Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 23 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Doria escolhe chefe da CET para comandar a Dersa

GOVESP Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


08/01/2019 | 08:09


O governador de São Paulo João Doria (PSDB) escolheu o atual chefe da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) da capital paulista, Milton Persoli, para presidir a Dersa, estatal responsável pelas grandes obras viárias do Estado e imersa em casos de corrupção.

Engenheiro com 40 anos de carreira na Prefeitura de São Paulo, Persoli é filiado ao PSD desde 2011, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mas vai assumir o novo cargo por indicação do ex-presidente da Câmara Municipal Milton Leite (DEM), aliado de Doria e do vice-governador Rodrigo Garcia. Ele já havia indicado o secretário de Logística e Transportes, João Octaviano.

Persoli terá como principal desafio retomar as obras do Rodoanel e da Rodovia dos Tamoios, ambas paralisadas no fim do ano passado. No primeiro caso, metade dos contratos foi rescindida e a Dersa terá de fazer nova licitação.

O Rodoanel é alvo de investigação da Lava Jato paulista, que prendeu o ex-presidente da Dersa Laurence Casagrande, ex-diretores da estatal e executivos da OAS e da Mendes Júnior em junho de 2018 por suspeita de desvios de R$ 625 milhões. Todos foram denunciados por corrupção. Após a conclusão das obras, a Dersa deve ser extinta. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Doria escolhe chefe da CET para comandar a Dersa


08/01/2019 | 08:09


O governador de São Paulo João Doria (PSDB) escolheu o atual chefe da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) da capital paulista, Milton Persoli, para presidir a Dersa, estatal responsável pelas grandes obras viárias do Estado e imersa em casos de corrupção.

Engenheiro com 40 anos de carreira na Prefeitura de São Paulo, Persoli é filiado ao PSD desde 2011, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mas vai assumir o novo cargo por indicação do ex-presidente da Câmara Municipal Milton Leite (DEM), aliado de Doria e do vice-governador Rodrigo Garcia. Ele já havia indicado o secretário de Logística e Transportes, João Octaviano.

Persoli terá como principal desafio retomar as obras do Rodoanel e da Rodovia dos Tamoios, ambas paralisadas no fim do ano passado. No primeiro caso, metade dos contratos foi rescindida e a Dersa terá de fazer nova licitação.

O Rodoanel é alvo de investigação da Lava Jato paulista, que prendeu o ex-presidente da Dersa Laurence Casagrande, ex-diretores da estatal e executivos da OAS e da Mendes Júnior em junho de 2018 por suspeita de desvios de R$ 625 milhões. Todos foram denunciados por corrupção. Após a conclusão das obras, a Dersa deve ser extinta. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;