Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 18 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Aedes aegypti longe dos condomínios


Do Diário do Grande ABC

27/12/2018 | 16:21


Artigo

O Ministério da Saúde já iniciou os preparativos da campanha para combater o mosquito Aedes aegypti, principal transmissor de doenças como a dengue, zika e chikungunya, que oferecem muita dor de cabeça no sistema de Saúde de todo o Brasil. Em 12 Estados os casos de dengue aumentaram entre janeiro e outubro deste ano se comparado ao mesmo período de 2017, em sete Estados cresceram os números de chikungunya e, em outros sete, os de zika.

Epidemias registradas nos últimos anos e verão estão aí para alertar, pois 80% dos infectados contraem a dengue, por exemplo, dentro de suas casas. Quem mora em condomínio, além de fazer sua parte cuidando da própria casa, deve ‘ficar de olho’ para ver se os vizinhos ou mesmo os funcionários do conjunto residencial estão fazendo a parte deles na prevenção das doenças. Em período chuvoso é normal o acúmulo de água em calhas, lages, pneus, vasos de plantas e objetos desprotegidos em sacadas, áreas de circulação, jardins ou quintais – e caso não haja limpeza eles se tornam criadouros de mosquitos.

Muitos não sabem, mas os ovos podem hibernar por anos, até encontrar condições ideais para eclodir, preferindo o período de calor e umidade para isso. Para locais de grande circulação é recomendável a contratação de serviços profissionais, em que as pessoas encarregadas da limpeza tenham conhecimento para tal.

Esses profissionais recebem treinamento com instruções teóricas e práticas sobre atendimento a clientes, postura profissional, cronograma das atividades diárias e programadas, tipos de produtos e suas finalidades e, principalmente, conhecem técnicas de higienizar ambientes. E para garantir o bom resultado, esses profissionais possuem encarregados que fiscalizam se o trabalho está sendo desenvolvido de acordo com as instruções.

De qualquer forma, cuidar da limpeza é crucial em todos os lugares. Ter ambiente sempre limpo e bem cuidado mantém boa aparência, como também afasta insetos e ratos, comuns em época de calor, e também evita as doenças provocadas pelo Aedes aegypti. É recomendada ainda a limpeza de áreas de lazer, como salões de festas, praças, parquinhos e playgrounds.

Síndico e responsáveis pela manutenção do condomínio devem ficar atentos às áreas mais necessitadas de limpeza, porém, também é dever de todos condôminos contribuir com a organização e a higiene, tanto de seus apartamentos ou casas quanto das áreas sociais, para que os locais estejam limpos e bem apresentáveis. Com conscientização da população é possível, sim, evitar doenças como a dengue, a febre chikungunya e o zika vírus!

Amilton Saraiva é especialista em condomínios da empresa GS Terceirização.

Palavra do leitor

Boas-Festas
O Diário recebe e retribui votos de Boas-Festas a Turma da Mônica; WAY Comunicações; Bete Nicastro; JAL Comunicação; José Alberto Lovetro; Solocaribe Inc; Yndiana Montes; Assessoria de imprensa para o Escritório de Turismo de Jamaica; Adriana Grooscors; Zattini; Andre Luiz da Silva; Evandro Sebastião dos Santos Silva; Erivaldo Sebastião dos Santos Silva; Ernandes Sebastião dos Santos Silva; Malvina Nobrega; Fabiano Ibidi; Daiane da Costa Ibidi; Kaue da Costa Ibidi; Kaylani da Costa Ibidi; Kamily da Costa Ibidi; Sandra Regina Lopes; Manoel da Cruz Santos; Anamaco (Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção); Fecomac (Federação das Associações dos Comerciantes de Materiais de Construção); Acomac (Associação dos Comerciantes de Material de Construção); Rosilei de Souza Costa; Mario Rodrigues Gomes, Zélia Rodrigues Gomes.

No apagar das luzes
Nem dois dias após o presidente Michel Temer afirmar que em 2018 não haveria indulto de Natal, voltou atrás. Dependendo dos agraciados com o benefício, provavelmente ele sucumbiu ao corporativismo corrupto do Congresso Nacional. Veremos se ao apagar das luzes de 2018 Temer sairá da Presidência pela porta da frente ou dos fundos. A conferir...
Beatriz Campos
Capital

Ainda dá tempo
Desde agosto de 2017 que manifesto a necessidade de reparo da Rua Pindorama, no Parque João Ramalho, em Santo André, cuja situação dificulta o acesso aos motoristas e compromete a segurança dos pedestres. No dia 13 de julho a Prefeitura garantiu que a restauração seria concretizada até o fim do semestre. Bom, faltam poucos dias para o encerramento do semestre e até o momento nada foi feito. E não adianta jogar a culpa nas chuvas, pois em agosto e setembro a estiagem era frequente. Dava muito bem para planejar e executar o serviço. Como se não bastasse, foi colocado enfeite de Natal inútil e desnecessário na entrada da rua. Diante de episódio desses, pode-se constatar que vivemos administração que não assume seus compromissos e peca pela falta de responsabilidade. Age igualzinho à gestão do PT. O caso da Rua Pindorama é sério e parece que alguma coisa só será feita quando acontecer acidente grave que será televisionado para todo Estado. Virou ponto de usuários de drogas, e a Prefeitura não toma nenhuma providência.
William Borges
Santo André

Lula & cia
Ainda não caiu a ficha de Luiz Inácio Lula da Silva, Fernando Haddad e Gleisi Hoffmann: acabou a eleição, temos novo presidente e o sucesso dele é o sucesso de todos nós. Sejam patriotas. Deixem dessa de que se hay gobierno soy contra.
Humberto Schuwartz Soares
Vila Velha (ES) 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Aedes aegypti longe dos condomínios

Do Diário do Grande ABC

27/12/2018 | 16:21


Artigo

O Ministério da Saúde já iniciou os preparativos da campanha para combater o mosquito Aedes aegypti, principal transmissor de doenças como a dengue, zika e chikungunya, que oferecem muita dor de cabeça no sistema de Saúde de todo o Brasil. Em 12 Estados os casos de dengue aumentaram entre janeiro e outubro deste ano se comparado ao mesmo período de 2017, em sete Estados cresceram os números de chikungunya e, em outros sete, os de zika.

Epidemias registradas nos últimos anos e verão estão aí para alertar, pois 80% dos infectados contraem a dengue, por exemplo, dentro de suas casas. Quem mora em condomínio, além de fazer sua parte cuidando da própria casa, deve ‘ficar de olho’ para ver se os vizinhos ou mesmo os funcionários do conjunto residencial estão fazendo a parte deles na prevenção das doenças. Em período chuvoso é normal o acúmulo de água em calhas, lages, pneus, vasos de plantas e objetos desprotegidos em sacadas, áreas de circulação, jardins ou quintais – e caso não haja limpeza eles se tornam criadouros de mosquitos.

Muitos não sabem, mas os ovos podem hibernar por anos, até encontrar condições ideais para eclodir, preferindo o período de calor e umidade para isso. Para locais de grande circulação é recomendável a contratação de serviços profissionais, em que as pessoas encarregadas da limpeza tenham conhecimento para tal.

Esses profissionais recebem treinamento com instruções teóricas e práticas sobre atendimento a clientes, postura profissional, cronograma das atividades diárias e programadas, tipos de produtos e suas finalidades e, principalmente, conhecem técnicas de higienizar ambientes. E para garantir o bom resultado, esses profissionais possuem encarregados que fiscalizam se o trabalho está sendo desenvolvido de acordo com as instruções.

De qualquer forma, cuidar da limpeza é crucial em todos os lugares. Ter ambiente sempre limpo e bem cuidado mantém boa aparência, como também afasta insetos e ratos, comuns em época de calor, e também evita as doenças provocadas pelo Aedes aegypti. É recomendada ainda a limpeza de áreas de lazer, como salões de festas, praças, parquinhos e playgrounds.

Síndico e responsáveis pela manutenção do condomínio devem ficar atentos às áreas mais necessitadas de limpeza, porém, também é dever de todos condôminos contribuir com a organização e a higiene, tanto de seus apartamentos ou casas quanto das áreas sociais, para que os locais estejam limpos e bem apresentáveis. Com conscientização da população é possível, sim, evitar doenças como a dengue, a febre chikungunya e o zika vírus!

Amilton Saraiva é especialista em condomínios da empresa GS Terceirização.

Palavra do leitor

Boas-Festas
O Diário recebe e retribui votos de Boas-Festas a Turma da Mônica; WAY Comunicações; Bete Nicastro; JAL Comunicação; José Alberto Lovetro; Solocaribe Inc; Yndiana Montes; Assessoria de imprensa para o Escritório de Turismo de Jamaica; Adriana Grooscors; Zattini; Andre Luiz da Silva; Evandro Sebastião dos Santos Silva; Erivaldo Sebastião dos Santos Silva; Ernandes Sebastião dos Santos Silva; Malvina Nobrega; Fabiano Ibidi; Daiane da Costa Ibidi; Kaue da Costa Ibidi; Kaylani da Costa Ibidi; Kamily da Costa Ibidi; Sandra Regina Lopes; Manoel da Cruz Santos; Anamaco (Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção); Fecomac (Federação das Associações dos Comerciantes de Materiais de Construção); Acomac (Associação dos Comerciantes de Material de Construção); Rosilei de Souza Costa; Mario Rodrigues Gomes, Zélia Rodrigues Gomes.

No apagar das luzes
Nem dois dias após o presidente Michel Temer afirmar que em 2018 não haveria indulto de Natal, voltou atrás. Dependendo dos agraciados com o benefício, provavelmente ele sucumbiu ao corporativismo corrupto do Congresso Nacional. Veremos se ao apagar das luzes de 2018 Temer sairá da Presidência pela porta da frente ou dos fundos. A conferir...
Beatriz Campos
Capital

Ainda dá tempo
Desde agosto de 2017 que manifesto a necessidade de reparo da Rua Pindorama, no Parque João Ramalho, em Santo André, cuja situação dificulta o acesso aos motoristas e compromete a segurança dos pedestres. No dia 13 de julho a Prefeitura garantiu que a restauração seria concretizada até o fim do semestre. Bom, faltam poucos dias para o encerramento do semestre e até o momento nada foi feito. E não adianta jogar a culpa nas chuvas, pois em agosto e setembro a estiagem era frequente. Dava muito bem para planejar e executar o serviço. Como se não bastasse, foi colocado enfeite de Natal inútil e desnecessário na entrada da rua. Diante de episódio desses, pode-se constatar que vivemos administração que não assume seus compromissos e peca pela falta de responsabilidade. Age igualzinho à gestão do PT. O caso da Rua Pindorama é sério e parece que alguma coisa só será feita quando acontecer acidente grave que será televisionado para todo Estado. Virou ponto de usuários de drogas, e a Prefeitura não toma nenhuma providência.
William Borges
Santo André

Lula & cia
Ainda não caiu a ficha de Luiz Inácio Lula da Silva, Fernando Haddad e Gleisi Hoffmann: acabou a eleição, temos novo presidente e o sucesso dele é o sucesso de todos nós. Sejam patriotas. Deixem dessa de que se hay gobierno soy contra.
Humberto Schuwartz Soares
Vila Velha (ES) 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;