Fechar
Publicidade

Sábado, 20 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Tecnologia

tecnologia@dgabc.com.br | 4435-8301


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Proprietários de iPhone são os que mais fazem seguro para celular

Da Redação, com assessoria

08/02/2019 | 10:48


Mais da metade dos clientes da Kakau Seguros, plataforma digital de seguros por assinatura, tem iPhone. O levantamento feito pela empresa traduz uma tendência entre os proprietários de gadgets da Apple: por serem aparelhos mais caros, os aficionados pela marca optam por ter garantia contra imprevistos cotidianos, como roubo, furto e quebra acidental do aparelho.

A maioria dos modelos dos clientes da Kakau são iPhone XS, XR, X e 8. No Brasil, os aparelhos custam a partir de R$ 3.999, na venda no site oficial da Apple.

Na Kakau Seguros, a maior fatia de contratantes do seguro são homens de 25 a 40 anos. Mas o perfil não se limita a esse consumidor. “Com índices de furto e roubo crescendo em algumas cidades brasileiras, entendemos que qualquer pessoa que está todos os dias na rua, seja indo para o trabalho ou para estudar, está mais consciente de que talvez essa garantia contra imprevistos seja necessária”, afirma Henrique Volpi, CEO da Kakau Seguros.

Leia mais
Seguro para celular vale a pena? Especialistas e usuários opinam sobre o assunto
Metade dos internautas brasileiros já teve um celular roubado
Rastreador de celular: veja como encontrar seu aparelho Android ou iPhone

 Mercado de iPhone no Brasil

Apenas pouco mais de 5% do mercado de smartphones brasileiro é de iPhone, de acordo com pesquisa da consultoria Counterpoint de 2018. Nem por isso a marca deixa de ser conhecida – e, muitas vezes, cobiçada – pelo público amante de tecnologia.

Graças à quantidade de recursos do sistema iOS e a outras características que pautam grandes players para o desenvolvimento de seus equipamentos, como o design inconfundível da Apple, o celular se torna um objeto de desejo para boa parte da população – e, também, cobiçado por criminosos.

Para se ter ideia, dados de junho de 2018 da Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Estado de São mostram que 66% dos roubos registrados pelas vítimas nas delegacias tiveram um smartphone como objeto subtraído por criminosos.

Como escolher seguro para iPhone

É comum que o consumidor se pergunte se vale a pena fazer um seguro para o aparelho no momento da compra. Volpi explica que é nessa hora que o cliente deve elencar aspectos como valor do investimento no aparelho e análise dos índices de criminalidade na área em que circula, mora ou trabalha.

“Sem contar a importância de se ter uma segurança para os casos de quebra acidental, em que se pode solicitar a indenização por causa do sinistro, com as especificidades contratuais do seguro”, detalha o CEO da Kakau Seguros. Fazer cotação e ficar atento às condições do contrato também é fundamental para ter um serviço de seguro de qualidade.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

E já que o assunto é iPhone, acompanhe a evolução do celular da Apple:

 
 

<
>

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;