Nações, em outubro do ano passado. Os alemães integram o Grupo C das Eliminatórias da Eurocopa de 2020, que, além dos holandeses, conta ainda com Bielo-Rússia, Irlanda do Norte e Estônia.

PAÍS DE GALES - Em outro amistoso disputado nesta quarta-feira, o País de Gales venceu Trinidad e Tobago por 1 a 0, com um gol de Benjamin Woodburn, em casa. A equipe galesa, que não contou com o astro Gareth Bale em campo, também vai estrear nas Eliminatórias da Eurocopa no domingo, quando enfrenta a Eslováquia, em Cardiff. O jogo será válido pelo Grupo E, que também é composto por Azerbaijão, Croácia e Hungria.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;