Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 21 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Um Anúncio. Um logo. E muitas notícias

Há 30 anos o centenário da emancipação do Grande ABC ganhou exemplar celebração


Ademir Medici

13/03/2019 | 07:00


Grande ABC, 100 anos de autonomia: 1889-1989. A data mereceu vários registros do dia 12 de março em diante, 30 anos atrás. A Prefeitura de Santo André publicou um anúncio institucional. E esta página Memória foi reunindo dados e informações. Afinal, o que aconteceu em 1889 foi o segundo movimento de emancipação regional – o primeiro ocorreu em 1812, com a criação da Freguesia de São Bernardo.

A série de registros feitos em 1989 pelo Diário do Grande ABC desembocaria na realização do I Congresso de História regional, em 1990.

São Bernardo.
Freguesia.
Ligada a São Paulo

Como o Grande ABC ganhou o seu primeiro município, em 1889? A Câmara Municipal de São Paulo possui, em seus arquivos, um registro de requerimento endereçado à Assembleia Legislativa Provincial, em 1888, quando se solicitou a criação do município de São Bernardo.

A Assembleia Legislativa Provincial de São Paulo, pelo decreto número 35, de 1º de março de 1889, atendeu o pedido dos moradores da região e baixou o seguinte decreto:
Artigo 1º – Fica elevada à categoria de vila a freguesia de São Bernardo, do município da Capital, com as mesmas divisas atuais.
Artigo 2º – Ficam revogadas disposições em contrário.
A Lei da Assembleia Legislativa Provincial foi sancionada em 12 de março de 1889 por Pedro Vicente de Azevedo, presidente da província de São Paulo.
Da lei: “Mando, portanto, a todas as autoridades, a quem o conhecimento e execução da referida lei pertencer, que a cumpram e façam cumprir tão inteiramente como nela se constam”.
Formalizada a criação do novo município, faltava agora a instalação, o que iria ficar para o ano seguinte.
O Império vivia seus últimos meses.
A instalação ocorreria em plena República.

Santos do Dia

Eufrásia. Viveu na Ásia Menor (380-420)
Nicéforo, o patriarca de Constantinopla

Municípios Brasileiros

Celebram aniversários em 13 de março:

- Em São Paulo, Sarapuí
- No Mato Grosso, Barão de Melgaço
- Na Bahia, Cachoeira e Santo Amaro
- No Rio de Janeiro, Carapebus
- No Ceará, Chorozinho
- Em Minas Gerais, Marilac
- No Amazonas, Santo Antônio do Içá

Fonte: IBGE

Interação com Facebook
 

‘O susto da mãe e as promessas do filho’

A mãe estremece. O suor gelado, provocado pelo espanto, umedece o rosto. Diante dos olhos, o terrível bilhete.

Da crônica de Guido Fidelis publicada pelo Diário em 12 de março de 1989. Confiram a íntegra no Facebook da Memória – acessem o endereço acima.

Em 13 de março de...

1919 – A APSA (Associação Paulista de Sports Atléticos) declara filiados os clubes da Segunda Divisão, em sorteio realizado em sua sede.
O Primeiro de Maio FC, de Santo André, cai na seção A, ao lado de União Fluminense, União Lapa, Itália FC, Syrio e Antarctica.
Da seção B fazem parte: Vila Clementino, União do Cambuci, Gráfica Paulista, Ruggerone e AA Barra Funda.
Do noticiário do Estadão:
- A França e a Itália e o plano do exército de voluntários na Alemanha.
Do noticiário do Correio Paulistano:
- O imperador Carlos vai ser banido da Áustria.
1949 – Angelo Raphael Pellegrino era eleito o primeiro prefeito de São Caetano, município que ganhava o apêndice ‘do Sul’ no nome.
1964 – o Rio de Janeiro realizava o célebre comício da Guanabara, também chamado de Comício da Central do Brasil, presidente João Goulart, o Jango, à frente. Foi a gota d’água que provocaria o golpe militar, pouco mais de duas semanas depois.
1969 – Prefeito Newton Brandão dá posse à nova CCE (Comissão Central de Esportes), com nomes hoje históricos e que o esporte atual deveria reverenciar:
Presidente, Eugênio Rocco Sobrinho
Vice-presidente, Richard Nassif
Secretário, Lúcio Ramos Alvarez
Tesoureiros, Juvenal Augusto S. Feliciano Filho e Milton Baldim
Diretor de patrimônio, Waldemar Ferreira
Diretor de patrimônio, Luiz Romão Zanella, que foi repórter do <CF161>Diário</CF>.
Comissão técnica: Valderbi Romani, Rafael Stamato Filho, Paulo Albano e Paulo Rezende.
Diretores de basquete, Juvenal Augusto S. Feliciano Filho e Paulo Batista.
Diretores de voleibol, Richard Nassif, Teresa Capano e Sábato Militelli.
Diretores de ciclismo, Nildo Luchetti e José de Carvalho.
Diretor de xadrez, Josef Tlach
Diretores de atletismo, André Rubens Didoni, Augusto J. Roque e Serafim Lupolo (ou Rupolo).
Diretor de tênis de mesa, Minuro Jamada.
Diretor de saltos ornamentais, Rafael Stamato.
- Prefeito Walter Braido assina portaria que regulamenta o exercício da profissão de funcionário público em São Caetano.
- Prefeito Aldino Pinotti anuncia a construção de um teatro municipal em São Bernardo – estava nascendo o atual Teatro Cacilda Becker.
1974 – Ornamentada com azaleias e quaresmeiras, fica pronta a praça da igreja São José Operário, Bela Vista, em Santo André.

Diário há 30 anos

Domingo, 12 de março de 1989 – ano 31, edição 7011

São Caetano – Implodidos em dois segundos os antigos vestiários do centro de lazer do bairro Cerâmica. Coube ao prefeito Luiz Tortorello acionar os botões que detonaram a obra, exatamente às 9h21 do sábado, 11 de março. A implosão foi planejada pela equipe do engenheiro Hugo Takahashi. A Prefeitura estudaria a ocupação do espaço.
Nota – No local ergue-se hoje o Palácio da Cerâmica, sede do governo municipal, mantendo-se uma grande área verde. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Um Anúncio. Um logo. E muitas notícias

Há 30 anos o centenário da emancipação do Grande ABC ganhou exemplar celebração

Ademir Medici

13/03/2019 | 07:00


Grande ABC, 100 anos de autonomia: 1889-1989. A data mereceu vários registros do dia 12 de março em diante, 30 anos atrás. A Prefeitura de Santo André publicou um anúncio institucional. E esta página Memória foi reunindo dados e informações. Afinal, o que aconteceu em 1889 foi o segundo movimento de emancipação regional – o primeiro ocorreu em 1812, com a criação da Freguesia de São Bernardo.

A série de registros feitos em 1989 pelo Diário do Grande ABC desembocaria na realização do I Congresso de História regional, em 1990.

São Bernardo.
Freguesia.
Ligada a São Paulo

Como o Grande ABC ganhou o seu primeiro município, em 1889? A Câmara Municipal de São Paulo possui, em seus arquivos, um registro de requerimento endereçado à Assembleia Legislativa Provincial, em 1888, quando se solicitou a criação do município de São Bernardo.

A Assembleia Legislativa Provincial de São Paulo, pelo decreto número 35, de 1º de março de 1889, atendeu o pedido dos moradores da região e baixou o seguinte decreto:
Artigo 1º – Fica elevada à categoria de vila a freguesia de São Bernardo, do município da Capital, com as mesmas divisas atuais.
Artigo 2º – Ficam revogadas disposições em contrário.
A Lei da Assembleia Legislativa Provincial foi sancionada em 12 de março de 1889 por Pedro Vicente de Azevedo, presidente da província de São Paulo.
Da lei: “Mando, portanto, a todas as autoridades, a quem o conhecimento e execução da referida lei pertencer, que a cumpram e façam cumprir tão inteiramente como nela se constam”.
Formalizada a criação do novo município, faltava agora a instalação, o que iria ficar para o ano seguinte.
O Império vivia seus últimos meses.
A instalação ocorreria em plena República.

Santos do Dia

Eufrásia. Viveu na Ásia Menor (380-420)
Nicéforo, o patriarca de Constantinopla

Municípios Brasileiros

Celebram aniversários em 13 de março:

- Em São Paulo, Sarapuí
- No Mato Grosso, Barão de Melgaço
- Na Bahia, Cachoeira e Santo Amaro
- No Rio de Janeiro, Carapebus
- No Ceará, Chorozinho
- Em Minas Gerais, Marilac
- No Amazonas, Santo Antônio do Içá

Fonte: IBGE

Interação com Facebook
 

‘O susto da mãe e as promessas do filho’

A mãe estremece. O suor gelado, provocado pelo espanto, umedece o rosto. Diante dos olhos, o terrível bilhete.

Da crônica de Guido Fidelis publicada pelo Diário em 12 de março de 1989. Confiram a íntegra no Facebook da Memória – acessem o endereço acima.

Em 13 de março de...

1919 – A APSA (Associação Paulista de Sports Atléticos) declara filiados os clubes da Segunda Divisão, em sorteio realizado em sua sede.
O Primeiro de Maio FC, de Santo André, cai na seção A, ao lado de União Fluminense, União Lapa, Itália FC, Syrio e Antarctica.
Da seção B fazem parte: Vila Clementino, União do Cambuci, Gráfica Paulista, Ruggerone e AA Barra Funda.
Do noticiário do Estadão:
- A França e a Itália e o plano do exército de voluntários na Alemanha.
Do noticiário do Correio Paulistano:
- O imperador Carlos vai ser banido da Áustria.
1949 – Angelo Raphael Pellegrino era eleito o primeiro prefeito de São Caetano, município que ganhava o apêndice ‘do Sul’ no nome.
1964 – o Rio de Janeiro realizava o célebre comício da Guanabara, também chamado de Comício da Central do Brasil, presidente João Goulart, o Jango, à frente. Foi a gota d’água que provocaria o golpe militar, pouco mais de duas semanas depois.
1969 – Prefeito Newton Brandão dá posse à nova CCE (Comissão Central de Esportes), com nomes hoje históricos e que o esporte atual deveria reverenciar:
Presidente, Eugênio Rocco Sobrinho
Vice-presidente, Richard Nassif
Secretário, Lúcio Ramos Alvarez
Tesoureiros, Juvenal Augusto S. Feliciano Filho e Milton Baldim
Diretor de patrimônio, Waldemar Ferreira
Diretor de patrimônio, Luiz Romão Zanella, que foi repórter do <CF161>Diário</CF>.
Comissão técnica: Valderbi Romani, Rafael Stamato Filho, Paulo Albano e Paulo Rezende.
Diretores de basquete, Juvenal Augusto S. Feliciano Filho e Paulo Batista.
Diretores de voleibol, Richard Nassif, Teresa Capano e Sábato Militelli.
Diretores de ciclismo, Nildo Luchetti e José de Carvalho.
Diretor de xadrez, Josef Tlach
Diretores de atletismo, André Rubens Didoni, Augusto J. Roque e Serafim Lupolo (ou Rupolo).
Diretor de tênis de mesa, Minuro Jamada.
Diretor de saltos ornamentais, Rafael Stamato.
- Prefeito Walter Braido assina portaria que regulamenta o exercício da profissão de funcionário público em São Caetano.
- Prefeito Aldino Pinotti anuncia a construção de um teatro municipal em São Bernardo – estava nascendo o atual Teatro Cacilda Becker.
1974 – Ornamentada com azaleias e quaresmeiras, fica pronta a praça da igreja São José Operário, Bela Vista, em Santo André.

Diário há 30 anos

Domingo, 12 de março de 1989 – ano 31, edição 7011

São Caetano – Implodidos em dois segundos os antigos vestiários do centro de lazer do bairro Cerâmica. Coube ao prefeito Luiz Tortorello acionar os botões que detonaram a obra, exatamente às 9h21 do sábado, 11 de março. A implosão foi planejada pela equipe do engenheiro Hugo Takahashi. A Prefeitura estudaria a ocupação do espaço.
Nota – No local ergue-se hoje o Palácio da Cerâmica, sede do governo municipal, mantendo-se uma grande área verde. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;