Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Acordo no Congresso dos EUA prevê construção de barreiras na fronteira



12/02/2019 | 01:02


O acordo prévio fechado pelos congressistas americanos na noite desta segunda-feira, 11, para evitar uma nova paralisação do governo do país prevê a destinação de US$ 1,375 bilhões para a construção de barreiras físicas em um trecho de 88 quilômetros da fronteira com o México.

O valor é bem inferior aos US$ 5,7 bilhões que o presidente Donald Trump demanda para a construção de um muro de mais de 320 quilômetros na divisa. O dinheiro previsto no acordo deverá ser investido na construção de barreiras verticais de aço, e não em um muro sólido, como deseja o presidente.

Os democratas retiraram a proposta de limitar o número de imigrantes presos no território americano para uma média diária de 16,5 mil. Os republicanos se opunham à demanda.

O acordo também prevê fundos para a aquisição e distribuição de 40,5 mil camas para os imigrantes detidos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Acordo no Congresso dos EUA prevê construção de barreiras na fronteira


12/02/2019 | 01:02


O acordo prévio fechado pelos congressistas americanos na noite desta segunda-feira, 11, para evitar uma nova paralisação do governo do país prevê a destinação de US$ 1,375 bilhões para a construção de barreiras físicas em um trecho de 88 quilômetros da fronteira com o México.

O valor é bem inferior aos US$ 5,7 bilhões que o presidente Donald Trump demanda para a construção de um muro de mais de 320 quilômetros na divisa. O dinheiro previsto no acordo deverá ser investido na construção de barreiras verticais de aço, e não em um muro sólido, como deseja o presidente.

Os democratas retiraram a proposta de limitar o número de imigrantes presos no território americano para uma média diária de 16,5 mil. Os republicanos se opunham à demanda.

O acordo também prevê fundos para a aquisição e distribuição de 40,5 mil camas para os imigrantes detidos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;