Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 16 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Messi faz três golaços e comanda virada do Barcelona sobre o Sevilla no Espanhol

Reprodução/Instragram Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


23/02/2019 | 14:41


O Sevilla lutou, tentou e foi valente diante do Barcelona. No entanto, quando Messi está inspirado, é praticamente impossível bater o time catalão, que saiu perdendo neste sábado, mas com três golaços do craque argentino e um de Suárez, virou e venceu o duelo em Sevilha por 4 a 2. A partida foi válida pela 25ª rodada do Campeonato Espanhol.

A atuação inspirada de Messi, muito diferente da última terça-feira no empate sem gols com o Lyon pela Liga dos Campeões, fez o time da Catalunha somar 57 pontos e abrir uma distância ainda maior na liderança sobre o Atlético de Madrid, segundo colocado, com 10 pontos a menos. O Atlético ainda joga na rodada e, se vencer, volta a diminuir a diferença para sete pontos.

Há quatro jogos sem vencer, o Sevilla, com o novo revés, caiu para a quinta colocação, com 37 pontos. Foi ultrapassado pelo Getafe, que venceu o Rayo Vallecano em casa neste sábado por 2 a 1, foi aos 39 pontos e subiu para o quarto lugar, o último que dá vaga na próxima edição da Liga dos Campeões.

Com os três gols deste sábado, Messi chegou aos 650 em 797 jogos na carreira e também alcançou a marca de 50 jogos em que balançou as redes por três vezes (44 com o Barcelona e seis com a seleção argentina). O Sevilla é a maior vítima do craque, que já fez 36 gols e deu 16 assistências em 37 partidas contra o rival espanhol.

Jogando em casa, diante de mais de 40 mil torcedores, o Sevilla fez um bom primeiro tempo. Teve intensidade e chegou a ficar duas vezes à frente do placar, com os gols de Jesus Navas e Gabriel Mercado. O problema para o time mandante é que Messi estava mais do que inspirado.

O craque argentino teve uma atuação magistral. Uma das maiores de sua brilhante carreira. À vontade em campo, o camisa 10 fez três golaços e deu a assistência para o Suárez marcar o quarto, que também foi digno de aplausos.

Messi foi às redes uma vez na primeira etapa e duas no segundo tempo. O argentino marcou seu primeiro gol com um lindo sem-pulo da entrada da área que morreu no ângulo direito do goleiro Vaclík. Uma pintura. Na etapa final, o argentino fez o segundo de direita. Com pouco espaço, o craque dominou no meio e acertou desta vez o ângulo esquerdo de Vaclík para, àquela altura, empatar o jogo.

O terceiro gol que colocou o Barça à frente do placar saiu depois de uma cavadinha de Messi. Bem colocado, o camisa 10, com muito recurso, aproveitou desvio na área e tocou com muita categoria por cima do goleiro rival. Para fechar a atuação primorosa, Messi deu um lindo passe por elevação para Suárez encobrir Vaclík e sacramentar a vitória de virada, marcada por golaços e por um jogo notável de um dos maiores jogadores da história do futebol.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Messi faz três golaços e comanda virada do Barcelona sobre o Sevilla no Espanhol


23/02/2019 | 14:41


O Sevilla lutou, tentou e foi valente diante do Barcelona. No entanto, quando Messi está inspirado, é praticamente impossível bater o time catalão, que saiu perdendo neste sábado, mas com três golaços do craque argentino e um de Suárez, virou e venceu o duelo em Sevilha por 4 a 2. A partida foi válida pela 25ª rodada do Campeonato Espanhol.

A atuação inspirada de Messi, muito diferente da última terça-feira no empate sem gols com o Lyon pela Liga dos Campeões, fez o time da Catalunha somar 57 pontos e abrir uma distância ainda maior na liderança sobre o Atlético de Madrid, segundo colocado, com 10 pontos a menos. O Atlético ainda joga na rodada e, se vencer, volta a diminuir a diferença para sete pontos.

Há quatro jogos sem vencer, o Sevilla, com o novo revés, caiu para a quinta colocação, com 37 pontos. Foi ultrapassado pelo Getafe, que venceu o Rayo Vallecano em casa neste sábado por 2 a 1, foi aos 39 pontos e subiu para o quarto lugar, o último que dá vaga na próxima edição da Liga dos Campeões.

Com os três gols deste sábado, Messi chegou aos 650 em 797 jogos na carreira e também alcançou a marca de 50 jogos em que balançou as redes por três vezes (44 com o Barcelona e seis com a seleção argentina). O Sevilla é a maior vítima do craque, que já fez 36 gols e deu 16 assistências em 37 partidas contra o rival espanhol.

Jogando em casa, diante de mais de 40 mil torcedores, o Sevilla fez um bom primeiro tempo. Teve intensidade e chegou a ficar duas vezes à frente do placar, com os gols de Jesus Navas e Gabriel Mercado. O problema para o time mandante é que Messi estava mais do que inspirado.

O craque argentino teve uma atuação magistral. Uma das maiores de sua brilhante carreira. À vontade em campo, o camisa 10 fez três golaços e deu a assistência para o Suárez marcar o quarto, que também foi digno de aplausos.

Messi foi às redes uma vez na primeira etapa e duas no segundo tempo. O argentino marcou seu primeiro gol com um lindo sem-pulo da entrada da área que morreu no ângulo direito do goleiro Vaclík. Uma pintura. Na etapa final, o argentino fez o segundo de direita. Com pouco espaço, o craque dominou no meio e acertou desta vez o ângulo esquerdo de Vaclík para, àquela altura, empatar o jogo.

O terceiro gol que colocou o Barça à frente do placar saiu depois de uma cavadinha de Messi. Bem colocado, o camisa 10, com muito recurso, aproveitou desvio na área e tocou com muita categoria por cima do goleiro rival. Para fechar a atuação primorosa, Messi deu um lindo passe por elevação para Suárez encobrir Vaclík e sacramentar a vitória de virada, marcada por golaços e por um jogo notável de um dos maiores jogadores da história do futebol.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;