Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 15 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Mais de 45 mil pessoas continuam sem energia no Estado de São Paulo

Foto do leitor Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Na região, diversos bairros também estão sem luz há dias; manifestantes fecharam via em Ribeirão Pires


Do Dgabc.com.br

28/02/2019 | 11:09


Atualizada às 14h35

De acordo com a Enel Distribuição São Paulo, mais de 45 mil pessoas ainda estão sem energia em todo o Estado de São Paulo. Vários clientes do Grande ABC fazem parte dessa estimativa. As pessoas alegam que perderam alimentos, remédios e tiveram seus comércios prejudicados. Revoltados com a demora em restabelecer a conexão, manifestantes fecharam a Avenida Francisco Monteiro em Ribeirão Pires na manhã desta quinta-feira (28). A polícia foi ao local e negociou a liberação da via. A energia foi retomada por volta das 14h após equipes técnicas irem até o local. Caso a eletricidade não fosse restabelecida, moradores disseram que fariam novo protesto.

Segundo a vizinhança, a luz acabou por volta das 22h de segunda-feira (25), em ao menos dois quarteirões na altura do número 2.546 da Avenida Francisco Monteiro. “Nesse horário, nem chovendo estava. A gente liga na Enel, que alega que é um problema técnico, diz que tem que aguardar e não há previsão para o retorno. Calculo prejuízo de R$ 1.000 por dia por conta do meu estabelecimento fechado. E o engraçado é que estamos literalmente do lado de uma linha de transmissão”, conta Ronivaldo da Silva Evangelista, 48, proprietário de uma loja de troca de óleo.

A Enel informou que restabeleceu o fornecimento de luz para 95% dos clientes afetados pelo temporal na última terça-feira (26). “A distribuidora está priorizando o restabelecimento de energia aos cerca de 45 mil clientes, que tiveram o fornecimento interrompido em função dos fortes ventos e chuvas que derrubaram árvores e galhos sobre a rede elétrica em toda a área de concessão da companhia. As regiões Norte e Leste, no momento, são mais afetadas.”

 

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mais de 45 mil pessoas continuam sem energia no Estado de São Paulo

Na região, diversos bairros também estão sem luz há dias; manifestantes fecharam via em Ribeirão Pires

Do Dgabc.com.br

28/02/2019 | 11:09


Atualizada às 14h35

De acordo com a Enel Distribuição São Paulo, mais de 45 mil pessoas ainda estão sem energia em todo o Estado de São Paulo. Vários clientes do Grande ABC fazem parte dessa estimativa. As pessoas alegam que perderam alimentos, remédios e tiveram seus comércios prejudicados. Revoltados com a demora em restabelecer a conexão, manifestantes fecharam a Avenida Francisco Monteiro em Ribeirão Pires na manhã desta quinta-feira (28). A polícia foi ao local e negociou a liberação da via. A energia foi retomada por volta das 14h após equipes técnicas irem até o local. Caso a eletricidade não fosse restabelecida, moradores disseram que fariam novo protesto.

Segundo a vizinhança, a luz acabou por volta das 22h de segunda-feira (25), em ao menos dois quarteirões na altura do número 2.546 da Avenida Francisco Monteiro. “Nesse horário, nem chovendo estava. A gente liga na Enel, que alega que é um problema técnico, diz que tem que aguardar e não há previsão para o retorno. Calculo prejuízo de R$ 1.000 por dia por conta do meu estabelecimento fechado. E o engraçado é que estamos literalmente do lado de uma linha de transmissão”, conta Ronivaldo da Silva Evangelista, 48, proprietário de uma loja de troca de óleo.

A Enel informou que restabeleceu o fornecimento de luz para 95% dos clientes afetados pelo temporal na última terça-feira (26). “A distribuidora está priorizando o restabelecimento de energia aos cerca de 45 mil clientes, que tiveram o fornecimento interrompido em função dos fortes ventos e chuvas que derrubaram árvores e galhos sobre a rede elétrica em toda a área de concessão da companhia. As regiões Norte e Leste, no momento, são mais afetadas.”

 

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;