Fechar
Publicidade

Sábado, 19 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Para não passar 2019 no vermelho


Do Diário do Grande ABC

06/01/2019 | 11:58


Na passagem do ano, muitas pessoas costumam fazer desejos para o ano seguinte, ou promessas. Que tal usar as promessas a seguir para não passar 2019 no vermelho? 

1 – Prometo anotar tudo o que gastar – parece promessa simples, mas requer muita disciplina. Qualquer centavo deve ser anotado, bem como a data do gasto. Com as anotações, é possível analisar gastos desnecessários ou que podem ser evitados para reduzir as despesas. A partir disso, você deve estabelecer uma meta de gastos mensais e dividir semanalmente ou diariamente, para ficar mais fácil de controlar. Determinadas semanas gasta-se mais, em outras, menos, então a meta pode variar ao longo do mês. Com base nas anotações, a cada semana você deve analisar os gastos e verificar se cumpriu a meta da semana e o que mais pode ser cortado ou substituído para se manter na meta.

2 – Prometo usar o cartão de crédito com parcimônia e pagar a fatura integralmente – o cartão de crédito é excelente instrumento de planejamento financeiro com baixo custo. É possível comprar itens parcelados e estabelecer limites de gastos mensais para evitar cair no cheque especial. Porém, deve ser usado como se fosse seu dinheiro daqui a um mês: os gastos da fatura devem caber no seu orçamento para que você possa pagá-la integralmente.

3 – Prometo planejar minhas compras e não comprar coisas por impulso – quem nunca comprou aquela blusa na vitrine e depois se arrependeu? Não se deixe enganar pelas palavras ‘oferta’ e ‘desconto’, pois você economiza mesmo é se não comprar por impulso. Planeje suas compras e o momento de realizá-las para aproveitar os ‘descontos’. Olhe as vitrines, anote os preços do que gostou e volte quando iniciar a temporada de descontos. Se a paixão surgir, dê a volta, sente-se em local isolado e faça lista de motivos para comprar e outra para não comprar.

4 – Prometo guardar meu 13º de 2019 para pagar à vista as contas de 2020 – o planejamento de 2020 deve ter começado em 1º de janeiro de 2019! Com o orçamento equilibrado, você decide o que fazer com seu 13º salário e a melhor opção é poupar para o futuro. A segunda melhor opção é usar para pagar à vista as contas de início de ano de 2020.

5 – Prometo reservar pelo menos 10% da minha renda mensal para poupança – o ideal é viver na regra 80/20, isso é, viver com 80% do que ganha e poupar 20% para o futuro. Mas 10% já é bom começo. A poupança é planejamento e deve ser um dos ‘compromissos’ mensais anotados em seu planejamento financeiro. Não espere sobrar, o primeiro ‘gasto’ do mês é com seu futuro.

Leide Albergoni é professora da Universidade Positivo e autora do livro Introdução à Economia – Aplicações no Cotidiano.

Palavra do leitor

Oremos 

 Estou muito feliz em ter assistido à posse do excelentíssimo presidente da República. Acredito que a maioria da população teve o mesmo sentimento. Como é agradável quando ouvimos nosso Hino Nacional com a reverência que ele merece. Quero deixar registrada aqui neste querido Diário a satisfação decorrida no dia 1º de janeiro e também quero pedir aos cidadãos de Mauá e de todo o Brasil para que nos lembremos de orar por nossas autoridades, pois é o que Deus nos orienta a fazer. Deus abençoe Mauá e também a nossa Nação.

Rosângela Caris

Mauá

Na inércia 

 Enquanto outras equipes pelo Brasil apresentam reforços e fazem planos para conquistas de títulos nas várias competições ao longo do ano, o Santos apenas fez festa na apresentação de técnico, o mesmo tão contestado – e até boicotado – por jogadores argentinos durante a Copa do Mundo da Rússia. Pelo andar da carruagem, ao contrário de alegria por troféus, será ano de torcida para que o time não caia à Segunda Divisão, tornando-se igual a alguns ‘timinhos’, um deles, inclusive, já com o bicampeonato da Segundona do Brasileiro. O presidente do Peixe parece que vive em outro mundo, alheio ao que acontece no futebol nacional. Não se lê sobre possíveis reforços, a não ser um goleiro (Esportes, dia 4), posição da qual o time está bem servido. Acho que já deu a hora de ele pegar o boné e ‘sair fora’. Desde já o Peixe corre sérios riscos.

Thiago dos Santos

 São Caetano

Para variar

 Pela o ‘enésima’ vez em poucas semanas caiu o fornecimento da energia elétrica no bairro Assunção, em São Bernardo. No dia 2, exatamente às 16h20, apagou tudo! Demorou cinco minutos para voltar. Minha mulher estava saindo com carro. Não deu, porque o portão ficou semiaberto. O alarme foi desligado. Eu estava fazendo pedido via internet, concluindo, quando caiu a energia. Será que o pedido foi feito ou deveria começar tudo de novo? A Prefeitura investiu para evitar cortes de energia? Onde, como e quanto? Acho que o Paço não tem nada a ver com esse negócio. Ao contrário. Deve exigir da concessionária de energia elétrica fornecimento perfeito.

Serge Rene Vandevelde

São Bernardo

Alegria

 Parabéns aos selecionadores desta coluna Palavra do Leitor, que democraticamente escolhem as cartas recebidas. Seria muito chato e entediante lê-las somente com conteúdo antipetista ou mesmo outros assuntos inerentes à política – assunto com certeza o mais discutido –, tanto que, com a ‘abertura de olhos’ do povo, conseguiu, após 14 anos de petismo, retirá-lo do poder. Que Deus abençoe esta grande Nação. 

Breno Reginaldo Silva

 Santo André

IPTU 

 Sobre o valor do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) de Santo André, é boa a notícia de que não haverá aumento abusivo, como em outros anos, apenas a inflação. Assim, não teremos que, de novo, brigar com a Prefeitura para que seja feita correção. Mas, contudo, preciso saber se o carnê do imposto chegará em minha casa pelo Correio ou se terei de buscar outra forma de pagamento, como, por exemplo, imprimir do site da Prefeitura, buscar no Paço etc, já que o meu vence no dia 17.

Luiz Vitor Henrique Carli

 Santo André



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Para não passar 2019 no vermelho

Do Diário do Grande ABC

06/01/2019 | 11:58


Na passagem do ano, muitas pessoas costumam fazer desejos para o ano seguinte, ou promessas. Que tal usar as promessas a seguir para não passar 2019 no vermelho? 

1 – Prometo anotar tudo o que gastar – parece promessa simples, mas requer muita disciplina. Qualquer centavo deve ser anotado, bem como a data do gasto. Com as anotações, é possível analisar gastos desnecessários ou que podem ser evitados para reduzir as despesas. A partir disso, você deve estabelecer uma meta de gastos mensais e dividir semanalmente ou diariamente, para ficar mais fácil de controlar. Determinadas semanas gasta-se mais, em outras, menos, então a meta pode variar ao longo do mês. Com base nas anotações, a cada semana você deve analisar os gastos e verificar se cumpriu a meta da semana e o que mais pode ser cortado ou substituído para se manter na meta.

2 – Prometo usar o cartão de crédito com parcimônia e pagar a fatura integralmente – o cartão de crédito é excelente instrumento de planejamento financeiro com baixo custo. É possível comprar itens parcelados e estabelecer limites de gastos mensais para evitar cair no cheque especial. Porém, deve ser usado como se fosse seu dinheiro daqui a um mês: os gastos da fatura devem caber no seu orçamento para que você possa pagá-la integralmente.

3 – Prometo planejar minhas compras e não comprar coisas por impulso – quem nunca comprou aquela blusa na vitrine e depois se arrependeu? Não se deixe enganar pelas palavras ‘oferta’ e ‘desconto’, pois você economiza mesmo é se não comprar por impulso. Planeje suas compras e o momento de realizá-las para aproveitar os ‘descontos’. Olhe as vitrines, anote os preços do que gostou e volte quando iniciar a temporada de descontos. Se a paixão surgir, dê a volta, sente-se em local isolado e faça lista de motivos para comprar e outra para não comprar.

4 – Prometo guardar meu 13º de 2019 para pagar à vista as contas de 2020 – o planejamento de 2020 deve ter começado em 1º de janeiro de 2019! Com o orçamento equilibrado, você decide o que fazer com seu 13º salário e a melhor opção é poupar para o futuro. A segunda melhor opção é usar para pagar à vista as contas de início de ano de 2020.

5 – Prometo reservar pelo menos 10% da minha renda mensal para poupança – o ideal é viver na regra 80/20, isso é, viver com 80% do que ganha e poupar 20% para o futuro. Mas 10% já é bom começo. A poupança é planejamento e deve ser um dos ‘compromissos’ mensais anotados em seu planejamento financeiro. Não espere sobrar, o primeiro ‘gasto’ do mês é com seu futuro.

Leide Albergoni é professora da Universidade Positivo e autora do livro Introdução à Economia – Aplicações no Cotidiano.

Palavra do leitor

Oremos 

 Estou muito feliz em ter assistido à posse do excelentíssimo presidente da República. Acredito que a maioria da população teve o mesmo sentimento. Como é agradável quando ouvimos nosso Hino Nacional com a reverência que ele merece. Quero deixar registrada aqui neste querido Diário a satisfação decorrida no dia 1º de janeiro e também quero pedir aos cidadãos de Mauá e de todo o Brasil para que nos lembremos de orar por nossas autoridades, pois é o que Deus nos orienta a fazer. Deus abençoe Mauá e também a nossa Nação.

Rosângela Caris

Mauá

Na inércia 

 Enquanto outras equipes pelo Brasil apresentam reforços e fazem planos para conquistas de títulos nas várias competições ao longo do ano, o Santos apenas fez festa na apresentação de técnico, o mesmo tão contestado – e até boicotado – por jogadores argentinos durante a Copa do Mundo da Rússia. Pelo andar da carruagem, ao contrário de alegria por troféus, será ano de torcida para que o time não caia à Segunda Divisão, tornando-se igual a alguns ‘timinhos’, um deles, inclusive, já com o bicampeonato da Segundona do Brasileiro. O presidente do Peixe parece que vive em outro mundo, alheio ao que acontece no futebol nacional. Não se lê sobre possíveis reforços, a não ser um goleiro (Esportes, dia 4), posição da qual o time está bem servido. Acho que já deu a hora de ele pegar o boné e ‘sair fora’. Desde já o Peixe corre sérios riscos.

Thiago dos Santos

 São Caetano

Para variar

 Pela o ‘enésima’ vez em poucas semanas caiu o fornecimento da energia elétrica no bairro Assunção, em São Bernardo. No dia 2, exatamente às 16h20, apagou tudo! Demorou cinco minutos para voltar. Minha mulher estava saindo com carro. Não deu, porque o portão ficou semiaberto. O alarme foi desligado. Eu estava fazendo pedido via internet, concluindo, quando caiu a energia. Será que o pedido foi feito ou deveria começar tudo de novo? A Prefeitura investiu para evitar cortes de energia? Onde, como e quanto? Acho que o Paço não tem nada a ver com esse negócio. Ao contrário. Deve exigir da concessionária de energia elétrica fornecimento perfeito.

Serge Rene Vandevelde

São Bernardo

Alegria

 Parabéns aos selecionadores desta coluna Palavra do Leitor, que democraticamente escolhem as cartas recebidas. Seria muito chato e entediante lê-las somente com conteúdo antipetista ou mesmo outros assuntos inerentes à política – assunto com certeza o mais discutido –, tanto que, com a ‘abertura de olhos’ do povo, conseguiu, após 14 anos de petismo, retirá-lo do poder. Que Deus abençoe esta grande Nação. 

Breno Reginaldo Silva

 Santo André

IPTU 

 Sobre o valor do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) de Santo André, é boa a notícia de que não haverá aumento abusivo, como em outros anos, apenas a inflação. Assim, não teremos que, de novo, brigar com a Prefeitura para que seja feita correção. Mas, contudo, preciso saber se o carnê do imposto chegará em minha casa pelo Correio ou se terei de buscar outra forma de pagamento, como, por exemplo, imprimir do site da Prefeitura, buscar no Paço etc, já que o meu vence no dia 17.

Luiz Vitor Henrique Carli

 Santo André

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;