Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Por atrasos salariais, jogadores do Flu voltam a fazer greve em treino



15/03/2019 | 18:52


Em razão dos atrasos salariais, os jogadores do Fluminense voltaram a fazer greve no treino desta sexta-feira. Os atletas compareceram ao CT da Barra, no Rio de Janeiro, mas se reuniram e decidiram não participar da atividade planejada para o dia, como forma de protesto.

"Por conta dos atrasos salariais, os jogadores do Fluminense se reuniram na tarde desta sexta-feira, no CT, e decidiram não treinar, em forma de protesto. A atividade marcada para este sábado está mantida e passou para a parte da tarde", disse o Fluminense, em comunicado.

A atividade desta sexta estava agendada para as 16 horas. Seria um trabalho de recuperação após a vitória tranquila sobre o Boavista por 3 a 0, na noite de quinta, em Saquarema, pela Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca.

Com a greve, a reapresentação, de fato, será neste sábado. O treino, que estava marcado para as 9 horas, será realizado às 16 horas. Será a última atividade liderada pelo técnico Fernando Diniz em preparação para o clássico com o Botafogo, neste domingo, às 19 horas, no Maracanã, também pelo Estadual.

Foi a segunda vez que elenco do Fluminense decidiu paralisar suas atividades em protesto contra os atrasos salariais. A primeira aconteceu no fim de fevereiro. Na ocasião, os jogadores retomaram os trabalhos normalmente no dia seguinte à paralisação após uma conversa com o presidente do clube, Pedro Abad.

A diretoria do Fluminense ainda não quitou os pagamentos referentes a fevereiro, chegando ao terceiro mês de atraso salarial. O clube ainda deve quantias referentes a férias e direitos de imagem.

"A gente sabe que a diretoria está trabalhando. O grupo está focado para dar o máximo. Começamos a semana muito bem e estamos no início de um trabalho. A diretoria está trabalhando para colocar tudo em dia", disse o volante Airton, na terça-feira.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Por atrasos salariais, jogadores do Flu voltam a fazer greve em treino


15/03/2019 | 18:52


Em razão dos atrasos salariais, os jogadores do Fluminense voltaram a fazer greve no treino desta sexta-feira. Os atletas compareceram ao CT da Barra, no Rio de Janeiro, mas se reuniram e decidiram não participar da atividade planejada para o dia, como forma de protesto.

"Por conta dos atrasos salariais, os jogadores do Fluminense se reuniram na tarde desta sexta-feira, no CT, e decidiram não treinar, em forma de protesto. A atividade marcada para este sábado está mantida e passou para a parte da tarde", disse o Fluminense, em comunicado.

A atividade desta sexta estava agendada para as 16 horas. Seria um trabalho de recuperação após a vitória tranquila sobre o Boavista por 3 a 0, na noite de quinta, em Saquarema, pela Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca.

Com a greve, a reapresentação, de fato, será neste sábado. O treino, que estava marcado para as 9 horas, será realizado às 16 horas. Será a última atividade liderada pelo técnico Fernando Diniz em preparação para o clássico com o Botafogo, neste domingo, às 19 horas, no Maracanã, também pelo Estadual.

Foi a segunda vez que elenco do Fluminense decidiu paralisar suas atividades em protesto contra os atrasos salariais. A primeira aconteceu no fim de fevereiro. Na ocasião, os jogadores retomaram os trabalhos normalmente no dia seguinte à paralisação após uma conversa com o presidente do clube, Pedro Abad.

A diretoria do Fluminense ainda não quitou os pagamentos referentes a fevereiro, chegando ao terceiro mês de atraso salarial. O clube ainda deve quantias referentes a férias e direitos de imagem.

"A gente sabe que a diretoria está trabalhando. O grupo está focado para dar o máximo. Começamos a semana muito bem e estamos no início de um trabalho. A diretoria está trabalhando para colocar tudo em dia", disse o volante Airton, na terça-feira.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;