Fechar
Publicidade

Sábado, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Polícia do Reino Unido prende suspeito de matar brasileira na Inglaterra



11/02/2019 | 12:19


Autoridades inglesas prenderam um homem suspeito de matar a facadas a brasileira Aliny Mendes, 39 anos, na região de Surrey, no extremo sul de Londres. O assassino seria o ex-companheiro de Aliny, identificado como Ricardo Godinho, de 41 anos. Ele também é brasileiro.

O crime aconteceu na sexta-feira, dia 8, quando Aliny pegava os filhos na escola. Ela estaria com um dos filhos nos braços quando foi morta.

Uma página de arrecadação de fundos foi criada na internet para o envio do corpo de Aliny para o Brasil e pagamento de advogados. O sistema, por volta das 9h desta segunda-feira, 11, havia arrecadado 42,800 libras, ou R$ 205.440,00.

As quatro crianças foram colocadas sob custódia do governo britânico. O assassino seria o pai dos pequenos. Um outro homem que estaria junto com Godinho no momento do crime também foi preso.

Desde sexta-feira, foram postados vários comentários na página do suspeito de matar Aliny, no Facebook. "Você tirou o que essa crianças mais amavam! O mundo delas! Você não matou somente a Aliny, mas seus filhos também! Que você nunca mais saia da cadeia, monstro, e que eles nunca te perdoem", diz uma das postagens. Publicações na rede social mostram que o suspeito vivia em Epsom, a cerca de seis quilômetros do local do crime e trabalhava com reformas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Polícia do Reino Unido prende suspeito de matar brasileira na Inglaterra


11/02/2019 | 12:19


Autoridades inglesas prenderam um homem suspeito de matar a facadas a brasileira Aliny Mendes, 39 anos, na região de Surrey, no extremo sul de Londres. O assassino seria o ex-companheiro de Aliny, identificado como Ricardo Godinho, de 41 anos. Ele também é brasileiro.

O crime aconteceu na sexta-feira, dia 8, quando Aliny pegava os filhos na escola. Ela estaria com um dos filhos nos braços quando foi morta.

Uma página de arrecadação de fundos foi criada na internet para o envio do corpo de Aliny para o Brasil e pagamento de advogados. O sistema, por volta das 9h desta segunda-feira, 11, havia arrecadado 42,800 libras, ou R$ 205.440,00.

As quatro crianças foram colocadas sob custódia do governo britânico. O assassino seria o pai dos pequenos. Um outro homem que estaria junto com Godinho no momento do crime também foi preso.

Desde sexta-feira, foram postados vários comentários na página do suspeito de matar Aliny, no Facebook. "Você tirou o que essa crianças mais amavam! O mundo delas! Você não matou somente a Aliny, mas seus filhos também! Que você nunca mais saia da cadeia, monstro, e que eles nunca te perdoem", diz uma das postagens. Publicações na rede social mostram que o suspeito vivia em Epsom, a cerca de seis quilômetros do local do crime e trabalhava com reformas.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;