Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 14 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Doria quer ser parceiro de Witzel em educação, saúde e turismo

Valter Campanato/Agência Brasil  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


04/03/2019 | 09:08


O governador de São Paulo, João Doria, quer desenvolver projetos em conjunto com o Rio de Janeiro nas áreas de saúde, educação e turismo. Mas isso só deve acontecer após a aprovação da Reforma da Previdência no Congresso, disse Doria, depois de deixar o camarote do governo fluminense, na Marquês de Sapucaí, no Rio. "Outro programa que vamos avançar muito em breve é na área de cultura", complementou.

Ao visitar o terceiro camarote em pouco mais de uma hora de presença na Sapucaí, dois deles de empresas, Doria negou que tenha objetivos políticos com sua presença no carnaval carioca. "Estou aqui por minha livre e espontânea vontade. Venho como entusiasta do carnaval. Fui presidente da Embratur e sou um apaixonado por carnaval onde quer que ele aconteça", argumentou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Doria quer ser parceiro de Witzel em educação, saúde e turismo


04/03/2019 | 09:08


O governador de São Paulo, João Doria, quer desenvolver projetos em conjunto com o Rio de Janeiro nas áreas de saúde, educação e turismo. Mas isso só deve acontecer após a aprovação da Reforma da Previdência no Congresso, disse Doria, depois de deixar o camarote do governo fluminense, na Marquês de Sapucaí, no Rio. "Outro programa que vamos avançar muito em breve é na área de cultura", complementou.

Ao visitar o terceiro camarote em pouco mais de uma hora de presença na Sapucaí, dois deles de empresas, Doria negou que tenha objetivos políticos com sua presença no carnaval carioca. "Estou aqui por minha livre e espontânea vontade. Venho como entusiasta do carnaval. Fui presidente da Embratur e sou um apaixonado por carnaval onde quer que ele aconteça", argumentou.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;