Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

ETI. Cinquenta. Satiro. Saudades...


Ademir Medici

30/01/2019 | 07:00


Caro acompanhante desta página Memória: observe numa das fotos, por trás das obras de construção da ETI, o casarão da área desapropriada pela Prefeitura. O casarão resiste e hoje abriga o memorial da Etec Lauro Gomes de Almeida.

E não esqueça: faz 50 anos que a ETI formou a sua primeira turma de técnicos para a indústria automobilística: 1968-2018. Este ano a segunda turma completará também 50 anos: 1969-2019. E assim por diante...

Etiano, não deixe essas datas passar em branco. Elas marcam a sua história de vida, e a história da própria evolução educacional e cultural da cidade de São Bernardo.

***

ETI. Lembro com a saudade que dói, mas feliz pela história que escrevemos juntos.

Dá impressão que o Satiro, pelo seu perfil de bondade e generosidade, escolheu um momento em que a lacuna por ele deixada seria parcialmente compensada por publicações que enaltecem o nosso passado comum.

É muito difícil vivenciar sentimentos antagônicos, quando na origem dos estímulos está a participação conjunta.

Jose Lutero Rodrigues (aquele etiano que, tantos anos depois, usa a velha e adorada jaqueta da Escola Técnica Industrial Lauro Gomes, de São Bernardo).

Com certeza Satiro estaria muito feliz assistindo a todo esse trabalho que vocês desempenham com tanta capacidade.

Gostaria de parabenizá-los, organizadores dessas reuniões anuais dos ex-alunos da ETI.

Continuem oferecendo sempre, principalmente aos jovens de hoje, esses exemplos de atitudes, trabalho e dedicação.

Júlio Ruiz Delgado

Vivemos, muitas vezes na vida, momentos antagônicos como este. Porém, tenha certeza que nós, que estamos podendo contar as histórias, somos levados a continuar contando-as, estimulados pelos que já se foram e que ajudaram a construir.

Jamil Luchezi

Se os órgãos públicos tivessem multiplicado escolas com o mesmo padrão da ETI, o Brasil hoje seria bem diferente.

Tetsuo Yoshimoto

Acabei de assistir à entrevista do Jamil + Tico (Valter Romero) sobre os 50 Etianos e fiquei feliz depois da tristeza de perder nosso colega Satiro (um de meus mais queridos amigos desse tempo maravilhoso). Obrigado a vocês que têm mantidas vivas essas doces lembranças e que Deus abençoe o Satiro e sua família.

Antonio José de Sá

Recebo esta notícia com muita tristeza. Sem palavras.

Emanoel Ribeiro de Almeida

Que descanse em paz, nosso colega Satiro, da nossa terceira turma da ETI. Convivemos na República Poleiro dos Anjos.

Takasi Tsutsumi

Perde-se um bom pedaço da nossa vida.

Giuseppe Fuss

A imagem do Satiro, com o apagador fazendo as vezes de um microfone, quebrando a tensão nas noites de estudo, anteriores a provas importantes. Cantando Elvis Presley. Ele nos alegrava sobremaneira.

Valter Romero (Tico)

Os 50 anos da primeira formatura da ETI Lauro Gomes

- Homenagem aos pioneiros, recado aos contemporâneos

- Entrevistados: professor Jamil Luchezi e Valter Romero

- No ar pelo DGABC TV

- Sintonizem: www.dgabc.com.br
 

O futebol no campo da Memória

O pesquisador Luiz Domingos Romano atua em várias frentes da construção da memória: da revista Raízes ao Memofut (Grupo Literatura e Memória do Futebol). Sua coleção de camisas esportivas vai do nacional ao internacional. Formação profissional: design, pela Faculdade de Desenho Industrial de Mauá. Romano agrega. Divide o que tem. Incorpora. E na reunião dos escritores e intelectuais realizada no Diário, dia 21 de janeiro, promoção em conjunto com a Editora Matarazzo, ele esteve presente, formando novos amigos.
 

Interação com Facebook
 

‘Um tira quente, bom de investigação’
 

E a realidade chega na voz do investigador, que se aproxima do delegado para transmitir desgraça.

– Doutor, o capeta está solto.

Da crônica de Guido Fidelis publicada pelo Diário em 29 de janeiro de 1989.

Confiram a íntegra no Facebook da Memória – acessem o endereço acima.
 

Diário há 30 anos

Domingo, 29 de janeiro de 1989 – ano 31, edição 6975

Carnaval 89 – Estrimilique (palhaço andreense) e Constituição concorrem nas ruas; a alegria que falta nas ruas vai sobrar nos salões.
- Carnaval das noites cariocas, cf. artigo da jornalista Claudete Reinhart na coluna Encontro.

Em 30 de janeiro de...

1879 – Notícia publicada em A Província de São Paulo: “S.Bernardo – Há justa reclamação para que sejam nomeadas autoridades policiais para aquela freguesia”.
1919 – Recuperado da gripe espanhola, o médico Francisco Perrone reassume o seu gabinete médico
em Santo André.
- A guerra acabou? Do noticiário do Estadão: revolução na Romênia.
Camponeses sublevados. Sangrentos combates em Budapeste. Grande número de mortes e feridos.
 

Hoje

- Dia Nacional das Histórias em Quadrinhos
- Dia da Saudade
- Dia Internacional da Não Violência e da Paz nas Escolas

Santos do Dia

- Martinha
- Santa Jacinta de Marescotti
- Savina
- Barsimeu



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

ETI. Cinquenta. Satiro. Saudades...

Ademir Medici

30/01/2019 | 07:00


Caro acompanhante desta página Memória: observe numa das fotos, por trás das obras de construção da ETI, o casarão da área desapropriada pela Prefeitura. O casarão resiste e hoje abriga o memorial da Etec Lauro Gomes de Almeida.

E não esqueça: faz 50 anos que a ETI formou a sua primeira turma de técnicos para a indústria automobilística: 1968-2018. Este ano a segunda turma completará também 50 anos: 1969-2019. E assim por diante...

Etiano, não deixe essas datas passar em branco. Elas marcam a sua história de vida, e a história da própria evolução educacional e cultural da cidade de São Bernardo.

***

ETI. Lembro com a saudade que dói, mas feliz pela história que escrevemos juntos.

Dá impressão que o Satiro, pelo seu perfil de bondade e generosidade, escolheu um momento em que a lacuna por ele deixada seria parcialmente compensada por publicações que enaltecem o nosso passado comum.

É muito difícil vivenciar sentimentos antagônicos, quando na origem dos estímulos está a participação conjunta.

Jose Lutero Rodrigues (aquele etiano que, tantos anos depois, usa a velha e adorada jaqueta da Escola Técnica Industrial Lauro Gomes, de São Bernardo).

Com certeza Satiro estaria muito feliz assistindo a todo esse trabalho que vocês desempenham com tanta capacidade.

Gostaria de parabenizá-los, organizadores dessas reuniões anuais dos ex-alunos da ETI.

Continuem oferecendo sempre, principalmente aos jovens de hoje, esses exemplos de atitudes, trabalho e dedicação.

Júlio Ruiz Delgado

Vivemos, muitas vezes na vida, momentos antagônicos como este. Porém, tenha certeza que nós, que estamos podendo contar as histórias, somos levados a continuar contando-as, estimulados pelos que já se foram e que ajudaram a construir.

Jamil Luchezi

Se os órgãos públicos tivessem multiplicado escolas com o mesmo padrão da ETI, o Brasil hoje seria bem diferente.

Tetsuo Yoshimoto

Acabei de assistir à entrevista do Jamil + Tico (Valter Romero) sobre os 50 Etianos e fiquei feliz depois da tristeza de perder nosso colega Satiro (um de meus mais queridos amigos desse tempo maravilhoso). Obrigado a vocês que têm mantidas vivas essas doces lembranças e que Deus abençoe o Satiro e sua família.

Antonio José de Sá

Recebo esta notícia com muita tristeza. Sem palavras.

Emanoel Ribeiro de Almeida

Que descanse em paz, nosso colega Satiro, da nossa terceira turma da ETI. Convivemos na República Poleiro dos Anjos.

Takasi Tsutsumi

Perde-se um bom pedaço da nossa vida.

Giuseppe Fuss

A imagem do Satiro, com o apagador fazendo as vezes de um microfone, quebrando a tensão nas noites de estudo, anteriores a provas importantes. Cantando Elvis Presley. Ele nos alegrava sobremaneira.

Valter Romero (Tico)

Os 50 anos da primeira formatura da ETI Lauro Gomes

- Homenagem aos pioneiros, recado aos contemporâneos

- Entrevistados: professor Jamil Luchezi e Valter Romero

- No ar pelo DGABC TV

- Sintonizem: www.dgabc.com.br
 

O futebol no campo da Memória

O pesquisador Luiz Domingos Romano atua em várias frentes da construção da memória: da revista Raízes ao Memofut (Grupo Literatura e Memória do Futebol). Sua coleção de camisas esportivas vai do nacional ao internacional. Formação profissional: design, pela Faculdade de Desenho Industrial de Mauá. Romano agrega. Divide o que tem. Incorpora. E na reunião dos escritores e intelectuais realizada no Diário, dia 21 de janeiro, promoção em conjunto com a Editora Matarazzo, ele esteve presente, formando novos amigos.
 

Interação com Facebook
 

‘Um tira quente, bom de investigação’
 

E a realidade chega na voz do investigador, que se aproxima do delegado para transmitir desgraça.

– Doutor, o capeta está solto.

Da crônica de Guido Fidelis publicada pelo Diário em 29 de janeiro de 1989.

Confiram a íntegra no Facebook da Memória – acessem o endereço acima.
 

Diário há 30 anos

Domingo, 29 de janeiro de 1989 – ano 31, edição 6975

Carnaval 89 – Estrimilique (palhaço andreense) e Constituição concorrem nas ruas; a alegria que falta nas ruas vai sobrar nos salões.
- Carnaval das noites cariocas, cf. artigo da jornalista Claudete Reinhart na coluna Encontro.

Em 30 de janeiro de...

1879 – Notícia publicada em A Província de São Paulo: “S.Bernardo – Há justa reclamação para que sejam nomeadas autoridades policiais para aquela freguesia”.
1919 – Recuperado da gripe espanhola, o médico Francisco Perrone reassume o seu gabinete médico
em Santo André.
- A guerra acabou? Do noticiário do Estadão: revolução na Romênia.
Camponeses sublevados. Sangrentos combates em Budapeste. Grande número de mortes e feridos.
 

Hoje

- Dia Nacional das Histórias em Quadrinhos
- Dia da Saudade
- Dia Internacional da Não Violência e da Paz nas Escolas

Santos do Dia

- Martinha
- Santa Jacinta de Marescotti
- Savina
- Barsimeu

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;