Fechar
Publicidade

Domingo, 13 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Janaina Paschoal vira salvação do PSL


Raphael Rocha

05/02/2019 | 06:03


Na semana passada esta coluna mostrou que alguns políticos da região que estavam empolgados com a eleição de Jair Bolsonaro (PSL) para a Presidência da República reduziram euforia depois de surgirem denúncias contra a família do presidente, em especial com o senador Flávio Bolsonaro (PSL). Diante das polêmicas envolvendo o clã Bolsonaro, outra figura do PSL tem atraído olhares de políticos do Grande ABC: a deputada estadual eleita Janaina Paschoal. Campeã de votos em 2018, quando foi escolhida por 2 milhões de eleitores paulistas para uma cadeira na Assembleia, Janaina tem seu nome comentado para concorrer à prefeitura de São Paulo, em 2020. Assim, quem eventualmente estiver no PSL concorrendo em sua cidade pode ser beneficiado pela onda política. Essa mesma onda que ajudou diversos tucanos no pleito de 2016, quando João Doria (PSDB), então candidato a prefeito da Capital, disparou nas pesquisas e faturou aquele pleito no primeiro turno – hoje Doria é governador. 

Impacto

 Ex-secretário de Governo de Santo André, Arlindo José de Lima (PT) tem reclamado com amigos e militantes. Isso porque o campo de society que montou no Centro de Santo André, até outrora QG de petistas da região – houve celebrações de filiados andreenses, diademenses e mauaenses –, viu reduzir a frequência de visitas desde que o Ministério Público confirmou haver investigação sobre Arlindo. O MP apura se o ex-secretário utilizou laranja para empresa que tinha contrato com a administração da qual fez parte, a de Carlos Grana (PT).

Luto

 Ex-presidente do Sindicato dos Químicos, fundador e dirigente da CUT (Central Única dos Trabalhadores), Agenor Narciso morreu sábado, aos 88 anos. Seu corpo foi enterrado domingo, no Cemitério Curuçá, em Santo André. A família não informou a causa da morte de Narcisio, que foi candidato a deputado estadual pelo PT andreense e depois a vereador na cidade de Dracena, no Interior, onde morava.

Respostas

 Também no fim de semana, o prefeito de São Caetano, José Auricchio Júnior (PSDB), e o ex-vereador Fabio Palacio (PSD) redigiram notas públicas para negar qualquer movimento de composição política e ida do pessedista ao primeiro escalão do governo. Esta coluna mostrou, no sábado, que Palacio pediu que emissários levassem mensagens de paz ao tucano, de quem é adversário desde a eleição de 2016.

Acordo

 Ainda em São Caetano, amanhã serão escolhidos os integrantes das principais comissões da Câmara: de redação e justiça e de finanças e orçamento. Os nomes devem ser decididos horas antes da sessão, mas um acordo já foi traçado: a presidência dos dois blocos ficará com o PSDB. Pelo regimento interno, vereadores que compõem a mesa diretora estão impedidos de pleitear espaços nas alas locais. Ou seja, Olyntho Voltarelli e Ricardo Andrejuk estão fora da disputa. Sobram Daniel Cordoba, Eduardo Vidoski e Marcos Pontes.

Protestos

O MBL (Movimento Brasil Livre) de Santo André convocou protesto para a sessão de amanhã na Câmara, com objetivo de se manifestar sobre algumas pautas, entre elas o impasse envolvendo a vereadora afastada Elian Santana (SD) e as constantes faltas d’água no município. No fim de semana, a respeito do último tema, o prefeito Paulo Serra (PSDB) disse ter se reunido com integrantes do governo de João Doria (PSDB) no fim de semana a fim de cobrar explicações da redução da vazão a Santo André. Segundo o tucano, a estimativa é a de normalização do sistema hoje.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Janaina Paschoal vira salvação do PSL

Raphael Rocha

05/02/2019 | 06:03


Na semana passada esta coluna mostrou que alguns políticos da região que estavam empolgados com a eleição de Jair Bolsonaro (PSL) para a Presidência da República reduziram euforia depois de surgirem denúncias contra a família do presidente, em especial com o senador Flávio Bolsonaro (PSL). Diante das polêmicas envolvendo o clã Bolsonaro, outra figura do PSL tem atraído olhares de políticos do Grande ABC: a deputada estadual eleita Janaina Paschoal. Campeã de votos em 2018, quando foi escolhida por 2 milhões de eleitores paulistas para uma cadeira na Assembleia, Janaina tem seu nome comentado para concorrer à prefeitura de São Paulo, em 2020. Assim, quem eventualmente estiver no PSL concorrendo em sua cidade pode ser beneficiado pela onda política. Essa mesma onda que ajudou diversos tucanos no pleito de 2016, quando João Doria (PSDB), então candidato a prefeito da Capital, disparou nas pesquisas e faturou aquele pleito no primeiro turno – hoje Doria é governador. 

Impacto

 Ex-secretário de Governo de Santo André, Arlindo José de Lima (PT) tem reclamado com amigos e militantes. Isso porque o campo de society que montou no Centro de Santo André, até outrora QG de petistas da região – houve celebrações de filiados andreenses, diademenses e mauaenses –, viu reduzir a frequência de visitas desde que o Ministério Público confirmou haver investigação sobre Arlindo. O MP apura se o ex-secretário utilizou laranja para empresa que tinha contrato com a administração da qual fez parte, a de Carlos Grana (PT).

Luto

 Ex-presidente do Sindicato dos Químicos, fundador e dirigente da CUT (Central Única dos Trabalhadores), Agenor Narciso morreu sábado, aos 88 anos. Seu corpo foi enterrado domingo, no Cemitério Curuçá, em Santo André. A família não informou a causa da morte de Narcisio, que foi candidato a deputado estadual pelo PT andreense e depois a vereador na cidade de Dracena, no Interior, onde morava.

Respostas

 Também no fim de semana, o prefeito de São Caetano, José Auricchio Júnior (PSDB), e o ex-vereador Fabio Palacio (PSD) redigiram notas públicas para negar qualquer movimento de composição política e ida do pessedista ao primeiro escalão do governo. Esta coluna mostrou, no sábado, que Palacio pediu que emissários levassem mensagens de paz ao tucano, de quem é adversário desde a eleição de 2016.

Acordo

 Ainda em São Caetano, amanhã serão escolhidos os integrantes das principais comissões da Câmara: de redação e justiça e de finanças e orçamento. Os nomes devem ser decididos horas antes da sessão, mas um acordo já foi traçado: a presidência dos dois blocos ficará com o PSDB. Pelo regimento interno, vereadores que compõem a mesa diretora estão impedidos de pleitear espaços nas alas locais. Ou seja, Olyntho Voltarelli e Ricardo Andrejuk estão fora da disputa. Sobram Daniel Cordoba, Eduardo Vidoski e Marcos Pontes.

Protestos

O MBL (Movimento Brasil Livre) de Santo André convocou protesto para a sessão de amanhã na Câmara, com objetivo de se manifestar sobre algumas pautas, entre elas o impasse envolvendo a vereadora afastada Elian Santana (SD) e as constantes faltas d’água no município. No fim de semana, a respeito do último tema, o prefeito Paulo Serra (PSDB) disse ter se reunido com integrantes do governo de João Doria (PSDB) no fim de semana a fim de cobrar explicações da redução da vazão a Santo André. Segundo o tucano, a estimativa é a de normalização do sistema hoje.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;