Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

A jornada do tricolor do Jardim Zaíra

Flashes do Juá, clube que nasceu numa cerâmica em Mauá


Ademir Medici
Diário do Grande ABC

28/01/2019 | 07:00


O jornalista Daniel Alcarria tem vasculhado os baús de lembranças de Mauá e descoberto coisas interessantíssimas. Como as fotografias de hoje, do aniversariante Juá – nome adotado em 1990 pelo Vila João Jorge FC, fundado em 1952.

“As imagens resultam de nossas andanças pelos campos, clubes e nas entrevistas que temos realizado com antigos jogadores e dirigentes dos times”, conta Daniel.

“Com esse extenso material, tenho criado um acervo considerável sobre a história do futebol em Mauá” – acrescenta.
Entre os que guardaram fotografias do Juá está o volante Carlinhos, que as repassou ao filho Vladimir Camargo.
Nheco, Passianot, Stella...

Condensação de texto de Daniel Alcarria

No início de janeiro de 1952 é criado o Vila João Jorge FC, numa mescla de homenagem ao bairro e à cerâmica, oficializado numa segunda reunião, em 25 de janeiro daquele ano, na casa de Ismael Viana de Freitas (o Nheco). Um time de trabalhadores. Dentre os fundadores, além do Nheco, Ivo Passianot e José Stella. O primeiro presidente foi Rubens de Souza.

A equipe nasce juvenil, torna-se de primeira – esporte – e conquista vários títulos. Tempo da Liga de Futebol de Santo André, já que a Liga Mauaense só seria formada em 1958.

O Juá participa daquele que é considerado o primeiro campeonato mauaense de futebol, em 1957, promovido pela liga andreense na então chamada Divisão Mauá, com dez clubes. Juá, campeão, “o primeiro campeão da cidade”.

PELÉ NA HISTÓRIA

O lateral Vicente Loro (o Bugre) é apontado como um dos lendários atletas do Juá. Em 1956 participou do jogo em que Pelé marcou o seu primeiro gol como profissional: 7 a 1 sobre o Corinthians de Santo André.

Interação com Facebook
‘À noite, apenas uma cena da cidade’

As ruas são túneis escuros, onde o perigo se aloja em cada ruga, em cada reentrância.
Da crônica de Guido Fidelis publicada pelo Diário em 28 de janeiro de 1989. Confiram a íntegra no Facebook da Memória – acessem o endereço acima.

Reserva intelectual

Professor Antonio de Andrade. Nascido em São Caetano, fidelidade total ao Grande ABC. Desde a juventude presente nos movimentos em prol da construção da memória.

Adolescente, gravou entrevista com o prefeito Anacleto Campanella, de São Caetano. O único documento sonoro deste político que fez história dentro e fora da sua cidade.

Antonio de Andrade participou do encontro São Paulo de Cultura, coprodução do Diário e da Editora Matarazzo.

Diário há 30 anos...
Sábado, 28 de janeiro de 1989 – ano 31, edição 6974

Indústria – A Brosol, que produz bombas de combustível em Ribeirão Pires, adquiriu o controle acionário de sua concorrente, a Carts do Brasil, e passou a abocanhar 60% do mercado nacional desse tipo de autopeças.


Em 28 de janeiro de...
1919 – Resultados dos jogos envolvendo equipes de Santo André: União Operário 0, União Americano 2; Corinthians 0, Metal Gráfica Aliberti 1. Os dois jogos realizados no distrito de Santo André.

Do noticiário do Estadão: decretação da lei marcial em Hamburgo.

1924 – Guilherme Primo Vidotto. O nascimento em Monte Alto, Interior de São Paulo. Poeta e memorialista. Vice-prefeito e vereador em Mauá.

Hoje
Dia do Comércio Exterior
Dia do Portuário – lembra a abertura dos portos em 1808 por ocasião da chegada da Família Real Portuguesa ao Brasil
Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo
Dia do Auditor Fiscal do Trabalho

Santos do dia
Tomás de Aquino Leônidas
Gonçalo do Amarante

Municípios brasileiros
Celebram aniversários em 28 de janeiro:
No Paraná, Apucarana e Pitanga
No Pará, Castanhal
No Rio Grande do Sul, Giruá e Santo Cristo
Na Bahia, Iramaia
Na Paraíba, Puxinanã
No Mato Grosso, Rondolândia e Santo Antonio do Leste
Fonte: IBGE



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

A jornada do tricolor do Jardim Zaíra

Flashes do Juá, clube que nasceu numa cerâmica em Mauá

Ademir Medici
Diário do Grande ABC

28/01/2019 | 07:00


O jornalista Daniel Alcarria tem vasculhado os baús de lembranças de Mauá e descoberto coisas interessantíssimas. Como as fotografias de hoje, do aniversariante Juá – nome adotado em 1990 pelo Vila João Jorge FC, fundado em 1952.

“As imagens resultam de nossas andanças pelos campos, clubes e nas entrevistas que temos realizado com antigos jogadores e dirigentes dos times”, conta Daniel.

“Com esse extenso material, tenho criado um acervo considerável sobre a história do futebol em Mauá” – acrescenta.
Entre os que guardaram fotografias do Juá está o volante Carlinhos, que as repassou ao filho Vladimir Camargo.
Nheco, Passianot, Stella...

Condensação de texto de Daniel Alcarria

No início de janeiro de 1952 é criado o Vila João Jorge FC, numa mescla de homenagem ao bairro e à cerâmica, oficializado numa segunda reunião, em 25 de janeiro daquele ano, na casa de Ismael Viana de Freitas (o Nheco). Um time de trabalhadores. Dentre os fundadores, além do Nheco, Ivo Passianot e José Stella. O primeiro presidente foi Rubens de Souza.

A equipe nasce juvenil, torna-se de primeira – esporte – e conquista vários títulos. Tempo da Liga de Futebol de Santo André, já que a Liga Mauaense só seria formada em 1958.

O Juá participa daquele que é considerado o primeiro campeonato mauaense de futebol, em 1957, promovido pela liga andreense na então chamada Divisão Mauá, com dez clubes. Juá, campeão, “o primeiro campeão da cidade”.

PELÉ NA HISTÓRIA

O lateral Vicente Loro (o Bugre) é apontado como um dos lendários atletas do Juá. Em 1956 participou do jogo em que Pelé marcou o seu primeiro gol como profissional: 7 a 1 sobre o Corinthians de Santo André.

Interação com Facebook
‘À noite, apenas uma cena da cidade’

As ruas são túneis escuros, onde o perigo se aloja em cada ruga, em cada reentrância.
Da crônica de Guido Fidelis publicada pelo Diário em 28 de janeiro de 1989. Confiram a íntegra no Facebook da Memória – acessem o endereço acima.

Reserva intelectual

Professor Antonio de Andrade. Nascido em São Caetano, fidelidade total ao Grande ABC. Desde a juventude presente nos movimentos em prol da construção da memória.

Adolescente, gravou entrevista com o prefeito Anacleto Campanella, de São Caetano. O único documento sonoro deste político que fez história dentro e fora da sua cidade.

Antonio de Andrade participou do encontro São Paulo de Cultura, coprodução do Diário e da Editora Matarazzo.

Diário há 30 anos...
Sábado, 28 de janeiro de 1989 – ano 31, edição 6974

Indústria – A Brosol, que produz bombas de combustível em Ribeirão Pires, adquiriu o controle acionário de sua concorrente, a Carts do Brasil, e passou a abocanhar 60% do mercado nacional desse tipo de autopeças.


Em 28 de janeiro de...
1919 – Resultados dos jogos envolvendo equipes de Santo André: União Operário 0, União Americano 2; Corinthians 0, Metal Gráfica Aliberti 1. Os dois jogos realizados no distrito de Santo André.

Do noticiário do Estadão: decretação da lei marcial em Hamburgo.

1924 – Guilherme Primo Vidotto. O nascimento em Monte Alto, Interior de São Paulo. Poeta e memorialista. Vice-prefeito e vereador em Mauá.

Hoje
Dia do Comércio Exterior
Dia do Portuário – lembra a abertura dos portos em 1808 por ocasião da chegada da Família Real Portuguesa ao Brasil
Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo
Dia do Auditor Fiscal do Trabalho

Santos do dia
Tomás de Aquino Leônidas
Gonçalo do Amarante

Municípios brasileiros
Celebram aniversários em 28 de janeiro:
No Paraná, Apucarana e Pitanga
No Pará, Castanhal
No Rio Grande do Sul, Giruá e Santo Cristo
Na Bahia, Iramaia
Na Paraíba, Puxinanã
No Mato Grosso, Rondolândia e Santo Antonio do Leste
Fonte: IBGE

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;