Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 14 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Sto.André reduz congestionamentos

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Operação Fluidez, implantada há um ano pela Prefeitura, diminuiu em até 45% tempo de viagem de motoristas nas principais avenidas da cidade


Daniel Macário
Do Diário do Grande ABC

09/02/2019 | 07:00


 A atuação de agentes de trânsito reordenando o tráfego e a readequação no tempo semafórico promovidos pela Prefeitura de Santo André nas principais vias da cidade, por meio da Operação Fluidez, que completou nesta semana um ano, resultaram na redução de até 45% no tempo médio de viagem de motoristas que circulam diariamente pela cidade em horários de pico.

Segundo cálculos do DET (Departamento de Engenharia de Tráfego), a adoção da iniciativa em eixos viários do município, como o corredor formado pelas avenidas Santos Dumont e Perimetral, por onde circulam 60 mil veículos por dia, fez com que o tempo gasto pelos motoristas para percorrer a área central da cidade caísse de nove para cinco minutos, em média, no horário de pico da tarde – entre 16h30 e 19h.

O corredor, segundo o diretor do DET, Carlos Rambaiolle, foi o primeiro a receber a operação após realização de minucioso estudo e contagem volumétrica dos veículos que passam pelas avenidas. O material foi feito a pedido do prefeito Paulo Serra (PSDB) com objetivo de encontrar alternativas para dar fluidez às principais vias da cidade nos horários de pico. “Com base na medição, conseguimos realizar a estruturação das equipes de agentes de trânsito para atuação direta nos principais pontos de congestionamentos da cidade”, explica.

Para adoção das ações, as equipes do departamento de trânsito são divididas em turnos, vespertino e noturno, onde são destacados 29 agentes em 17 viaturas e contam ainda com estrutura logística que contempla a utilização de 80 cavaletes e 70 cones de trânsito. Em sintonia com os agentes, o DET realiza a readequação do tempo semafórico, com ajustes de sincronismo e no tempo de abertura destes equipamentos.

“Com a simples organização de nossas equipes nas ruas e otimização de recursos da nossa central de monitoramento temos conseguido trazer mais qualidade de vida aos motoristas, redução de poluentes e ainda maior fiscalização nas ruas”, pondera Rambaiolle.

Devido aos resultados alcançados desde sua implantação, a Operação Fluidez foi estendida nesta semana para o corredor formado pela Avenida Itamaraty, Viaduto Adib Chammas e Praça XV de Novembro. Nos primeiros dias de fiscalização, agentes observaram redução de 40 para dez minutos no tempo de viagem de motoristas. O eixo recebe diariamente 55 mil veículos.

 

EXPANSÃO

Ainda para este ano, a Prefeitura de Santo André realiza estudos para expandir a operação para mais dois eixos viários da cidade: Avenida dos Estados e Avenida Dom Pedro II. Para isso, a administração municipal promete contratar nos próximos meses 25 agentes de trânsito.

Paralelamente a isso, o Departamento de Engenharia de Tráfego diz empenhar, fora dos horários de pico, agentes de trânsito para monitorar o trânsito em proximidades de escolas municipais com orientação de motoristas que circulam por estas áreas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sto.André reduz congestionamentos

Operação Fluidez, implantada há um ano pela Prefeitura, diminuiu em até 45% tempo de viagem de motoristas nas principais avenidas da cidade

Daniel Macário
Do Diário do Grande ABC

09/02/2019 | 07:00


 A atuação de agentes de trânsito reordenando o tráfego e a readequação no tempo semafórico promovidos pela Prefeitura de Santo André nas principais vias da cidade, por meio da Operação Fluidez, que completou nesta semana um ano, resultaram na redução de até 45% no tempo médio de viagem de motoristas que circulam diariamente pela cidade em horários de pico.

Segundo cálculos do DET (Departamento de Engenharia de Tráfego), a adoção da iniciativa em eixos viários do município, como o corredor formado pelas avenidas Santos Dumont e Perimetral, por onde circulam 60 mil veículos por dia, fez com que o tempo gasto pelos motoristas para percorrer a área central da cidade caísse de nove para cinco minutos, em média, no horário de pico da tarde – entre 16h30 e 19h.

O corredor, segundo o diretor do DET, Carlos Rambaiolle, foi o primeiro a receber a operação após realização de minucioso estudo e contagem volumétrica dos veículos que passam pelas avenidas. O material foi feito a pedido do prefeito Paulo Serra (PSDB) com objetivo de encontrar alternativas para dar fluidez às principais vias da cidade nos horários de pico. “Com base na medição, conseguimos realizar a estruturação das equipes de agentes de trânsito para atuação direta nos principais pontos de congestionamentos da cidade”, explica.

Para adoção das ações, as equipes do departamento de trânsito são divididas em turnos, vespertino e noturno, onde são destacados 29 agentes em 17 viaturas e contam ainda com estrutura logística que contempla a utilização de 80 cavaletes e 70 cones de trânsito. Em sintonia com os agentes, o DET realiza a readequação do tempo semafórico, com ajustes de sincronismo e no tempo de abertura destes equipamentos.

“Com a simples organização de nossas equipes nas ruas e otimização de recursos da nossa central de monitoramento temos conseguido trazer mais qualidade de vida aos motoristas, redução de poluentes e ainda maior fiscalização nas ruas”, pondera Rambaiolle.

Devido aos resultados alcançados desde sua implantação, a Operação Fluidez foi estendida nesta semana para o corredor formado pela Avenida Itamaraty, Viaduto Adib Chammas e Praça XV de Novembro. Nos primeiros dias de fiscalização, agentes observaram redução de 40 para dez minutos no tempo de viagem de motoristas. O eixo recebe diariamente 55 mil veículos.

 

EXPANSÃO

Ainda para este ano, a Prefeitura de Santo André realiza estudos para expandir a operação para mais dois eixos viários da cidade: Avenida dos Estados e Avenida Dom Pedro II. Para isso, a administração municipal promete contratar nos próximos meses 25 agentes de trânsito.

Paralelamente a isso, o Departamento de Engenharia de Tráfego diz empenhar, fora dos horários de pico, agentes de trânsito para monitorar o trânsito em proximidades de escolas municipais com orientação de motoristas que circulam por estas áreas.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;