Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

São Bernardo cria dez postos para realização de boletim de ocorrência em prédios públicos

Daniel Macário/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Daniel Macário
Do Diário do Grande ABC

12/02/2019 | 16:13


A Prefeitura de São Bernardo anunciou na tarde desta terça-feira em evento realizado na base da GCM (Guarda Civil Municiapal) da Praça Lauro Gomes, no Centro, a criação de dez postos de atendimento, em equipamentos públicos, onde moradores poderão realizar boletim de ocorrência junto à funcionários da GCM (Guarda Civil Municipal).

A instalação do serviço em prédios próprios, segundo a administração municipal, permitirá agilizar o registro de ocorrências de crimes por dispensar a locomoção a uma delegacia convencional, evitando, em muitos casos, fila de espera e exposição pessoal.

Nesses postos, por meio do atendimento de um guarda municipal, será possível fazer boletins de ocorrência para furto de veículos, desaparecimento ou encontro de pessoa; e furto ou perda de documentos, bem como de placas de veículos ou de telefone celular – desde que o objeto não tenha sido subtraído mediante grave ameaça ou violência. Caso contrário, o cidadão deverá comparecer a uma delegacia convencional para denunciar o crime e lavrar o boletim de ocorrência ou o TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência).

“É a primeira GCM do Estado que oficializa essa parceria com a Polícia Civil com o objetivo de facilitar a vida do cidadão de São Bernardo ”, explica o prefeito Orlando Morando (PSDB) ao frisar que além destes dez, em 30 dias mais três postos de atendimento serão instalados no bairro Riacho Grande, Alves Dias e Tiradentes.

Na avaliação do secretário executivo da Polícia Civil, Youssef Abou Chahin, a medida permitirá que qualquer cidadão sem acesso à internet em casa não precise ir mais a uma delegacia pessoalmente para lavrar um boletim de ocorrência. “Com isso iremos desafogar os distritos policiais”, afirma ele ao mencionar que, em alguns casos, a demora para atendimento pode chegar a quatro horas caso tenha flagrantes em andamento. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

São Bernardo cria dez postos para realização de boletim de ocorrência em prédios públicos

Daniel Macário
Do Diário do Grande ABC

12/02/2019 | 16:13


A Prefeitura de São Bernardo anunciou na tarde desta terça-feira em evento realizado na base da GCM (Guarda Civil Municiapal) da Praça Lauro Gomes, no Centro, a criação de dez postos de atendimento, em equipamentos públicos, onde moradores poderão realizar boletim de ocorrência junto à funcionários da GCM (Guarda Civil Municipal).

A instalação do serviço em prédios próprios, segundo a administração municipal, permitirá agilizar o registro de ocorrências de crimes por dispensar a locomoção a uma delegacia convencional, evitando, em muitos casos, fila de espera e exposição pessoal.

Nesses postos, por meio do atendimento de um guarda municipal, será possível fazer boletins de ocorrência para furto de veículos, desaparecimento ou encontro de pessoa; e furto ou perda de documentos, bem como de placas de veículos ou de telefone celular – desde que o objeto não tenha sido subtraído mediante grave ameaça ou violência. Caso contrário, o cidadão deverá comparecer a uma delegacia convencional para denunciar o crime e lavrar o boletim de ocorrência ou o TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência).

“É a primeira GCM do Estado que oficializa essa parceria com a Polícia Civil com o objetivo de facilitar a vida do cidadão de São Bernardo ”, explica o prefeito Orlando Morando (PSDB) ao frisar que além destes dez, em 30 dias mais três postos de atendimento serão instalados no bairro Riacho Grande, Alves Dias e Tiradentes.

Na avaliação do secretário executivo da Polícia Civil, Youssef Abou Chahin, a medida permitirá que qualquer cidadão sem acesso à internet em casa não precise ir mais a uma delegacia pessoalmente para lavrar um boletim de ocorrência. “Com isso iremos desafogar os distritos policiais”, afirma ele ao mencionar que, em alguns casos, a demora para atendimento pode chegar a quatro horas caso tenha flagrantes em andamento. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;