Fechar
Publicidade

Domingo, 13 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Campus Party abre 12ª edição em São Paulo



12/02/2019 | 08:13


A Campus Party Brasil, um dos principais eventos de tecnologia, ciência e internet do País, inicia nesta terça-feira, 12, sua 12.ª edição. Realizada no Expo Center Norte, na zona norte de São Paulo, a feira reúne 12 mil pessoas - ou "campuseiros", como são chamados os frequentadores da Campus Party - até o próximo domingo. Do público total, 8 mil vão acampar no evento, nas já tradicionais barracas da feira.

Além da mudança de local de realização (até o ano passado, o evento era sediado no Parque de Exposições do Anhembi), a edição de 2019 da feira traz como novidades uma maior presença de workshops de novas tecnologias, como robótica, indústria 4.0, computação e maratonas de desenvolvimento de programas. "No futuro, teremos mais workshops do que palcos", planeja Tonico Novaes, diretor-geral da feira no Brasil. "Cada vez mais as pessoas querem colocar a mão na massa, é uma tendência."

Se em edições anteriores o evento trouxe ao País nomes como Steve Wozniak, cofundador da Apple, e Tim Berners-Lee, o "pai da interet", neste ano os destaques ficam por conta de Uri Levine, cofundador do Waze, e de Ivair Gontijo, engenheiro brasileiro que trabalhou na agência espacial norte-americana, a Nasa. "É importante trazermos nomes nacionais, porque muitas vezes eles não são lembrados aqui", diz Novaes.

Levine e Gontijo vão falar na Arena, área "fechada" do evento, apenas para quem tem ingressos. Ainda há passaportes à venda - com valores entre R$ 350 e R$ 430 (com direito a usar o camping). Quem for ao Expo Center Norte sem entradas, porém, poderá aproveitar a Open Campus, espaço livre da feira, que terá simuladores de voo, realidade virtual e apresentações diárias de uma orquestra cujo repertório é formado por trilhas sonoras de videogames. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Campus Party abre 12ª edição em São Paulo


12/02/2019 | 08:13


A Campus Party Brasil, um dos principais eventos de tecnologia, ciência e internet do País, inicia nesta terça-feira, 12, sua 12.ª edição. Realizada no Expo Center Norte, na zona norte de São Paulo, a feira reúne 12 mil pessoas - ou "campuseiros", como são chamados os frequentadores da Campus Party - até o próximo domingo. Do público total, 8 mil vão acampar no evento, nas já tradicionais barracas da feira.

Além da mudança de local de realização (até o ano passado, o evento era sediado no Parque de Exposições do Anhembi), a edição de 2019 da feira traz como novidades uma maior presença de workshops de novas tecnologias, como robótica, indústria 4.0, computação e maratonas de desenvolvimento de programas. "No futuro, teremos mais workshops do que palcos", planeja Tonico Novaes, diretor-geral da feira no Brasil. "Cada vez mais as pessoas querem colocar a mão na massa, é uma tendência."

Se em edições anteriores o evento trouxe ao País nomes como Steve Wozniak, cofundador da Apple, e Tim Berners-Lee, o "pai da interet", neste ano os destaques ficam por conta de Uri Levine, cofundador do Waze, e de Ivair Gontijo, engenheiro brasileiro que trabalhou na agência espacial norte-americana, a Nasa. "É importante trazermos nomes nacionais, porque muitas vezes eles não são lembrados aqui", diz Novaes.

Levine e Gontijo vão falar na Arena, área "fechada" do evento, apenas para quem tem ingressos. Ainda há passaportes à venda - com valores entre R$ 350 e R$ 430 (com direito a usar o camping). Quem for ao Expo Center Norte sem entradas, porém, poderá aproveitar a Open Campus, espaço livre da feira, que terá simuladores de voo, realidade virtual e apresentações diárias de uma orquestra cujo repertório é formado por trilhas sonoras de videogames. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;