Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 25 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Políticos lamentam morte de Ricardo Boechat



11/02/2019 | 16:13


Políticos de todas as ideologias lamentaram a morte do jornalista Ricardo Boechat, que sofreu um acidente com helicóptero nesta segunda-feira, 11, em São Paulo. Da ala governista, além do presidente, Jair Bolsonaro, e seus filhos Eduardo e Carlos, o vice, Hamilton Mourão, e os ministros Onyx Lorenzoni, Tereza Cristina, Marcos Pontes prestaram condolências nas redes sociais.

"Peço a Deus que console a todos pela perda irreparável de um dos grandes nomes do nosso jornalismo", escreveu a ministra da Agricultura, Tereza Cristina. "Boechat era um grande profissional, referência no jornalismo, capaz de conquistar o respeito tanto dos que convergiam quanto dos que divergiam de suas ideias e opiniões. Que seja sempre lembrado por isso", disse Carlos Bolsonaro.

Os presidentes do Senado e da Câmara dos Deputados, Davi Alcolumbre (DEM-AP) e Rodrigo Maia (DEM-RJ), respectivamente, também publicaram notas de pesar. "Era um profissional reconhecido pelo trabalho e senso crítico aguçado revelado nos principais meios de comunicação do país", disse Alcolumbre em sua conta no Twitter.

Do lado da oposição, o senador Humberto Costa, líder do PT na Casa, se disse consternado com a notícia da morte de Boechat. "É uma perda horrível para o Brasil de um jornalista de incontáveis virtudes. Deixo aqui minha solidariedade à família, aos amigos, aos fãs desse grande profissional do nosso jornalismo", escreveu também no Twitter.

Guilherme Boulos, do PSOL, classificou a morte de Boechat como precoce e trágica. "O Brasil perdeu um jornalista independente e com aguçado espírito crítico. Fará muita falta", afirmou. Boechat morreu nesta segunda-feira, na queda de um helicóptero no quilômetro 7 do Rodoanel, próximo ao acesso à Rodovia Anhanguera.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Políticos lamentam morte de Ricardo Boechat


11/02/2019 | 16:13


Políticos de todas as ideologias lamentaram a morte do jornalista Ricardo Boechat, que sofreu um acidente com helicóptero nesta segunda-feira, 11, em São Paulo. Da ala governista, além do presidente, Jair Bolsonaro, e seus filhos Eduardo e Carlos, o vice, Hamilton Mourão, e os ministros Onyx Lorenzoni, Tereza Cristina, Marcos Pontes prestaram condolências nas redes sociais.

"Peço a Deus que console a todos pela perda irreparável de um dos grandes nomes do nosso jornalismo", escreveu a ministra da Agricultura, Tereza Cristina. "Boechat era um grande profissional, referência no jornalismo, capaz de conquistar o respeito tanto dos que convergiam quanto dos que divergiam de suas ideias e opiniões. Que seja sempre lembrado por isso", disse Carlos Bolsonaro.

Os presidentes do Senado e da Câmara dos Deputados, Davi Alcolumbre (DEM-AP) e Rodrigo Maia (DEM-RJ), respectivamente, também publicaram notas de pesar. "Era um profissional reconhecido pelo trabalho e senso crítico aguçado revelado nos principais meios de comunicação do país", disse Alcolumbre em sua conta no Twitter.

Do lado da oposição, o senador Humberto Costa, líder do PT na Casa, se disse consternado com a notícia da morte de Boechat. "É uma perda horrível para o Brasil de um jornalista de incontáveis virtudes. Deixo aqui minha solidariedade à família, aos amigos, aos fãs desse grande profissional do nosso jornalismo", escreveu também no Twitter.

Guilherme Boulos, do PSOL, classificou a morte de Boechat como precoce e trágica. "O Brasil perdeu um jornalista independente e com aguçado espírito crítico. Fará muita falta", afirmou. Boechat morreu nesta segunda-feira, na queda de um helicóptero no quilômetro 7 do Rodoanel, próximo ao acesso à Rodovia Anhanguera.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;