Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 14 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Bolsonaro não tem 'disfunções orgânicas' e teve melhora dos exames, diz boletim



08/02/2019 | 16:26


O presidente da República, Jair Bolsonaro, não tem "disfunções orgânicas" e houve melhora dos exames laboratoriais, afirma boletim médico divulgado no período da tarde desta sexta-feira, 8, pelo Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, onde ele está internado após passar por uma cirurgia para retirada da bolsa de colostomia. Bolsonaro permanece internado na Unidade Semi-Intensiva.

Ele teve boa evolução clínica nas últimas 24 horas e continua estável, sem febre nem dor, afirma o boletim médico.

O dreno colocado no abdome há quatro dias foi retirado nesta sexta-feira, 8, pela equipe da radiologia intervencionista, de acordo com o boletim.

Também foi retirada a sonda nasogástrica por causa da melhora do quadro intestinal e da boa aceitação da dieta líquida.

O hospital afirma que Bolsonaro permanece com os antibióticos e nutrição parenteral. São mantidas as medidas de prevenção de trombose venosa e realizados exercícios respiratórios, de fortalecimento muscular e períodos de caminhada fora do quarto, diz o comunicado do Albert Einstein.

As visitas permanecem restritas por ordem médica.

Assinam o boletim os médicos Antônio Luiz Macedo (cirurgião), Leandro Echenique (clínico e cardiologista) e Miguel Cendoroglo (diretor-superintendente do hospital).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bolsonaro não tem 'disfunções orgânicas' e teve melhora dos exames, diz boletim


08/02/2019 | 16:26


O presidente da República, Jair Bolsonaro, não tem "disfunções orgânicas" e houve melhora dos exames laboratoriais, afirma boletim médico divulgado no período da tarde desta sexta-feira, 8, pelo Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, onde ele está internado após passar por uma cirurgia para retirada da bolsa de colostomia. Bolsonaro permanece internado na Unidade Semi-Intensiva.

Ele teve boa evolução clínica nas últimas 24 horas e continua estável, sem febre nem dor, afirma o boletim médico.

O dreno colocado no abdome há quatro dias foi retirado nesta sexta-feira, 8, pela equipe da radiologia intervencionista, de acordo com o boletim.

Também foi retirada a sonda nasogástrica por causa da melhora do quadro intestinal e da boa aceitação da dieta líquida.

O hospital afirma que Bolsonaro permanece com os antibióticos e nutrição parenteral. São mantidas as medidas de prevenção de trombose venosa e realizados exercícios respiratórios, de fortalecimento muscular e períodos de caminhada fora do quarto, diz o comunicado do Albert Einstein.

As visitas permanecem restritas por ordem médica.

Assinam o boletim os médicos Antônio Luiz Macedo (cirurgião), Leandro Echenique (clínico e cardiologista) e Miguel Cendoroglo (diretor-superintendente do hospital).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;