Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 19 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Bolsonaro de um lado, Leonel do outro


Raphael Rocha
Do dgabc.com.br

12/01/2019 | 07:00


A prefeita em exercício de Mauá, Alaíde Damo (MDB), quando tomou posse do cargo, manifestou sua admiração pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL). Suas atitudes internas, inclusive, tangenciam o discurso do novo chefe da Nação. Vereadores reclamam que, até agora, não conseguiram agenda com a emedebista e que suas indicações no Paço foram sumariamente desligadas, sem prévia explicação. Alaíde falou que queria moralizar a classe política da cidade. Só que a pressão vem de dentro de casa. Seu marido, o ex-prefeito Leonel Damo, tem pressionado bastante para que familiares tenham espaço na administração. Em sua cota são contabilizados os secretários Agostinho Anselmo Martins (Obras), Marcos Antônio Ratti (Planejamento), Ivo Damo (Serviços Urbanos, irmão de Leonel), Toninho Bertucci (Sama, cunhado de Leonel), Wilson Carlos de Campos, o Xoxa (Comunicação) e Denise Debartolo Pereira (Educação). Isso sem contar as nomeações em cargos de menor escalão e em terceirizadas.

Bom filho
O vereador José Luís Ferrarezi (PT), de São Bernardo, acolheu o ex-secretário de Esportes da cidade José Alexandre Pena Devesa. Candidato derrotado a deputado federal pelo PV no ano passado, Zé Alexandre foi nomeado como chefe de gabinete do petista – a portaria foi publicada ontem no Notícias do Município. Aliados políticos, Zé Alexandre sucedeu Ferrarezi à frente da Pasta de Esportes no governo de Luiz Marinho (PT) quando o petista buscou, em 2012 e com sucesso, cadeira de vereador. Vale lembrar que Ferrarezi não compactuou com o plano de Zé Alexandre na eleição, tanto que apoiou, para a Câmara Federal, a hoje deputada estadual Ana do Carmo (PT).

Time ganhando
Presidente da Câmara de Diadema, Pretinho (DEM) optou por manter os principais quadros vinculados à presidência da Casa, como o advogado Roberto Viola na secretaria-geral legislativa e o ex-vereador João Pedro Merenda na função de assistente especial da presidência. Nos bastidores da Casa, a brincadeira é que Pretinho, vice-presidente do Água Santa, fez analogia com futebol de que em time que está ganhando não se mexe.

Encontro
O deputado federal Alex Manente (PPS) e o estadual eleito Thiago Auricchio (PR) estiveram ontem em reunião com o prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão (sem partido), e boa parte da base de sustentação do chefe do Executivo na cidade. Falaram sobre perspectiva de emendas para o município e, depois, circularam por ruas da cidade, cumprimentando moradores.

Debate
Ex-prefeito de Diadema e candidato derrotado a deputado federal em outubro, José de Filippi Júnior (PT) decidiu entrar na polêmica da flexibilização das regras para posse de arma no Brasil, defendida pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL). Filippi resgatou projetos de suas passagens pela Prefeitura para assegurar ser possível reduzir índices de criminalidade sem armar a população. Dentre os destaques feitos pelo petista estava a Lei Seca, que determinou o fechamento de bares às 23h.

Protesto
Integrantes do autodenominado movimento Lava Jato Mauá anunciaram que hoje pela manhã estarão na Praça 22 de Novembro, no Centro da cidade, coletando assinaturas para petição com objetivo de afastar os 21 vereadores investigados na Operação Trato Feito, deflagrada pela PF (Polícia Federal) em dezembro e que culminou até na prisão do prefeito afastado Atila Jacomussi (PSB). A PF chegou a pedir o afastamento dos parlamentares, mas a Justiça negou sob risco de deixar o município ingovernável.

Surpresa na terça
O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), confirmou que o governador João Doria (PSDB) estará na cidade na terça-feira e não só para participar da inauguração do Bom Prato, mas para apresentação de outros projetos. Ele citou que ontem a deputada estadual eleita Carla Morando (PSDB) esteve no Palácio dos Bandeirantes justamente tratando desses assuntos e que São Bernardo teria “boa surpresa” na terça-feira. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bolsonaro de um lado, Leonel do outro

Raphael Rocha
Do dgabc.com.br

12/01/2019 | 07:00


A prefeita em exercício de Mauá, Alaíde Damo (MDB), quando tomou posse do cargo, manifestou sua admiração pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL). Suas atitudes internas, inclusive, tangenciam o discurso do novo chefe da Nação. Vereadores reclamam que, até agora, não conseguiram agenda com a emedebista e que suas indicações no Paço foram sumariamente desligadas, sem prévia explicação. Alaíde falou que queria moralizar a classe política da cidade. Só que a pressão vem de dentro de casa. Seu marido, o ex-prefeito Leonel Damo, tem pressionado bastante para que familiares tenham espaço na administração. Em sua cota são contabilizados os secretários Agostinho Anselmo Martins (Obras), Marcos Antônio Ratti (Planejamento), Ivo Damo (Serviços Urbanos, irmão de Leonel), Toninho Bertucci (Sama, cunhado de Leonel), Wilson Carlos de Campos, o Xoxa (Comunicação) e Denise Debartolo Pereira (Educação). Isso sem contar as nomeações em cargos de menor escalão e em terceirizadas.

Bom filho
O vereador José Luís Ferrarezi (PT), de São Bernardo, acolheu o ex-secretário de Esportes da cidade José Alexandre Pena Devesa. Candidato derrotado a deputado federal pelo PV no ano passado, Zé Alexandre foi nomeado como chefe de gabinete do petista – a portaria foi publicada ontem no Notícias do Município. Aliados políticos, Zé Alexandre sucedeu Ferrarezi à frente da Pasta de Esportes no governo de Luiz Marinho (PT) quando o petista buscou, em 2012 e com sucesso, cadeira de vereador. Vale lembrar que Ferrarezi não compactuou com o plano de Zé Alexandre na eleição, tanto que apoiou, para a Câmara Federal, a hoje deputada estadual Ana do Carmo (PT).

Time ganhando
Presidente da Câmara de Diadema, Pretinho (DEM) optou por manter os principais quadros vinculados à presidência da Casa, como o advogado Roberto Viola na secretaria-geral legislativa e o ex-vereador João Pedro Merenda na função de assistente especial da presidência. Nos bastidores da Casa, a brincadeira é que Pretinho, vice-presidente do Água Santa, fez analogia com futebol de que em time que está ganhando não se mexe.

Encontro
O deputado federal Alex Manente (PPS) e o estadual eleito Thiago Auricchio (PR) estiveram ontem em reunião com o prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão (sem partido), e boa parte da base de sustentação do chefe do Executivo na cidade. Falaram sobre perspectiva de emendas para o município e, depois, circularam por ruas da cidade, cumprimentando moradores.

Debate
Ex-prefeito de Diadema e candidato derrotado a deputado federal em outubro, José de Filippi Júnior (PT) decidiu entrar na polêmica da flexibilização das regras para posse de arma no Brasil, defendida pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL). Filippi resgatou projetos de suas passagens pela Prefeitura para assegurar ser possível reduzir índices de criminalidade sem armar a população. Dentre os destaques feitos pelo petista estava a Lei Seca, que determinou o fechamento de bares às 23h.

Protesto
Integrantes do autodenominado movimento Lava Jato Mauá anunciaram que hoje pela manhã estarão na Praça 22 de Novembro, no Centro da cidade, coletando assinaturas para petição com objetivo de afastar os 21 vereadores investigados na Operação Trato Feito, deflagrada pela PF (Polícia Federal) em dezembro e que culminou até na prisão do prefeito afastado Atila Jacomussi (PSB). A PF chegou a pedir o afastamento dos parlamentares, mas a Justiça negou sob risco de deixar o município ingovernável.

Surpresa na terça
O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), confirmou que o governador João Doria (PSDB) estará na cidade na terça-feira e não só para participar da inauguração do Bom Prato, mas para apresentação de outros projetos. Ele citou que ontem a deputada estadual eleita Carla Morando (PSDB) esteve no Palácio dos Bandeirantes justamente tratando desses assuntos e que São Bernardo teria “boa surpresa” na terça-feira. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;