Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 18 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Por reforma na Vila, Santos pede para jogar por dois meses no Pacaembu



10/01/2019 | 18:07


O Pacaembu deverá ser a casa do Santos por um período de dois meses no começo da temporada 2019. Nesta quinta-feira, o clube divulgou um comunicado oficial em que revela ter pedido à Federação Paulista de Futebol (FPF) a transferências dos seus jogos como mandante no Estadual para a capital paulista por um período de 60 dias em função de reformas na Vila Belmiro.

A estreia do Santos no Campeonato Paulista está mantida para o seu estádio, em 19 de janeiro, contra a Ferroviária. Depois disso, então, os planos da diretoria são de fechar a Vila para intensificar as obras no local durante dois meses, o que coincide com toda a primeira fase do Estadual. Assim, o time só voltaria ao estádio na competição se avançasse às quartas de final.

Anteriormente, a FPF havia atendido a outro pedido do Santos e alterado o local de duas partidas do time como mandante, transferindo para o Pacaembu os confrontos com Mirassol e Guarani, em 9 e 18 de fevereiro. E caso a nova solicitação seja aceita, os duelos com São Paulo, Oeste e Novorizontino também serão realizados no estádio da capital paulista.

"O Santos Futebol Clube está solicitando à Federação Paulista de Futebol (FPF) a transferência de seus jogos como mandante para o Pacaembu por período de 60 dias após a estreia contra a Ferroviária, marcada para o dia 19 de janeiro, anunciou o clube em comunicado oficial.

"A solicitação ocorre por conta de haver a necessidade da realização de manutenções de maior porte em determinados setores da Vila Belmiro, como a cobertura dos camarotes e revestimento da marquise, bem como algumas melhorias no entorno do gramado, especialmente atrás do gol da arquibancada do placar", acrescenta o Santos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Por reforma na Vila, Santos pede para jogar por dois meses no Pacaembu


10/01/2019 | 18:07


O Pacaembu deverá ser a casa do Santos por um período de dois meses no começo da temporada 2019. Nesta quinta-feira, o clube divulgou um comunicado oficial em que revela ter pedido à Federação Paulista de Futebol (FPF) a transferências dos seus jogos como mandante no Estadual para a capital paulista por um período de 60 dias em função de reformas na Vila Belmiro.

A estreia do Santos no Campeonato Paulista está mantida para o seu estádio, em 19 de janeiro, contra a Ferroviária. Depois disso, então, os planos da diretoria são de fechar a Vila para intensificar as obras no local durante dois meses, o que coincide com toda a primeira fase do Estadual. Assim, o time só voltaria ao estádio na competição se avançasse às quartas de final.

Anteriormente, a FPF havia atendido a outro pedido do Santos e alterado o local de duas partidas do time como mandante, transferindo para o Pacaembu os confrontos com Mirassol e Guarani, em 9 e 18 de fevereiro. E caso a nova solicitação seja aceita, os duelos com São Paulo, Oeste e Novorizontino também serão realizados no estádio da capital paulista.

"O Santos Futebol Clube está solicitando à Federação Paulista de Futebol (FPF) a transferência de seus jogos como mandante para o Pacaembu por período de 60 dias após a estreia contra a Ferroviária, marcada para o dia 19 de janeiro, anunciou o clube em comunicado oficial.

"A solicitação ocorre por conta de haver a necessidade da realização de manutenções de maior porte em determinados setores da Vila Belmiro, como a cobertura dos camarotes e revestimento da marquise, bem como algumas melhorias no entorno do gramado, especialmente atrás do gol da arquibancada do placar", acrescenta o Santos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;