Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 16 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Abertura da unidade do Bom Prato em São Bernardo fica para o dia 15

Gabriel Inamine/PMSBC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Inauguração, prevista para hoje, foi adiada devido agenda do governador


Daniel Macário
Do Diário do Grande ABC

10/01/2019 | 07:00


 A abertura da primeira unidade do Bom Prato de São Bernardo, prevista inicialmente para ocorrer hoje, foi transferida para o dia 15, próxima terça-feira, devido a uma audiência do governador João Doria (PSDB) com o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL). A informação foi confirmada ontem pelo prefeito Orlando Morando (PSDB) após vistoria no equipamento.

Conforme apurado pela equipe do Diário, a postergação da data atende pedido do atual governador, que deseja estar presente na abertura do restaurante popular. A unidade será a primeira do Estado intitulada pela atual gestão como dia e noite, onde serão servidas as três refeições completas.

Com obras finalizadas, dependendo apenas de ajustes finais, o Bom Prato de São Bernardo teve ontem seu primeiro teste. Na oportunidade, funcionários que irão atuar no espaço participaram de almoço servido no equipamento. O cardápio foi arroz, feijão, macarrão, frango xadrez e salada, com suco e fruta de sobremesa.

Presente na refeição, Morando elogiou a qualidade do atendimento prestado pelos colaboradores. “Fizemos o primeiro almoço-teste com os equipamentos de cozinha e foi oferecido um cardápio dentro do padrão do Bom Prato”, pontou.

O restaurante popular será o primeiro da região – e o segundo do Estado – a oferecer jantar. Tal conquista, segundo o chefe do Executivo, só foi possível graças ao empenho de Doria em analisar as características do local onde o equipamento foi erguido, em área de 650 mil m² ociosa, anexa ao Poupatempo, no Centro da cidade.

Além de possuir uma população flutuante devido à alta concentração de comércios, a região tem grande presença de moradores em situação vulnerável. Atualmente, apenas a unidade de Campos Elíseos, na Capital, dispõe de refeições no jantar.

O espaço terá capacidade para servir 1.500 almoços, por R$ 1, e 300 cafés da manhã, a custo de R$ 0,50. A quantidade de jantares está sendo definida pelo Estado, porém, a expectativa é a de que sejam disponibilizadas de 400 a 500 refeições diárias ao custo de R$ 1.

O local funcionará de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h, no café da manhã; das 10h30 às 14h, no almoço; e das 17h30 às 19h, no jantar. As refeições passarão por controle diário do Ital (Instituto de Tecnologia de Alimentos).

 

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Abertura da unidade do Bom Prato em São Bernardo fica para o dia 15

Inauguração, prevista para hoje, foi adiada devido agenda do governador

Daniel Macário
Do Diário do Grande ABC

10/01/2019 | 07:00


 A abertura da primeira unidade do Bom Prato de São Bernardo, prevista inicialmente para ocorrer hoje, foi transferida para o dia 15, próxima terça-feira, devido a uma audiência do governador João Doria (PSDB) com o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL). A informação foi confirmada ontem pelo prefeito Orlando Morando (PSDB) após vistoria no equipamento.

Conforme apurado pela equipe do Diário, a postergação da data atende pedido do atual governador, que deseja estar presente na abertura do restaurante popular. A unidade será a primeira do Estado intitulada pela atual gestão como dia e noite, onde serão servidas as três refeições completas.

Com obras finalizadas, dependendo apenas de ajustes finais, o Bom Prato de São Bernardo teve ontem seu primeiro teste. Na oportunidade, funcionários que irão atuar no espaço participaram de almoço servido no equipamento. O cardápio foi arroz, feijão, macarrão, frango xadrez e salada, com suco e fruta de sobremesa.

Presente na refeição, Morando elogiou a qualidade do atendimento prestado pelos colaboradores. “Fizemos o primeiro almoço-teste com os equipamentos de cozinha e foi oferecido um cardápio dentro do padrão do Bom Prato”, pontou.

O restaurante popular será o primeiro da região – e o segundo do Estado – a oferecer jantar. Tal conquista, segundo o chefe do Executivo, só foi possível graças ao empenho de Doria em analisar as características do local onde o equipamento foi erguido, em área de 650 mil m² ociosa, anexa ao Poupatempo, no Centro da cidade.

Além de possuir uma população flutuante devido à alta concentração de comércios, a região tem grande presença de moradores em situação vulnerável. Atualmente, apenas a unidade de Campos Elíseos, na Capital, dispõe de refeições no jantar.

O espaço terá capacidade para servir 1.500 almoços, por R$ 1, e 300 cafés da manhã, a custo de R$ 0,50. A quantidade de jantares está sendo definida pelo Estado, porém, a expectativa é a de que sejam disponibilizadas de 400 a 500 refeições diárias ao custo de R$ 1.

O local funcionará de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h, no café da manhã; das 10h30 às 14h, no almoço; e das 17h30 às 19h, no jantar. As refeições passarão por controle diário do Ital (Instituto de Tecnologia de Alimentos).

 

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;