Fechar
Publicidade

Sábado, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Do hospital, Bolsonaro participa de reunião com Onyx e Toffoli

Reprodução/Instragram Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


12/02/2019 | 16:06


Do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, o presidente Jair Bolsonaro participou de reunião entre o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, e o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. A informação foi dada por Onyx após o encontro, que ocorreu numa sala reservada do restaurante Rubaiyat, em Brasília. "Conversamos com Bolsonaro ao longo do nosso almoço", contou.

Onyx destacou que "muito brevemente" o presidente estará de volta a Brasília e poderá se reunir pessoalmente com o presidente do Supremo e os chefes dos outros poderes. O ministro não soube precisar, entretanto, se Bolsonaro receberá alta nesta quarta-feira, 13, como está previsto.

Segundo Toffoli, o objetivo do encontro foi aprofundar o "diálogo" entre os poderes. O ministro destacou a "importância do respeito de competência de cada um dos poderes". "Esse diálogo de respeito entre poderes é importante. A fase em que poderes estavam em conflito passou." Ele ponderou que "diálogo não significa concordância com tudo".

O ministro da Casa Civil disse que o governo está construindo uma "grande aliança pelo Brasil". "O Brasil precisa buscar entendimento entre os poderes. É momento de pacificação", declarou.

O encontro desta terça não foi divulgado na agenda oficial de Onyx, apenas na de Toffoli. Nenhum dos dois, no entanto, divulgou o local da reunião, que aconteceu um dia após o Senado arquivar a CPI da ''''Lava Toga'''' por falta de assinaturas.

Ao ser questionado sobre a omissão do almoço em sua agenda, Onyx negou que o fato tenha ocorrido, embora a informação não tenha sido atualizada mesmo após questionamentos de jornalistas feitos diretamente à assessoria do ministro.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Do hospital, Bolsonaro participa de reunião com Onyx e Toffoli


12/02/2019 | 16:06


Do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, o presidente Jair Bolsonaro participou de reunião entre o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, e o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. A informação foi dada por Onyx após o encontro, que ocorreu numa sala reservada do restaurante Rubaiyat, em Brasília. "Conversamos com Bolsonaro ao longo do nosso almoço", contou.

Onyx destacou que "muito brevemente" o presidente estará de volta a Brasília e poderá se reunir pessoalmente com o presidente do Supremo e os chefes dos outros poderes. O ministro não soube precisar, entretanto, se Bolsonaro receberá alta nesta quarta-feira, 13, como está previsto.

Segundo Toffoli, o objetivo do encontro foi aprofundar o "diálogo" entre os poderes. O ministro destacou a "importância do respeito de competência de cada um dos poderes". "Esse diálogo de respeito entre poderes é importante. A fase em que poderes estavam em conflito passou." Ele ponderou que "diálogo não significa concordância com tudo".

O ministro da Casa Civil disse que o governo está construindo uma "grande aliança pelo Brasil". "O Brasil precisa buscar entendimento entre os poderes. É momento de pacificação", declarou.

O encontro desta terça não foi divulgado na agenda oficial de Onyx, apenas na de Toffoli. Nenhum dos dois, no entanto, divulgou o local da reunião, que aconteceu um dia após o Senado arquivar a CPI da ''''Lava Toga'''' por falta de assinaturas.

Ao ser questionado sobre a omissão do almoço em sua agenda, Onyx negou que o fato tenha ocorrido, embora a informação não tenha sido atualizada mesmo após questionamentos de jornalistas feitos diretamente à assessoria do ministro.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;