Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Família preserva desenhos industriais

São verdadeiros pergaminhos, alguns com quase 90 anos, idealizados por Alécio Cavaggioni


Ademir Medici

01/02/2019 | 07:00


“Bruno Dalla deu entrevista à Memória em 1995, quando estava com 92 anos. Dizia ainda guardar os desenhos técnicos que fez, “há mais de 70 anos”. Gente da preservação histórica de Santo André, estes desenhos são parte fundamental da memória industrial da cidade e região. Recuperá-los seria um grande serviço à nossa história.”
Memória, domingo, 6 de janeiro de 2019.

***

Ao ler a recomendação acima, Marília Cavaggioni, andreense, pedagoga, psicóloga e professora de educação física, entrou em contato conosco e colocou à disposição os desenhos feitos e guardados por seu pai, Alécio Cavaggioni. Desenhos técnicos, elaborados durante os anos em que o senhor Alécio trabalhou na unidade da Lidgerwood de Santo André, na primeira metade do século passado.

Trouxemos uma pequena parte daqueles trabalhos para a Redação. O infografista Agostinho Fratini, da Editoria de Artes do Diário, apaixonou-se. E nos raros momentos de folga entre um trabalho e outro, reconstituiu alguns dos desenhos. Estabeleceu-se uma ponte de 70, 80, quase 90 anos. Agostinho criando neste ano de 2019, em cima da obra de mestre Cavaggioni, alguns desenhos feitos em 1929.

Memória sempre defendeu a importância de se preservar a memória industrial do Grande ABC. Iniciamos, pois, uma série, representada por parcela do que foi a industrialização andreense dos nossos antepassados. Oportunidade de participar da construção de uma memória que não pode se perder.

Um detalhe fundamental: professora Marília é memorialista. Guarda com carinho tudo o que pôde guardar do pai, dos desenhos em pergaminhos, das fotos dispostas em álbuns familiares, até objetos como um lindo tinteiro que servia de base para o trabalho em bico de pena de Alécio Cavaggioni (1908-2002).

Interação com Facebook
 

Desgraçadamente, moro numa metrópole. Isso significa que tenho à disposição, na hora que bem entender, cinemas, teatros, casas de massagem, clínicas de acupuntura, botecos, restaurantes caríssimos, lojas de aviamentos e passamanarias, cabeleireiros unissex, show de rock, salões de lambada e pelo menos duas das melhores gafieiras do Brasil.

Da crônica de Lourenço Diaféria publicada pelo Diário em 1º de fevereiro de 1989. Confiram a íntegra no Facebook da Memória – acessem o endereço acima.
</CW>

Diário há 30 anos

Quarta-feira, 1º de fevereiro de 1989 – ano 31, edição 6977

Manchete
– Poupança de 22,97% não atinge a taxa de inflação
Indústria – A nova unidade da Poliolefinas, que será instalada no Polo Petroquímico de Capuava, com investimento de US$ 80 milhões, vai colocar a empresa também no mercado exterior.
Adeus – Foi enterrado ontem, no Cemitério Sagrado Coração de Jesus, em Camilópolis, o pintor Paulo Chaves, 67 anos, expoente do abstracionismo. O corpo foi encontrado na casa do artista, em São Sebastião. Ele iniciou a formação artística no fim dos anos 1940 em Santo André.
Religiosidade – Os jovens que vetaram o filme A Última Tentação de Cristo pertencem à Sagrada Família, a Matriz Nova de São Caetano.
 

Em 1º de fevereiro de...

1919 – A diretoria da Santa Casa de Misericórdia de Santo André anuncia que pretende reabrir as suas enfermarias, embora a importância consignada no orçamento do Estado seja insuficiente para o custeio.
- O escritor Coelho Neto visita a sede do Palestra Itália e profere discurso em que defende o restabelecimento da harmonia entre as sociedades esportivas do País.
Notas
– A sede do Palestra Itália, hoje Sociedade Esportiva Palmeiras, ficava na Rua Líbero Badaró.
– Coelho Neto era ardoroso propagandista da educação física pela juventude.
Internacional – Os Estados Unidos estão estabelecendo uma base naval na Polônia para facilitar o fornecimento de víveres ao país. Bases semelhantes atenderão a outros países.
 

Santos do Dia

- Veridiana (Itália, Costelfiorentino – Castelo de Florença: 1182-1242).
Admitida na Ordem Terceira por São Francisco de Assis
- Ana Michelotti
- Henrique Morse


Hoje

- Dia do Publicitário. A celebração remonta ao decreto número 57.690, de 1º de fevereiro de 1966, instituído com o objetivo principal de regulamentar a profissão de publicitário e agenciador de propagandas.

Municípios Brasileiros

Celebram aniversários em 1º de fevereiro:

- Em Alagoas, Atalaia
- No Paraná, Douradina, Missal e Nova Prata do Iguaçu
- No Maranhão, Mirinzal
- Em Minas Gerais, Ninheira
- No Ceará, Quixelô
- No Amazonas, Tabatinga
- Em Tocantins, Wanderlândia

Fonte: IBGE



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Família preserva desenhos industriais

São verdadeiros pergaminhos, alguns com quase 90 anos, idealizados por Alécio Cavaggioni

Ademir Medici

01/02/2019 | 07:00


“Bruno Dalla deu entrevista à Memória em 1995, quando estava com 92 anos. Dizia ainda guardar os desenhos técnicos que fez, “há mais de 70 anos”. Gente da preservação histórica de Santo André, estes desenhos são parte fundamental da memória industrial da cidade e região. Recuperá-los seria um grande serviço à nossa história.”
Memória, domingo, 6 de janeiro de 2019.

***

Ao ler a recomendação acima, Marília Cavaggioni, andreense, pedagoga, psicóloga e professora de educação física, entrou em contato conosco e colocou à disposição os desenhos feitos e guardados por seu pai, Alécio Cavaggioni. Desenhos técnicos, elaborados durante os anos em que o senhor Alécio trabalhou na unidade da Lidgerwood de Santo André, na primeira metade do século passado.

Trouxemos uma pequena parte daqueles trabalhos para a Redação. O infografista Agostinho Fratini, da Editoria de Artes do Diário, apaixonou-se. E nos raros momentos de folga entre um trabalho e outro, reconstituiu alguns dos desenhos. Estabeleceu-se uma ponte de 70, 80, quase 90 anos. Agostinho criando neste ano de 2019, em cima da obra de mestre Cavaggioni, alguns desenhos feitos em 1929.

Memória sempre defendeu a importância de se preservar a memória industrial do Grande ABC. Iniciamos, pois, uma série, representada por parcela do que foi a industrialização andreense dos nossos antepassados. Oportunidade de participar da construção de uma memória que não pode se perder.

Um detalhe fundamental: professora Marília é memorialista. Guarda com carinho tudo o que pôde guardar do pai, dos desenhos em pergaminhos, das fotos dispostas em álbuns familiares, até objetos como um lindo tinteiro que servia de base para o trabalho em bico de pena de Alécio Cavaggioni (1908-2002).

Interação com Facebook
 

Desgraçadamente, moro numa metrópole. Isso significa que tenho à disposição, na hora que bem entender, cinemas, teatros, casas de massagem, clínicas de acupuntura, botecos, restaurantes caríssimos, lojas de aviamentos e passamanarias, cabeleireiros unissex, show de rock, salões de lambada e pelo menos duas das melhores gafieiras do Brasil.

Da crônica de Lourenço Diaféria publicada pelo Diário em 1º de fevereiro de 1989. Confiram a íntegra no Facebook da Memória – acessem o endereço acima.
</CW>

Diário há 30 anos

Quarta-feira, 1º de fevereiro de 1989 – ano 31, edição 6977

Manchete
– Poupança de 22,97% não atinge a taxa de inflação
Indústria – A nova unidade da Poliolefinas, que será instalada no Polo Petroquímico de Capuava, com investimento de US$ 80 milhões, vai colocar a empresa também no mercado exterior.
Adeus – Foi enterrado ontem, no Cemitério Sagrado Coração de Jesus, em Camilópolis, o pintor Paulo Chaves, 67 anos, expoente do abstracionismo. O corpo foi encontrado na casa do artista, em São Sebastião. Ele iniciou a formação artística no fim dos anos 1940 em Santo André.
Religiosidade – Os jovens que vetaram o filme A Última Tentação de Cristo pertencem à Sagrada Família, a Matriz Nova de São Caetano.
 

Em 1º de fevereiro de...

1919 – A diretoria da Santa Casa de Misericórdia de Santo André anuncia que pretende reabrir as suas enfermarias, embora a importância consignada no orçamento do Estado seja insuficiente para o custeio.
- O escritor Coelho Neto visita a sede do Palestra Itália e profere discurso em que defende o restabelecimento da harmonia entre as sociedades esportivas do País.
Notas
– A sede do Palestra Itália, hoje Sociedade Esportiva Palmeiras, ficava na Rua Líbero Badaró.
– Coelho Neto era ardoroso propagandista da educação física pela juventude.
Internacional – Os Estados Unidos estão estabelecendo uma base naval na Polônia para facilitar o fornecimento de víveres ao país. Bases semelhantes atenderão a outros países.
 

Santos do Dia

- Veridiana (Itália, Costelfiorentino – Castelo de Florença: 1182-1242).
Admitida na Ordem Terceira por São Francisco de Assis
- Ana Michelotti
- Henrique Morse


Hoje

- Dia do Publicitário. A celebração remonta ao decreto número 57.690, de 1º de fevereiro de 1966, instituído com o objetivo principal de regulamentar a profissão de publicitário e agenciador de propagandas.

Municípios Brasileiros

Celebram aniversários em 1º de fevereiro:

- Em Alagoas, Atalaia
- No Paraná, Douradina, Missal e Nova Prata do Iguaçu
- No Maranhão, Mirinzal
- Em Minas Gerais, Ninheira
- No Ceará, Quixelô
- No Amazonas, Tabatinga
- Em Tocantins, Wanderlândia

Fonte: IBGE

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;