Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 25 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Salles desdenha Chico Mendes; fala vira assunto mais comentado no Twitter/Brasil

Marcelo Camargo/Agência Brasil Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


12/02/2019 | 12:31


Uma declaração do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, sobre seringueiro e ativista Chico Mendes virou o assunto mais comentado no Twitter brasileiro nesta terça-feira, 12. Questionado na noite de segunda-feira (11) no programa Roda Viva sobre sua opinião em relação ao líder seringueiro morto em 1988, Salles rebateu: "Que diferença faz quem é Chico Mendes neste momento?".

O chefe da pasta do Meio Ambiente disse que, na verdade, desconhece a história de Chico Mendes e que tão somente ouve relatos díspares sobre sua vida. "Do lado dos ambientalistas, mais ligados à esquerda, há um enaltecimento do Chico Mendes. As pessoas que são do agro, que são da região dizem que o Chico Mendes não era isso que é contado", continuou Salles. "O fato é que é irrelevante", emendou.

A declaração do ministro ocorreu pouco tempo antes de sua viagem para o oeste do Pará, que deve acontecer nesta quarta-feira, 13. Ricardo Salles integrará uma comitiva do governo ao lado dos ministros Gustavo Bebianno (Secretaria-Geral da Presidência) e Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos).

A visita é parte de uma estratégia que visa aumentar a presença do Estado na região amazônica, conforme revelou reportagem de hoje do jornal O Estado de S. Paulo. A iniciativa seria uma resposta ao Sínodo Sobre Amazônia, que será organizado em outubro, em Roma, pelo Vaticano.

Políticos criticaram a fala de Ricardo Salles e saíram em defesa de Chico Mendes. A ex-ministra do Meio Ambiente e líder da Rede Sustentabilidade, Marina Silva, disse que Salles "não é ambientalista e é desinformado" e criticou a "ignorância do ministro".

A deputada Talíria Petrone (PSOL-RJ) também se manifestou. "Chico Mendes foi trabalhador, ativista, líder social, seringueiro, parlamentar, perseguido político, exemplo de luta. Deu sua vida pelo meio ambiente e foi covardemente assassinado pelo sistema. Respeite Chico Mendes, ministro", escreveu a parlamentar no Twitter.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Salles desdenha Chico Mendes; fala vira assunto mais comentado no Twitter/Brasil


12/02/2019 | 12:31


Uma declaração do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, sobre seringueiro e ativista Chico Mendes virou o assunto mais comentado no Twitter brasileiro nesta terça-feira, 12. Questionado na noite de segunda-feira (11) no programa Roda Viva sobre sua opinião em relação ao líder seringueiro morto em 1988, Salles rebateu: "Que diferença faz quem é Chico Mendes neste momento?".

O chefe da pasta do Meio Ambiente disse que, na verdade, desconhece a história de Chico Mendes e que tão somente ouve relatos díspares sobre sua vida. "Do lado dos ambientalistas, mais ligados à esquerda, há um enaltecimento do Chico Mendes. As pessoas que são do agro, que são da região dizem que o Chico Mendes não era isso que é contado", continuou Salles. "O fato é que é irrelevante", emendou.

A declaração do ministro ocorreu pouco tempo antes de sua viagem para o oeste do Pará, que deve acontecer nesta quarta-feira, 13. Ricardo Salles integrará uma comitiva do governo ao lado dos ministros Gustavo Bebianno (Secretaria-Geral da Presidência) e Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos).

A visita é parte de uma estratégia que visa aumentar a presença do Estado na região amazônica, conforme revelou reportagem de hoje do jornal O Estado de S. Paulo. A iniciativa seria uma resposta ao Sínodo Sobre Amazônia, que será organizado em outubro, em Roma, pelo Vaticano.

Políticos criticaram a fala de Ricardo Salles e saíram em defesa de Chico Mendes. A ex-ministra do Meio Ambiente e líder da Rede Sustentabilidade, Marina Silva, disse que Salles "não é ambientalista e é desinformado" e criticou a "ignorância do ministro".

A deputada Talíria Petrone (PSOL-RJ) também se manifestou. "Chico Mendes foi trabalhador, ativista, líder social, seringueiro, parlamentar, perseguido político, exemplo de luta. Deu sua vida pelo meio ambiente e foi covardemente assassinado pelo sistema. Respeite Chico Mendes, ministro", escreveu a parlamentar no Twitter.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;