Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 17 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Temporal de verão faz primeira vítima fatal do ano em São Caetano

DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Da Redação

12/01/2019 | 07:00


O temporal que atingiu a região entre a noite de quinta-feira e madrugada de ontem fez a primeira vítima fatal do ano. Trata-se do GCM (Guarda-Civil Municipal) de São Caetano José Florêncio da Silva, 57 anos. Ele morreu após cair com sua moto em um buraco em frente ao Parque Chico Mendes, bairro Cerâmica, durante a tempestade. O corpo do agente será enterrado às 8h30 de hoje, no Cemitério da Saudade, também no Cerâmica.

Silva tinha 23 anos de GCM e deixou filho de 21 anos. O acidente ocorreu em trecho da Avenida Fernando Simonsen, onde, de acordo com o Saesa (Sistema de Água, Esgoto e Saneamento Ambiental), foi realizado reparo no sistema de drenagem urbana. Segundo nota enviada pela autarquia, a obra teve início na quarta-feira e terminou na quinta-feira, por volta das 16h30. O local foi tampado com terra compactada e britas, procedimento destacado como padrão, e o asfaltamento estava agendado para ser realizado às 8h de ontem. No entanto, devido à forte chuva, o reparo cedeu. Ainda ontem a administração providenciou o conserto do buraco.

 

TRANSTORNOS

Em Santo André, foi registrado escorregamento de um jazigo que já estava vazio desde o último episódio de desabamento de parte do muro no dia 23 de novembro no Cemitério da Vila Pires. Na ocorrência do ano passado, algumas covas chegaram a ficar abertas. A Prefeitura informou que trabalha na construção de novo muro, com reforços estruturais e realização de obras de drenagem.

Conforme o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), o município registrou 84 milímetros de chuva entre a noite de quinta-feira e a madrugada de ontem, dez milímetros menos do que no temporal de novembro, quando houve caos na região, com o registro de três mortes devido à chuva em São Bernardo.

Foram registrados ainda diversos pontos de alagamento em Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema e Ribeirão Pires. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Temporal de verão faz primeira vítima fatal do ano em São Caetano

Da Redação

12/01/2019 | 07:00


O temporal que atingiu a região entre a noite de quinta-feira e madrugada de ontem fez a primeira vítima fatal do ano. Trata-se do GCM (Guarda-Civil Municipal) de São Caetano José Florêncio da Silva, 57 anos. Ele morreu após cair com sua moto em um buraco em frente ao Parque Chico Mendes, bairro Cerâmica, durante a tempestade. O corpo do agente será enterrado às 8h30 de hoje, no Cemitério da Saudade, também no Cerâmica.

Silva tinha 23 anos de GCM e deixou filho de 21 anos. O acidente ocorreu em trecho da Avenida Fernando Simonsen, onde, de acordo com o Saesa (Sistema de Água, Esgoto e Saneamento Ambiental), foi realizado reparo no sistema de drenagem urbana. Segundo nota enviada pela autarquia, a obra teve início na quarta-feira e terminou na quinta-feira, por volta das 16h30. O local foi tampado com terra compactada e britas, procedimento destacado como padrão, e o asfaltamento estava agendado para ser realizado às 8h de ontem. No entanto, devido à forte chuva, o reparo cedeu. Ainda ontem a administração providenciou o conserto do buraco.

 

TRANSTORNOS

Em Santo André, foi registrado escorregamento de um jazigo que já estava vazio desde o último episódio de desabamento de parte do muro no dia 23 de novembro no Cemitério da Vila Pires. Na ocorrência do ano passado, algumas covas chegaram a ficar abertas. A Prefeitura informou que trabalha na construção de novo muro, com reforços estruturais e realização de obras de drenagem.

Conforme o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), o município registrou 84 milímetros de chuva entre a noite de quinta-feira e a madrugada de ontem, dez milímetros menos do que no temporal de novembro, quando houve caos na região, com o registro de três mortes devido à chuva em São Bernardo.

Foram registrados ainda diversos pontos de alagamento em Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema e Ribeirão Pires. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;