Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 21 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Doria se diz favorável ao regime de capitalização na reforma da Previdência

Denis Maciel Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Assunto foi discutido em reunião do governador de São Paulo com o presidente da República



10/01/2019 | 14:09


O governador de São Paulo, João Doria, que esteve reunido com o presidente Jair Bolsonaro, disse que conversou sobre a reforma da Previdência para manifestar apoio da bancada de São Paulo, mas falou que não fez perguntas sobre o conteúdo da proposta, que deverá ser divulgado nas próximas semanas.

O tucano disse ser favorável ao sistema de capitalização defendido pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. Para evitar polêmica em relação aos militares, não respondeu se concorda com o regime de aposentadoria diferenciado para policiais militares e ponderou que é preciso aguardar a decisão o governo sobre o tema.

Alguns secretários do governo de São Paulo também participaram da conversa com Bolsonaro, entre eles Henrique Meirelles (Economia), ex-ministro da Fazenda no governo Michel Temer. A proposta de Temer servirá como base para a de Bolsonaro no Congresso.

Segundo Doria, a maioria expressiva dos deputados e senadores do PSDB deve ser favorável ao projeto, mas ainda precisarão ver os termos que serão estabelecidos por Bolsonaro e sua equipe econômica para decidir a posição no Congresso.

Sobre o partido, Doria disse que o candidato ao comando do PSDB é o deputado Bruno Araújo (PE), que não foi reeleito. Doria destacou que o atual presidente da sigla, Geraldo Alckmin, não quer continuar no posto e que tem "convicção" de que Araújo será eleito como seu sucessor.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Doria se diz favorável ao regime de capitalização na reforma da Previdência

Assunto foi discutido em reunião do governador de São Paulo com o presidente da República


10/01/2019 | 14:09


O governador de São Paulo, João Doria, que esteve reunido com o presidente Jair Bolsonaro, disse que conversou sobre a reforma da Previdência para manifestar apoio da bancada de São Paulo, mas falou que não fez perguntas sobre o conteúdo da proposta, que deverá ser divulgado nas próximas semanas.

O tucano disse ser favorável ao sistema de capitalização defendido pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. Para evitar polêmica em relação aos militares, não respondeu se concorda com o regime de aposentadoria diferenciado para policiais militares e ponderou que é preciso aguardar a decisão o governo sobre o tema.

Alguns secretários do governo de São Paulo também participaram da conversa com Bolsonaro, entre eles Henrique Meirelles (Economia), ex-ministro da Fazenda no governo Michel Temer. A proposta de Temer servirá como base para a de Bolsonaro no Congresso.

Segundo Doria, a maioria expressiva dos deputados e senadores do PSDB deve ser favorável ao projeto, mas ainda precisarão ver os termos que serão estabelecidos por Bolsonaro e sua equipe econômica para decidir a posição no Congresso.

Sobre o partido, Doria disse que o candidato ao comando do PSDB é o deputado Bruno Araújo (PE), que não foi reeleito. Doria destacou que o atual presidente da sigla, Geraldo Alckmin, não quer continuar no posto e que tem "convicção" de que Araújo será eleito como seu sucessor.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;