Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 26 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Carta em que Michael Jackson agradece seu guarda-costas por ter sido um pai é leiloada

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


07/03/2019 | 12:11


Mesmo depois de sua morte Michael Jackson permanece nos holofotes! Segundo o o site norte-americano TMZ, uma carta escrita pelo cantor em que ele agradece o apoio de um de seus guarda-costas pessoal e ainda revela que o pai não tinha tempo para ele e só o usava por dinheiro está sendo leiloada no valor de 18 mil dólares, o equivalente a 68 mil e 800 reais.

O documento, escrito em 1992, foi endereçado a Bill Bray, que trabalhou com Jackson por muitos anos e serviu como forma de agradecimento, já que o guarda-costas foi como um pai que ele não tinha. Além disso, o registro ainda contém relatos do cantor sobre sua infância traumática.

Joseph nunca tinha tempo para mim, ele só me via como um meio de ganhar dinheiro, escreveu Michael a respeito de seu pai biológico, Joe Jackson.

De acordo com a publicação, Bill começou a trabalhar para os Jackson 5, grupo composto por Michael e seus irmãos, em 1970, e posteriormente seguiu auxiliando o cantor como guarda-costas até se aposentar em meados dos anos 90.

Vale dizer que o leilão veio à tona logo após o lançamento do documentário Leaving Neverland, que acusa Michael Jackson de abusos sexuais. O período de ofertas vai até o dia 14 de março deste ano.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Carta em que Michael Jackson agradece seu guarda-costas por ter sido um pai é leiloada


07/03/2019 | 12:11


Mesmo depois de sua morte Michael Jackson permanece nos holofotes! Segundo o o site norte-americano TMZ, uma carta escrita pelo cantor em que ele agradece o apoio de um de seus guarda-costas pessoal e ainda revela que o pai não tinha tempo para ele e só o usava por dinheiro está sendo leiloada no valor de 18 mil dólares, o equivalente a 68 mil e 800 reais.

O documento, escrito em 1992, foi endereçado a Bill Bray, que trabalhou com Jackson por muitos anos e serviu como forma de agradecimento, já que o guarda-costas foi como um pai que ele não tinha. Além disso, o registro ainda contém relatos do cantor sobre sua infância traumática.

Joseph nunca tinha tempo para mim, ele só me via como um meio de ganhar dinheiro, escreveu Michael a respeito de seu pai biológico, Joe Jackson.

De acordo com a publicação, Bill começou a trabalhar para os Jackson 5, grupo composto por Michael e seus irmãos, em 1970, e posteriormente seguiu auxiliando o cantor como guarda-costas até se aposentar em meados dos anos 90.

Vale dizer que o leilão veio à tona logo após o lançamento do documentário Leaving Neverland, que acusa Michael Jackson de abusos sexuais. O período de ofertas vai até o dia 14 de março deste ano.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;