Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

O livro impresso celebra. E resiste...


Ademir Medici

09/02/2019 | 07:00


Dou-te sombra,
Dou-te abrigo,
Dou-te casa,
Dou-te saúde,
Dou-te amor!
De mim tiras flores,
De mim tiras frutos,
De mim tiras folhas,
De mim tiras vida!
Sirvo-te como teto,
Sirvo-te como cama,
Sirvo-te como transporte,
Sirvo-te como leito eterno!
Porém peço-te,
Me de água
Me de solo fértil,
Me de carinho,
Me de amor!

Wilson Jesus Thomaz Dutra, escritor e poeta. Ele participou da abertura do Encontro São Paulo de Literatura, no Diário.

***

O Encontro São Paulo de Literatura, aberto em 21 de janeiro no Diário do Grande ABC, percorreu desde então bibliotecas públicas e particulares e livrarias. Fez sarau no coração de São Paulo. E chega ao ápice neste sábado, com a realização de sessão solene comemorativa ao quarto ano da Editora Matarazzo e homenagem aos escritores e poetas independentes.

Um encontro de pensadores será realizado neste momento de transição da literatura internacional. Afinal, o terceiro milênio começa sob o signo do virtual. O papel deu sequência aos registros do pergaminho. Ambos registraram o cotidiano dos povos, e a sua arte. Documentaram (e documentam) pela palavra escrita. Hoje cede espaço à tela de um computador e aos seus vários sistemas.

Provavelmente essas questões passarão pela reunião de logo mais na Câmara Municipal paulistana. Tempo de lembrar autores históricos e contemporâneos. Como aparecem nesta ilustração, que leva a assinatura de Camila Giudice.

De Oswald de Andrade a Paulo Bomfim

Texto: Thais Matarazzo

Camila Giudice, nesta ilustração, faz uma alusão à sessão comemorativa na Câmara Municipal de São Paulo deste sábado. Artista plástica e produtora cultural, Camila vem ilustrando vários frontispícios das obras da Editora Matarazzo.

Com licença poética, Camila teve a ideia de reunir nomes consagrados da literatura juntamente com escritores contemporâneos. O cenário é um auditório imaginário, inspirado na sessão comemorativa que vai realizar-se logo mais.

Vemos, da esquerda para a direita, na bancada dos diplomas, Carolina Maria de Jesus e Tatiana Belinky; no púlpito, o cerimonialista Rodrigo Gutenberg; e na bancada mor, Monteiro Lobato, Oswald de Andrade e Guilherme de Almeida.

Embaixo, a exibir os seus livros, estão Mário de Andrade, Thais Matarazzo, Paulo Bomfim e Camila Giudice.

Na plateia encontram-se os escritores, leitores e amigos que serão homenageados com diplomas de gratidão pela parceria constante à Editora Matarazzo.

Sessão comemorativa ao 4º ano da Editora Matarazzo.
Homenagem aos escritores e poetas independentes.
Quando: hoje, sábado, dia 9.
Horário: 14h às 17h
Local: Câmara Municipal de São Paulo, primeiro andar, Auditório Prestes Maia (Plenarinho)
Endereço: Viaduto Jacareí, 100, Centro de São Paulo
Requisito: apresentar um documento de identificação com foto na recepção

Marchas eternas
 

Texto: Milton Parron

Na semana passada, o programa Memória focalizou as primeiras marchas de sucesso do Carnaval brasileiro, num programa de 1974 que foi produzido e apresentado por J. da Silva Vidal (foto) dentro do Projeto Minerva.

De 1930 a 1939, foram apresentadas as seguintes marchas, quase todas em gravações originais:
- 1930 – Taí, de Joubert Carvalho, primeiro sucesso de Carmem Miranda.
- 1932 –  O Teu Cabelo não Nega, de Lamartine Babo e Irmãos Valença.
- 1933 – Linda Morena, de Lamartine Babo.
- 1935 – Lua Sossegada, de João de Barro e Alberto Ribeiro, e Eva Querida, de Benedito Lacerda e Luiz Vassalo.
- 1936 – Pierrô Apaixonado, de Noel Rosa e Heitor dos Prazeres, com Joel e Gaucho.
- 1937 – Como Vais Você, de Ari Barroso, com Carmem Miranda.
- 1938 – Mamãe eu Quero, de Vicente Paiva e Jararaca.
- 1939 – A Jardineira, do folclore mineiro, adaptação de Benedito Lacerda e Humberto Porto, com Orlando Silva; e o Hino do Carnaval Brasileiro, de Lamartine Babo.
Na audição deste fim de semana, mais Projeto Minerva, mais J. da Silva Vidal, com outras marchas clássicas do nosso Carnaval.

EM PAUTA
Rádio Bandeirantes AM (840) e FM (90,9) Memória. Velhos Carnavais – segunda parte.
Produção e apresentação: Milton Parron. Hoje, às 23h, com reprise amanhã, às 5h, além da internet, radiobandeirantes.com.br .

III Copa Tulica de futebol senior
 

Hoje, a quarta rodada, no Campo Distrital do Nacional: às 8h, São Jorge/Humaitá x Nacional; às 9h20, Santo André x Reapar; às 10h40, Águias de Nova Gerty x Icontafisco.
Resultados da terceira rodada, sábado passado: Icontafisco 8, Nacional 0; São Jorge 4, Santo André 1; Ipanema 3, Águias de Nova Gery 1.
Nota – O repórter Mauricio Silva acompanha este torneio que reúne grandes craques do passado, bons de bola até hoje.

Interação com Facebook
 

‘O enigma das  poesias roubadas’

O jovem poeta entra na sede da União Brasileira de Escritores e se dirige à secretária:
– Exijo uma reunião extraordinária da diretoria.
Da crônica de Guido Fidelis publicada pelo Diário em 9 de fevereiro de 1989. Confiram a íntegra no Facebook da Memória – acessem o endereço acima.

Diário há 30 anos

Quinta-feira, 9 de fevereiro de 1989 – ano 31, edição 6984

Religiosidade – Igreja faz críticas à mídia e lança a 26ª Campanha da Fraternidade: ‘Comunicação para a Verdade e a Paz’.
Data – Indústria de tinta comemora 100 anos no Brasil.

Em 9 de janeiro de...

1919 – Em São Caetano, uma briga na cancha de bochas de João Lorenzini. Por motivos fúteis, José Veronesi, viúvo de nacionalidade italiana, 37 anos, discutiu com outro frequentador, identificado por Gaboan, que o agrediu com três facadas na cabeça. O agressor foi preso e conduzido para a delegacia de São Bernardo.
Internacional – Alastra-se por toda a Alemanha a guerra civil, cf. noticiário do Correio Paulistano
- Corrente de hostilidade na América do Sul contra o pan-americanismo e a doutrina de Monroe, cf. noticiário do Estadão.
Nota – A chamada Doutrina Monroe foi anunciada pelo presidente James Monroe (Estados Unidos) na primeira metade do século XIX. Defendia a não intervenção dos Estados Unidos em conflitos relacionados aos países europeus como guerras entre estes países e suas colônias.
 

Santos do Dia

- Apolônia
- Alexandre de Roma
- Donato
- Maron

Hoje

- Dia Nacional do Frevo

Municípios Brasileiros

- Hoje é o aniversário de Granjeiro, no Ceará.

Fonte: IBGE



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

O livro impresso celebra. E resiste...

Ademir Medici

09/02/2019 | 07:00


Dou-te sombra,
Dou-te abrigo,
Dou-te casa,
Dou-te saúde,
Dou-te amor!
De mim tiras flores,
De mim tiras frutos,
De mim tiras folhas,
De mim tiras vida!
Sirvo-te como teto,
Sirvo-te como cama,
Sirvo-te como transporte,
Sirvo-te como leito eterno!
Porém peço-te,
Me de água
Me de solo fértil,
Me de carinho,
Me de amor!

Wilson Jesus Thomaz Dutra, escritor e poeta. Ele participou da abertura do Encontro São Paulo de Literatura, no Diário.

***

O Encontro São Paulo de Literatura, aberto em 21 de janeiro no Diário do Grande ABC, percorreu desde então bibliotecas públicas e particulares e livrarias. Fez sarau no coração de São Paulo. E chega ao ápice neste sábado, com a realização de sessão solene comemorativa ao quarto ano da Editora Matarazzo e homenagem aos escritores e poetas independentes.

Um encontro de pensadores será realizado neste momento de transição da literatura internacional. Afinal, o terceiro milênio começa sob o signo do virtual. O papel deu sequência aos registros do pergaminho. Ambos registraram o cotidiano dos povos, e a sua arte. Documentaram (e documentam) pela palavra escrita. Hoje cede espaço à tela de um computador e aos seus vários sistemas.

Provavelmente essas questões passarão pela reunião de logo mais na Câmara Municipal paulistana. Tempo de lembrar autores históricos e contemporâneos. Como aparecem nesta ilustração, que leva a assinatura de Camila Giudice.

De Oswald de Andrade a Paulo Bomfim

Texto: Thais Matarazzo

Camila Giudice, nesta ilustração, faz uma alusão à sessão comemorativa na Câmara Municipal de São Paulo deste sábado. Artista plástica e produtora cultural, Camila vem ilustrando vários frontispícios das obras da Editora Matarazzo.

Com licença poética, Camila teve a ideia de reunir nomes consagrados da literatura juntamente com escritores contemporâneos. O cenário é um auditório imaginário, inspirado na sessão comemorativa que vai realizar-se logo mais.

Vemos, da esquerda para a direita, na bancada dos diplomas, Carolina Maria de Jesus e Tatiana Belinky; no púlpito, o cerimonialista Rodrigo Gutenberg; e na bancada mor, Monteiro Lobato, Oswald de Andrade e Guilherme de Almeida.

Embaixo, a exibir os seus livros, estão Mário de Andrade, Thais Matarazzo, Paulo Bomfim e Camila Giudice.

Na plateia encontram-se os escritores, leitores e amigos que serão homenageados com diplomas de gratidão pela parceria constante à Editora Matarazzo.

Sessão comemorativa ao 4º ano da Editora Matarazzo.
Homenagem aos escritores e poetas independentes.
Quando: hoje, sábado, dia 9.
Horário: 14h às 17h
Local: Câmara Municipal de São Paulo, primeiro andar, Auditório Prestes Maia (Plenarinho)
Endereço: Viaduto Jacareí, 100, Centro de São Paulo
Requisito: apresentar um documento de identificação com foto na recepção

Marchas eternas
 

Texto: Milton Parron

Na semana passada, o programa Memória focalizou as primeiras marchas de sucesso do Carnaval brasileiro, num programa de 1974 que foi produzido e apresentado por J. da Silva Vidal (foto) dentro do Projeto Minerva.

De 1930 a 1939, foram apresentadas as seguintes marchas, quase todas em gravações originais:
- 1930 – Taí, de Joubert Carvalho, primeiro sucesso de Carmem Miranda.
- 1932 –  O Teu Cabelo não Nega, de Lamartine Babo e Irmãos Valença.
- 1933 – Linda Morena, de Lamartine Babo.
- 1935 – Lua Sossegada, de João de Barro e Alberto Ribeiro, e Eva Querida, de Benedito Lacerda e Luiz Vassalo.
- 1936 – Pierrô Apaixonado, de Noel Rosa e Heitor dos Prazeres, com Joel e Gaucho.
- 1937 – Como Vais Você, de Ari Barroso, com Carmem Miranda.
- 1938 – Mamãe eu Quero, de Vicente Paiva e Jararaca.
- 1939 – A Jardineira, do folclore mineiro, adaptação de Benedito Lacerda e Humberto Porto, com Orlando Silva; e o Hino do Carnaval Brasileiro, de Lamartine Babo.
Na audição deste fim de semana, mais Projeto Minerva, mais J. da Silva Vidal, com outras marchas clássicas do nosso Carnaval.

EM PAUTA
Rádio Bandeirantes AM (840) e FM (90,9) Memória. Velhos Carnavais – segunda parte.
Produção e apresentação: Milton Parron. Hoje, às 23h, com reprise amanhã, às 5h, além da internet, radiobandeirantes.com.br .

III Copa Tulica de futebol senior
 

Hoje, a quarta rodada, no Campo Distrital do Nacional: às 8h, São Jorge/Humaitá x Nacional; às 9h20, Santo André x Reapar; às 10h40, Águias de Nova Gerty x Icontafisco.
Resultados da terceira rodada, sábado passado: Icontafisco 8, Nacional 0; São Jorge 4, Santo André 1; Ipanema 3, Águias de Nova Gery 1.
Nota – O repórter Mauricio Silva acompanha este torneio que reúne grandes craques do passado, bons de bola até hoje.

Interação com Facebook
 

‘O enigma das  poesias roubadas’

O jovem poeta entra na sede da União Brasileira de Escritores e se dirige à secretária:
– Exijo uma reunião extraordinária da diretoria.
Da crônica de Guido Fidelis publicada pelo Diário em 9 de fevereiro de 1989. Confiram a íntegra no Facebook da Memória – acessem o endereço acima.

Diário há 30 anos

Quinta-feira, 9 de fevereiro de 1989 – ano 31, edição 6984

Religiosidade – Igreja faz críticas à mídia e lança a 26ª Campanha da Fraternidade: ‘Comunicação para a Verdade e a Paz’.
Data – Indústria de tinta comemora 100 anos no Brasil.

Em 9 de janeiro de...

1919 – Em São Caetano, uma briga na cancha de bochas de João Lorenzini. Por motivos fúteis, José Veronesi, viúvo de nacionalidade italiana, 37 anos, discutiu com outro frequentador, identificado por Gaboan, que o agrediu com três facadas na cabeça. O agressor foi preso e conduzido para a delegacia de São Bernardo.
Internacional – Alastra-se por toda a Alemanha a guerra civil, cf. noticiário do Correio Paulistano
- Corrente de hostilidade na América do Sul contra o pan-americanismo e a doutrina de Monroe, cf. noticiário do Estadão.
Nota – A chamada Doutrina Monroe foi anunciada pelo presidente James Monroe (Estados Unidos) na primeira metade do século XIX. Defendia a não intervenção dos Estados Unidos em conflitos relacionados aos países europeus como guerras entre estes países e suas colônias.
 

Santos do Dia

- Apolônia
- Alexandre de Roma
- Donato
- Maron

Hoje

- Dia Nacional do Frevo

Municípios Brasileiros

- Hoje é o aniversário de Granjeiro, no Ceará.

Fonte: IBGE

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;