Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 15 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Santo André ampliará efetivo e renovará frota da GCM

Celso Luiz/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Secretário de Segurança Pública promete contratação de 30 agentes e substituição de 30 viaturas até março


Bia Moço
do Diário do Grande ABC

07/01/2019 | 07:07


A reestruturação da Segurança pública de Santo André é a principal promessa do ano do secretário José de Oliveira Pinto. Para 2019, a expectativa é a de que, além do aumento do efetivo da GCM (Guarda Civil Municipal) em 30 agentes, a Pasta realize ainda a substituição da frota de 30 viaturas, abra licitação para a compra de 250 câmeras de vídeo e renove os uniformes dos GCMs.

A formatura dos agentes de Segurança está programada para a primeira quinzena de janeiro. Os novos integrantes da GCM foram aprovados em concurso público realizado em 2015 e convocados para o trabalho em meados de 2018. “Em dezembro, eles saíram para estágio nas ruas acompanhando as operações dos veteranos. Haverá a formatura dos profissionais e, até a última semana do mês, eles já estarão integrados ao efetivo”, detalhou Pinto. Santo André terá, no total, 612 agentes.

A entrega das 30 viaturas que substituirão os veículos em circulação está prevista para ocorrer no primeiro trimestre. Segundo o secretário, a licitação está pronta. “As viaturas utilizadas têm cerca de nove anos. Os veículos estão desgastados, porque trabalham 24 horas todos os dias do ano. É preciso que os guardas tenham carros novos para que o serviço seja melhor.” A frota conta com 56 carros e 20 motos.

O primeiro semestre é a data-limite para a ampliação da quantidade de câmeras de monitoramento da cidade. Atualmente, Santo André conta com 120 equipamentos, número considerado baixo pelo secretário. “A implantação de 250 câmeras deve ocorrer ainda no primeiro semestre do ano e serão colocadas em pontos estratégicos, levantados em estudo técnico”, explicou Pinto. Dentre os locais escolhidos, divisas com outros municípios estão entre os principais alvos.

A compra de uniformes para a corporação é a única tarefa que ainda não possui data, embora seja necessária. Conforme o próprio secretário, a última renovação das vestimentas foi realizada em 2015, ainda na gestão Carlos Grana (PT).

INDICADORES
A GCM de Santo André obteve melhora nos índices de ocorrências atendidas entre 2017 e 2018, tendo em vista que passaram de 9.044 para 11.072 no período, alta de 22%.

Para o secretário de Segurança Pública, operações realizadas pela administração, em parceria com as polícias Civil e Militar, têm surtido efeito. Outro item destacado é a operação delegada municipal, que coloca GCMs nas ruas em plantões de 12 horas escalonados em regime de hora extra, para atuarem em regiões previamente analisadas pelo Comitê Integrado de Segurança. O programa atua em pontos estratégicos da cidade, com o apoio de duas bases móveis, um ônibus, oito motos e dois carros.

Outra iniciativa destacada por Pinto foi a Operação Sono Tranquilo, que visa coibir barulho após as 22h e combater os famosos bailes funk. “Realizamos 16 operações contra pancadões e conseguimos combater um dos principais, no (jardim) Alzira Franco, que costumava dar bastante problema.” As operações seguem em 2019. A expectativa é a de que, com a reestruturação prevista para Segurança, os números ao fim do ano sejam mais expressivos. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Santo André ampliará efetivo e renovará frota da GCM

Secretário de Segurança Pública promete contratação de 30 agentes e substituição de 30 viaturas até março

Bia Moço
do Diário do Grande ABC

07/01/2019 | 07:07


A reestruturação da Segurança pública de Santo André é a principal promessa do ano do secretário José de Oliveira Pinto. Para 2019, a expectativa é a de que, além do aumento do efetivo da GCM (Guarda Civil Municipal) em 30 agentes, a Pasta realize ainda a substituição da frota de 30 viaturas, abra licitação para a compra de 250 câmeras de vídeo e renove os uniformes dos GCMs.

A formatura dos agentes de Segurança está programada para a primeira quinzena de janeiro. Os novos integrantes da GCM foram aprovados em concurso público realizado em 2015 e convocados para o trabalho em meados de 2018. “Em dezembro, eles saíram para estágio nas ruas acompanhando as operações dos veteranos. Haverá a formatura dos profissionais e, até a última semana do mês, eles já estarão integrados ao efetivo”, detalhou Pinto. Santo André terá, no total, 612 agentes.

A entrega das 30 viaturas que substituirão os veículos em circulação está prevista para ocorrer no primeiro trimestre. Segundo o secretário, a licitação está pronta. “As viaturas utilizadas têm cerca de nove anos. Os veículos estão desgastados, porque trabalham 24 horas todos os dias do ano. É preciso que os guardas tenham carros novos para que o serviço seja melhor.” A frota conta com 56 carros e 20 motos.

O primeiro semestre é a data-limite para a ampliação da quantidade de câmeras de monitoramento da cidade. Atualmente, Santo André conta com 120 equipamentos, número considerado baixo pelo secretário. “A implantação de 250 câmeras deve ocorrer ainda no primeiro semestre do ano e serão colocadas em pontos estratégicos, levantados em estudo técnico”, explicou Pinto. Dentre os locais escolhidos, divisas com outros municípios estão entre os principais alvos.

A compra de uniformes para a corporação é a única tarefa que ainda não possui data, embora seja necessária. Conforme o próprio secretário, a última renovação das vestimentas foi realizada em 2015, ainda na gestão Carlos Grana (PT).

INDICADORES
A GCM de Santo André obteve melhora nos índices de ocorrências atendidas entre 2017 e 2018, tendo em vista que passaram de 9.044 para 11.072 no período, alta de 22%.

Para o secretário de Segurança Pública, operações realizadas pela administração, em parceria com as polícias Civil e Militar, têm surtido efeito. Outro item destacado é a operação delegada municipal, que coloca GCMs nas ruas em plantões de 12 horas escalonados em regime de hora extra, para atuarem em regiões previamente analisadas pelo Comitê Integrado de Segurança. O programa atua em pontos estratégicos da cidade, com o apoio de duas bases móveis, um ônibus, oito motos e dois carros.

Outra iniciativa destacada por Pinto foi a Operação Sono Tranquilo, que visa coibir barulho após as 22h e combater os famosos bailes funk. “Realizamos 16 operações contra pancadões e conseguimos combater um dos principais, no (jardim) Alzira Franco, que costumava dar bastante problema.” As operações seguem em 2019. A expectativa é a de que, com a reestruturação prevista para Segurança, os números ao fim do ano sejam mais expressivos. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;