Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 17 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Uma excursão à Praia Grande...


Ademir Médici

12/01/2019 | 07:00


A foto de hoje é um modelo comum – mas sempre sugestivo – encontrado entre as famílias: o registro de um banho de mar. Nos álbuns familiares há sempre lembranças de um passeio ao Litoral, a Aparecida e/ou Bom Jesus de Pirapora e – acreditem! – um retrato de Getúlio Vargas.

No caso da família Mendes Ferreira, Leandro, que nos acompanha nesta série, localizou esta foto tirada em 1957 em Praia Grande. Coube ao pai de Leandro, Laerte Mendes Ferreira, tirar a foto. E como seria bom se os nossos ancestrais estivessem vivos para identificar todos os personagens.

Em 1957, Leandro tinha de 5 para 6 anos. Ele aparece na frente, à direita, ao lado da irmã Lenita, que é abraçada pela jovem Penha. Em pé, ao centro, entre várias excursionistas, Adília Maria Correa Ferreira, mãe de Leandro e Anita.

Cada um de nós pode fazer uma leitura da imagem, a partir da vestimenta e das lembranças que temos, por exemplo, da primeira vez que descobrimos o mar, tão bem cantado por Dorival Caymmi.

A história da centenária Portuguesa

Texto: Milton Parron

Neste fim de semana contarei detalhes de uma reunião que aconteceu na noite de 14 de agosto de 1920 no salão nobre da Câmara Portuguesa de Comércio, que ficava na Rua São Bento, número 29-B, Centro de São Paulo.

Ao término da mesma, os dirigentes de cinco clubes que congregavam associados de origem portuguesa resolveram fazer uma fusão entre eles.

Os referidos clubes se chamavam Lusíadas, Lusitano, 5 de Outubro, Marquês de Pombal e Portugal Marinhense e, da fusão entre eles, nasceu a Associação Portuguesa de Esportes, que, 15 anos mais tarde, em 1935, conquistaria seu primeiro título de campeã paulista de futebol, façanha que repetiria no ano seguinte.

Em 1940 a diretoria resolveu alterar o nome do clube, que, então, passou a se chamar Associação Portuguesa de Desportos e, como tal, foi novamente campeã paulista, junto com o Santos, em 1973, além de campeã do Torneio Rio São Paulo em 1952 e 1955 e vice-campeã brasileira em 1996.

Hoje a gloriosa Portuguesa vive dias difíceis. Sua história, alguns de seus jogos inesquecíveis, assim como depoimentos de craques que defenderam suas cores, entre eles Nena, Julinho, Servílio, além dos autores do antigo hino da agremiação, Arquimedes Messina, e do hino atual, Roberto Leal, são ingredientes que certamente emocionarão os ouvintes.

EM PAUTA
Rádio Bandeirantes AM (840) e FM (90,9) – Memória. Oh! Portuguesa.

Produção e apresentação: Milton Parron. Hoje, às 23h, com reprise amanhã, às 5h, além da internet, radiobandeirantes.com.br .

Interação com Facebook
 

‘Novas adivinhações de Nostraguidus’

Nostraguidus, notável discípulo de Nostradamus, consultou os astros no céu de Brasília, jogou búzios na areia movediça do Congresso e analisou as cartas do tarô no Ministério da Fazenda.

Da crônica de Guido Fidelis publicada pelo Diário em 12 de janeiro de 1989. Confiram a íntegra no Facebook da Memória – acessem o endereço acima.

Diário há 30 anos

Quinta-feira, 12 de janeiro de 1989 – ano 31, edição 6960

Manchete – Pacote anti-inflacionário é iminente; sindicatos preparam greve
Santo André – Prefeito Celso Daniel quer reativar a maternidade do Hospital Municipal.
Informática – Sistema eletrônico da Refesa (Rede Ferroviária Federal) pesa trem em movimento.
Cultura & Lazer – Outdoor, o caminho da imagem.

Em 12 de janeiro de...

1919 – Realiza-se na Igreja Matriz de Santo André, a futura ‘igreja cor-de-rosa’, uma missa campal em ação de graças pela extinção da epidemia da gripe espanhola na região.

Padre Luiz Capra, o vigário, canta solene Te Deum (hino), para festejar a vitória das armas aliadas.

Do noticiário do Estadão: movimento grevista em Buenos Aires. Tiroteio entre operários e a polícia. Mortos e feridos. Decretação da censura telegráfica.

Do noticiário do Correio Paulistano: revolução na Alemanha. Chegam a Berlim numerosos maximalistas russos.

1939 – Baixado o ato número 319 da Prefeitura de Santo André que autoriza o município a permutar com as IRFM (Indústrias Reunidas Fábrica Matarazzo) o leito da Rua Rui Barbosa, no distrito de São Caetano.
1964 – Imposto de Indústria e Profissões preocupa comerciantes de Santo André. A majoração foi feita pelo novo prefeito, Lauro Gomes, em seu início de governo.
1969 – Choque de trens no Alto da Serra, entre Paranapiacaba e Piaçaguera, causa dois mortos.
2014 – Boas novas para o patrimônio histórico de Diadema. Os arquitetos Maria Luisa Gagliardi (Loli) e Sérgio Luiz de Freitas Santos contam, aqui em Memória, que a casa de pedra histórica do Taboão, que ocupa o alinhamento da Avenida Prestes Maia, será preservada dentro de um projeto imobiliário das imediações.
 

Santos do Dia

- Bento Biscop (Irlanda, 628-690). Abade
- Modesto
- Taciana
- Bernardo de Coleone
- Ernesto

Municípios Brasileiros

Celebram aniversários em 12 de janeiro:

- Em São Paulo, Iporanga, criado em 1873, quando se separa de Eldorado. Posteriormente foi extinto e recriado em 1936.
- No Pará, Belém, capital do Estado. Fundada em 12 de janeiro de 1616.
- Em Alagoas, Igreja Nova
- No Mato Grosso, Poconé

Fonte: IBGE



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Uma excursão à Praia Grande...

Ademir Médici

12/01/2019 | 07:00


A foto de hoje é um modelo comum – mas sempre sugestivo – encontrado entre as famílias: o registro de um banho de mar. Nos álbuns familiares há sempre lembranças de um passeio ao Litoral, a Aparecida e/ou Bom Jesus de Pirapora e – acreditem! – um retrato de Getúlio Vargas.

No caso da família Mendes Ferreira, Leandro, que nos acompanha nesta série, localizou esta foto tirada em 1957 em Praia Grande. Coube ao pai de Leandro, Laerte Mendes Ferreira, tirar a foto. E como seria bom se os nossos ancestrais estivessem vivos para identificar todos os personagens.

Em 1957, Leandro tinha de 5 para 6 anos. Ele aparece na frente, à direita, ao lado da irmã Lenita, que é abraçada pela jovem Penha. Em pé, ao centro, entre várias excursionistas, Adília Maria Correa Ferreira, mãe de Leandro e Anita.

Cada um de nós pode fazer uma leitura da imagem, a partir da vestimenta e das lembranças que temos, por exemplo, da primeira vez que descobrimos o mar, tão bem cantado por Dorival Caymmi.

A história da centenária Portuguesa

Texto: Milton Parron

Neste fim de semana contarei detalhes de uma reunião que aconteceu na noite de 14 de agosto de 1920 no salão nobre da Câmara Portuguesa de Comércio, que ficava na Rua São Bento, número 29-B, Centro de São Paulo.

Ao término da mesma, os dirigentes de cinco clubes que congregavam associados de origem portuguesa resolveram fazer uma fusão entre eles.

Os referidos clubes se chamavam Lusíadas, Lusitano, 5 de Outubro, Marquês de Pombal e Portugal Marinhense e, da fusão entre eles, nasceu a Associação Portuguesa de Esportes, que, 15 anos mais tarde, em 1935, conquistaria seu primeiro título de campeã paulista de futebol, façanha que repetiria no ano seguinte.

Em 1940 a diretoria resolveu alterar o nome do clube, que, então, passou a se chamar Associação Portuguesa de Desportos e, como tal, foi novamente campeã paulista, junto com o Santos, em 1973, além de campeã do Torneio Rio São Paulo em 1952 e 1955 e vice-campeã brasileira em 1996.

Hoje a gloriosa Portuguesa vive dias difíceis. Sua história, alguns de seus jogos inesquecíveis, assim como depoimentos de craques que defenderam suas cores, entre eles Nena, Julinho, Servílio, além dos autores do antigo hino da agremiação, Arquimedes Messina, e do hino atual, Roberto Leal, são ingredientes que certamente emocionarão os ouvintes.

EM PAUTA
Rádio Bandeirantes AM (840) e FM (90,9) – Memória. Oh! Portuguesa.

Produção e apresentação: Milton Parron. Hoje, às 23h, com reprise amanhã, às 5h, além da internet, radiobandeirantes.com.br .

Interação com Facebook
 

‘Novas adivinhações de Nostraguidus’

Nostraguidus, notável discípulo de Nostradamus, consultou os astros no céu de Brasília, jogou búzios na areia movediça do Congresso e analisou as cartas do tarô no Ministério da Fazenda.

Da crônica de Guido Fidelis publicada pelo Diário em 12 de janeiro de 1989. Confiram a íntegra no Facebook da Memória – acessem o endereço acima.

Diário há 30 anos

Quinta-feira, 12 de janeiro de 1989 – ano 31, edição 6960

Manchete – Pacote anti-inflacionário é iminente; sindicatos preparam greve
Santo André – Prefeito Celso Daniel quer reativar a maternidade do Hospital Municipal.
Informática – Sistema eletrônico da Refesa (Rede Ferroviária Federal) pesa trem em movimento.
Cultura & Lazer – Outdoor, o caminho da imagem.

Em 12 de janeiro de...

1919 – Realiza-se na Igreja Matriz de Santo André, a futura ‘igreja cor-de-rosa’, uma missa campal em ação de graças pela extinção da epidemia da gripe espanhola na região.

Padre Luiz Capra, o vigário, canta solene Te Deum (hino), para festejar a vitória das armas aliadas.

Do noticiário do Estadão: movimento grevista em Buenos Aires. Tiroteio entre operários e a polícia. Mortos e feridos. Decretação da censura telegráfica.

Do noticiário do Correio Paulistano: revolução na Alemanha. Chegam a Berlim numerosos maximalistas russos.

1939 – Baixado o ato número 319 da Prefeitura de Santo André que autoriza o município a permutar com as IRFM (Indústrias Reunidas Fábrica Matarazzo) o leito da Rua Rui Barbosa, no distrito de São Caetano.
1964 – Imposto de Indústria e Profissões preocupa comerciantes de Santo André. A majoração foi feita pelo novo prefeito, Lauro Gomes, em seu início de governo.
1969 – Choque de trens no Alto da Serra, entre Paranapiacaba e Piaçaguera, causa dois mortos.
2014 – Boas novas para o patrimônio histórico de Diadema. Os arquitetos Maria Luisa Gagliardi (Loli) e Sérgio Luiz de Freitas Santos contam, aqui em Memória, que a casa de pedra histórica do Taboão, que ocupa o alinhamento da Avenida Prestes Maia, será preservada dentro de um projeto imobiliário das imediações.
 

Santos do Dia

- Bento Biscop (Irlanda, 628-690). Abade
- Modesto
- Taciana
- Bernardo de Coleone
- Ernesto

Municípios Brasileiros

Celebram aniversários em 12 de janeiro:

- Em São Paulo, Iporanga, criado em 1873, quando se separa de Eldorado. Posteriormente foi extinto e recriado em 1936.
- No Pará, Belém, capital do Estado. Fundada em 12 de janeiro de 1616.
- Em Alagoas, Igreja Nova
- No Mato Grosso, Poconé

Fonte: IBGE

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;