Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 23 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Itaú Unibanco publica nota de falecimento de Fernão Bracher



11/02/2019 | 16:56


O Itaú Unibanco publicou uma nota de falecimento de Fernão Botelho Bracher, nesta segunda-feira, 11. Pai de Candido Bracher, presidente do banco, ele faleceu aos 83 anos, no hospital Albert Einstein, em São Paulo, em decorrência de complicações associadas a uma queda com trauma cranioencefálico.

Fundador do BBA, que deu origem ao braço de banco de atacado do Itaú, Bracher teve duas passagens pelo Banco Central: de 1974 a 1979, quando ocupou a Diretoria de Câmbio, e de 1985 a 1987, como presidente do órgão regulador do setor bancário.

Em sua gestão, integravam ainda a diretoria André Lara Rezende e Pérsio Arida, que, juntos, participaram da criação do Plano Cruzado.

Fernão Bracher seguiu carreira no setor bancário privado, com passagens pelo Banco da Bahia e Bradesco, onde ocupou a cadeira de vice-presidente. Em 1988, ele fundou, com Antonio Beltran e em sociedade com o banco austríaco Creditanstalt, o BBA Creditanstalt. Posteriormente, em 2003, a instituição juntou-se ao Itaú para formar o que hoje é o Itaú BBA.

Depois de se aposentar, em 2005, Bracher passou a se dedicar ao setor de educação, integrando o Comitê Executivo da Associação Parceiros da Educação e atuando como presidente do Instituo Acaia.

Filho de Zilah de Arruda Botelho e Eduardo Bracher, Fernão Bracher nasceu em 3 de abril 1935, em São Paulo. Formou-se em Direito, na Faculdade de São Francisco (USP). Ele deixa cinco filhos. Além de Candido, Beatriz, Eduardo, Elisa e Carlos, 15 netos e três bisnetos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Itaú Unibanco publica nota de falecimento de Fernão Bracher


11/02/2019 | 16:56


O Itaú Unibanco publicou uma nota de falecimento de Fernão Botelho Bracher, nesta segunda-feira, 11. Pai de Candido Bracher, presidente do banco, ele faleceu aos 83 anos, no hospital Albert Einstein, em São Paulo, em decorrência de complicações associadas a uma queda com trauma cranioencefálico.

Fundador do BBA, que deu origem ao braço de banco de atacado do Itaú, Bracher teve duas passagens pelo Banco Central: de 1974 a 1979, quando ocupou a Diretoria de Câmbio, e de 1985 a 1987, como presidente do órgão regulador do setor bancário.

Em sua gestão, integravam ainda a diretoria André Lara Rezende e Pérsio Arida, que, juntos, participaram da criação do Plano Cruzado.

Fernão Bracher seguiu carreira no setor bancário privado, com passagens pelo Banco da Bahia e Bradesco, onde ocupou a cadeira de vice-presidente. Em 1988, ele fundou, com Antonio Beltran e em sociedade com o banco austríaco Creditanstalt, o BBA Creditanstalt. Posteriormente, em 2003, a instituição juntou-se ao Itaú para formar o que hoje é o Itaú BBA.

Depois de se aposentar, em 2005, Bracher passou a se dedicar ao setor de educação, integrando o Comitê Executivo da Associação Parceiros da Educação e atuando como presidente do Instituo Acaia.

Filho de Zilah de Arruda Botelho e Eduardo Bracher, Fernão Bracher nasceu em 3 de abril 1935, em São Paulo. Formou-se em Direito, na Faculdade de São Francisco (USP). Ele deixa cinco filhos. Além de Candido, Beatriz, Eduardo, Elisa e Carlos, 15 netos e três bisnetos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;