Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 25 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Turismo

turismo@dgabc.com.br | 4435-8367

Olímpia: crescente e ambiciosa

Divulgação  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Com 32 vezes mais leitos do que há dez anos, cidade das águas termais tem planos para seguir expansão


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

14/03/2019 | 07:11


Ora, mas de novo Olímpia? Respondo sem nem pensar duas vezes: sempre Olímpia! Os números mostram que o destino (a 455 quilômetros do Grande ABC) do Interior de São Paulo só cresce e ganha mais adeptos a cada dia, entre turistas e investidores – ou ambos. E muitos são os motivos para isso, estimulando um desenvolvimento com previsões grandiosas para a cidade das águas termais.

Se há cinco anos contava com 8.000 leitos (voltando dez anos no tempo, eram apenas 687!), em 2030 o município pode alcançar 45 mil deles – número expressivo para um local que conta com 54 mil habitantes. Hoje, são 22 mil leitos. Isso não bastasse, a projeção sobre o número de visitantes é ainda mais ambiciosa: os 2,6 milhões hóspedes do ano passado (crescimento de 30% com relação a 2017) devem saltar para 6 milhões já em 2024, segundo a Secretaria Municipal de Turismo. É por isso que a localidade atrai tantos empreendimentos e atrações.

Até o fim de 2020, estão previstas as finalizações de dois complexos hoteleiros – o Enjoy Olímpia Park Resort, que já possui 456 quartos em funcionamento e terá 912 no total, e o Solar das Águas Park Resort, que contará com quase 1.000 –, e a empresa já mira o lançamento de um terceiro empreendimento, com mais 1.000 dormitórios. “Nossa estratégia é acompanhar e ajudar no desenvolvimento da cidade, que vem crescendo muito rapidamente”, declarou o CEO da Enjoy, Alexandre Zubaran. “Olímpia tem projeção impressionante de 6 milhões de turistas em cinco anos. É um desafio que a cidade tem para se estruturar em transporte, acesso viário, comunicação, e esgotamento hidro-sanitário”, complementou.

A cidade já conta com dois grandes parques aquáticos: o Thermas dos Laranjais – terceiro maior do mundo em número de visitantes – e o Hot Beach, inaugurado em 2017. “Aos poucos, o destino vai ganhando novos equipamentos de entretenimento”, contou Zubaran, ao projetar a chegada de opções para toda a família em futuro breve, casos do Parque dos Dinossauros (ainda no primeiro semestre), de bar temático de motocicletas, do Museu de Cera e do Bar de Gelo – os dois últimos que já têm unidades em outras cidades do País, como Gramado (Rio Grande do Sul) e Campos do Jordão (Interior).

ATO CONTÍNUO - E não pense que é preciso correr para arrumar as malas e aproveitar Olímpia enquanto é verão (termina em 20 de março). Isso porque, por lá, parece que esta é a estação permanente o ano todo. Afinal, a média de temperatura anual é superior a 21ºC, sendo que a máxima média, em setembro e outubro, é de 33ºC.

O jornalista viajou a convite da Enjoy Hotéis e Resorts 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Olímpia: crescente e ambiciosa

Com 32 vezes mais leitos do que há dez anos, cidade das águas termais tem planos para seguir expansão

Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

14/03/2019 | 07:11


Ora, mas de novo Olímpia? Respondo sem nem pensar duas vezes: sempre Olímpia! Os números mostram que o destino (a 455 quilômetros do Grande ABC) do Interior de São Paulo só cresce e ganha mais adeptos a cada dia, entre turistas e investidores – ou ambos. E muitos são os motivos para isso, estimulando um desenvolvimento com previsões grandiosas para a cidade das águas termais.

Se há cinco anos contava com 8.000 leitos (voltando dez anos no tempo, eram apenas 687!), em 2030 o município pode alcançar 45 mil deles – número expressivo para um local que conta com 54 mil habitantes. Hoje, são 22 mil leitos. Isso não bastasse, a projeção sobre o número de visitantes é ainda mais ambiciosa: os 2,6 milhões hóspedes do ano passado (crescimento de 30% com relação a 2017) devem saltar para 6 milhões já em 2024, segundo a Secretaria Municipal de Turismo. É por isso que a localidade atrai tantos empreendimentos e atrações.

Até o fim de 2020, estão previstas as finalizações de dois complexos hoteleiros – o Enjoy Olímpia Park Resort, que já possui 456 quartos em funcionamento e terá 912 no total, e o Solar das Águas Park Resort, que contará com quase 1.000 –, e a empresa já mira o lançamento de um terceiro empreendimento, com mais 1.000 dormitórios. “Nossa estratégia é acompanhar e ajudar no desenvolvimento da cidade, que vem crescendo muito rapidamente”, declarou o CEO da Enjoy, Alexandre Zubaran. “Olímpia tem projeção impressionante de 6 milhões de turistas em cinco anos. É um desafio que a cidade tem para se estruturar em transporte, acesso viário, comunicação, e esgotamento hidro-sanitário”, complementou.

A cidade já conta com dois grandes parques aquáticos: o Thermas dos Laranjais – terceiro maior do mundo em número de visitantes – e o Hot Beach, inaugurado em 2017. “Aos poucos, o destino vai ganhando novos equipamentos de entretenimento”, contou Zubaran, ao projetar a chegada de opções para toda a família em futuro breve, casos do Parque dos Dinossauros (ainda no primeiro semestre), de bar temático de motocicletas, do Museu de Cera e do Bar de Gelo – os dois últimos que já têm unidades em outras cidades do País, como Gramado (Rio Grande do Sul) e Campos do Jordão (Interior).

ATO CONTÍNUO - E não pense que é preciso correr para arrumar as malas e aproveitar Olímpia enquanto é verão (termina em 20 de março). Isso porque, por lá, parece que esta é a estação permanente o ano todo. Afinal, a média de temperatura anual é superior a 21ºC, sendo que a máxima média, em setembro e outubro, é de 33ºC.

O jornalista viajou a convite da Enjoy Hotéis e Resorts 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;