Fechar
Publicidade

Domingo, 19 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Reviravolta: Disney recontrata diretor de Guardiões da Galáxia



15/03/2019 | 16:11


O site Deadline reportou na sexta-feira, dia 15, uma reviravolta em relação ao caso do diretor James Gunn, de Guardiões da Galáxia: ele irá retomar a direção do terceiro longa da franquia. Ele teria sido recontratado pela Disney após sua demissão em julho de 2018 - quando jornalistas trouxeram à tona tuítes antigos de Gunn com piadas de conteúdo duvidoso, envolvendo estupro e pedofilia.

Gunn logo se desculpou com seu público, dizendo:

Muitas pessoas que acompanham minha carreira sabem que, quando comecei, me via como um provocador, fazendo filmes e contando piadas que eram tabu. Como já discuti publicamente muitas vezes, conforme me aprimorei como pessoa, meu trabalho e meu humor acompanharam. Enfim, esta é a verdade completa: eu costumava fazer muitas piadas ofensivas. Não faço mais. Não culpo meu eu antigo por isso, mas gosto de mim mesmo muito mais e me sinto um ser humano e criador melhor hoje. Amor para vocês.

Ainda segundo o site, a decisão de recontratá-lo já havia sido feita meses atrás, após muitas conversas entre o diretor e líderes da Disney e da Marvel.

Logo após a demissão, atores de GdG como Zoe Saldana e Chris Pratt demonstraram apoio ao diretor nas redes sociais.

Antes de começar Guardiões da Galáxia 3, ele terá que terminar de escrever e dirigir a sequência de Esquadrão Suicida para a Warner em parceria com a DC.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Reviravolta: Disney recontrata diretor de Guardiões da Galáxia


15/03/2019 | 16:11


O site Deadline reportou na sexta-feira, dia 15, uma reviravolta em relação ao caso do diretor James Gunn, de Guardiões da Galáxia: ele irá retomar a direção do terceiro longa da franquia. Ele teria sido recontratado pela Disney após sua demissão em julho de 2018 - quando jornalistas trouxeram à tona tuítes antigos de Gunn com piadas de conteúdo duvidoso, envolvendo estupro e pedofilia.

Gunn logo se desculpou com seu público, dizendo:

Muitas pessoas que acompanham minha carreira sabem que, quando comecei, me via como um provocador, fazendo filmes e contando piadas que eram tabu. Como já discuti publicamente muitas vezes, conforme me aprimorei como pessoa, meu trabalho e meu humor acompanharam. Enfim, esta é a verdade completa: eu costumava fazer muitas piadas ofensivas. Não faço mais. Não culpo meu eu antigo por isso, mas gosto de mim mesmo muito mais e me sinto um ser humano e criador melhor hoje. Amor para vocês.

Ainda segundo o site, a decisão de recontratá-lo já havia sido feita meses atrás, após muitas conversas entre o diretor e líderes da Disney e da Marvel.

Logo após a demissão, atores de GdG como Zoe Saldana e Chris Pratt demonstraram apoio ao diretor nas redes sociais.

Antes de começar Guardiões da Galáxia 3, ele terá que terminar de escrever e dirigir a sequência de Esquadrão Suicida para a Warner em parceria com a DC.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;