Fechar
Publicidade

Sábado, 19 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

PSDB vai destituir sigla de Rio Grande

O pós-eleição tumultuou as relações no PSDB nas sete cidades. A coordenação regional, inclusive, foi à executiva estadual


Raphael Rocha

13/12/2018 | 07:04


O pós-eleição tumultuou as relações no PSDB nas sete cidades. A coordenação regional, inclusive, foi à executiva estadual reclamar do pouco apoio de alguns diretórios do Grande ABC no segundo turno na campanha do governador eleito João Doria (PSDB). A primeira grande decisão foi tomada na segunda-feira. A cúpula tucana no Estado autorizou a dissolução do diretório de Rio Grande da Serra. Presidido por Luís Castilho (PSDB), o tucanato local teria aderido à campanha de Márcio França (PSB), seguindo a postura do prefeito Gabriel Maranhão (sem partido). Ex-secretário de Saúde de Rio Grande, Carlos Duarte foi escolhido para presidir a legenda. Duarte atuou na gestão de Maranhão, mas se distanciou do chefe do Executivo.

Na Polônia
Deputado estadual eleito, Thiago Auricchio (PR), de São Caetano, está em Katowice, na Polônia, acompanhando a COP24 (Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas). Ele foi junto com o deputado federal Alex Manente (PPS), que integra a Frente Parlamentar da Química no Congresso Nacional. O evento debate as políticas globais sobre o clima e termina amanhã. “Uma experiência incrível, que nos dará bagagem para fazer políticas públicas voltadas ao meio ambiente com mais conteúdo e ideias”, disse Thiago sobre a viagem.

Pleito
O prefeito de Ribeirão Pires, Adler Kiko Teixeira (PSB), foi para Brasília ontem, e esteve em reunião com Abel Leite, secretário de assuntos institucionais da Presidência da República. “Ele nos auxiliou e deu garantia que, em breve, vamos retomar a construção da UBS (Unidade Básica de Saúde) do Parque Aliança e faremos reforma das UBSs do Jardim Caçula e do Centro”. A unidade do Parque Aliança está em debate desde 2014.

Olho vivo
Secretário de Governo durante a gestão interina de Alaíde Damo (MDB) em Mauá, Antônio Carlos de Lima (PRTB) acompanhou a sessão que definiu a vitória de Neycar (SD) como presidente da Câmara, na terça-feira. Outro que fez questão de parabenizar o triunfo de Neycar foi Júnior Orosco (PDT), ex-secretário de Obras. Curiosamente, as duas figuras estão na raia oposta à do prefeito Atila Jacomussi (PSB).

Troca no PSL
Haverá mudança no comando do PSL em Santo André. Regis Gomes, que dirigia o partido até antes da eleição, deve dar lugar a Franklin Goulart. Goulart diz ter a confiança das direções nacional e estadual da legenda, por ter defendido o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) e por ter batalhado na eleição de Coronel Nishikawa (PSL) à Assembleia Legislativa. “Tive uma boa conversa com o Regis, tive boa impressão dele e até convidei para que possamos tocar o PSL em Santo André”, relata. A definição deve sair após a posse de Bolsonaro, mesmo assim, ele está confiante “para que nenhum aproveitador” entre na legenda depois do sucesso eleitoral deste ano. “A criança já anda e balbucia, mas não foi registrada no cartório. É questão de tempo.”

Pressão
O PT de São Bernardo organizará, no sábado, a partir das 10h, no diretório, ato para pressionar o ex-prefeito Luiz Marinho (PT) a ser candidato do partido à Prefeitura são-bernardense em 2020. Candidato derrotado ao governo do Estado neste ano, Marinho tem dito que não deseja concorrer ao Paço de São Bernardo, de olho em voltar a pleitear o Palácio dos Bandeirantes ou até o Senado em 2022. Segundo os organizadores da atividade, o PT não tem nomes para tentar desbancar a reeleição de Orlando Morando (PSDB), apesar de o deputado estadual Luiz Fernando Teixeira (PT) ter se colocado à disposição para encarar a missão. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

PSDB vai destituir sigla de Rio Grande

O pós-eleição tumultuou as relações no PSDB nas sete cidades. A coordenação regional, inclusive, foi à executiva estadual

Raphael Rocha

13/12/2018 | 07:04


O pós-eleição tumultuou as relações no PSDB nas sete cidades. A coordenação regional, inclusive, foi à executiva estadual reclamar do pouco apoio de alguns diretórios do Grande ABC no segundo turno na campanha do governador eleito João Doria (PSDB). A primeira grande decisão foi tomada na segunda-feira. A cúpula tucana no Estado autorizou a dissolução do diretório de Rio Grande da Serra. Presidido por Luís Castilho (PSDB), o tucanato local teria aderido à campanha de Márcio França (PSB), seguindo a postura do prefeito Gabriel Maranhão (sem partido). Ex-secretário de Saúde de Rio Grande, Carlos Duarte foi escolhido para presidir a legenda. Duarte atuou na gestão de Maranhão, mas se distanciou do chefe do Executivo.

Na Polônia
Deputado estadual eleito, Thiago Auricchio (PR), de São Caetano, está em Katowice, na Polônia, acompanhando a COP24 (Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas). Ele foi junto com o deputado federal Alex Manente (PPS), que integra a Frente Parlamentar da Química no Congresso Nacional. O evento debate as políticas globais sobre o clima e termina amanhã. “Uma experiência incrível, que nos dará bagagem para fazer políticas públicas voltadas ao meio ambiente com mais conteúdo e ideias”, disse Thiago sobre a viagem.

Pleito
O prefeito de Ribeirão Pires, Adler Kiko Teixeira (PSB), foi para Brasília ontem, e esteve em reunião com Abel Leite, secretário de assuntos institucionais da Presidência da República. “Ele nos auxiliou e deu garantia que, em breve, vamos retomar a construção da UBS (Unidade Básica de Saúde) do Parque Aliança e faremos reforma das UBSs do Jardim Caçula e do Centro”. A unidade do Parque Aliança está em debate desde 2014.

Olho vivo
Secretário de Governo durante a gestão interina de Alaíde Damo (MDB) em Mauá, Antônio Carlos de Lima (PRTB) acompanhou a sessão que definiu a vitória de Neycar (SD) como presidente da Câmara, na terça-feira. Outro que fez questão de parabenizar o triunfo de Neycar foi Júnior Orosco (PDT), ex-secretário de Obras. Curiosamente, as duas figuras estão na raia oposta à do prefeito Atila Jacomussi (PSB).

Troca no PSL
Haverá mudança no comando do PSL em Santo André. Regis Gomes, que dirigia o partido até antes da eleição, deve dar lugar a Franklin Goulart. Goulart diz ter a confiança das direções nacional e estadual da legenda, por ter defendido o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) e por ter batalhado na eleição de Coronel Nishikawa (PSL) à Assembleia Legislativa. “Tive uma boa conversa com o Regis, tive boa impressão dele e até convidei para que possamos tocar o PSL em Santo André”, relata. A definição deve sair após a posse de Bolsonaro, mesmo assim, ele está confiante “para que nenhum aproveitador” entre na legenda depois do sucesso eleitoral deste ano. “A criança já anda e balbucia, mas não foi registrada no cartório. É questão de tempo.”

Pressão
O PT de São Bernardo organizará, no sábado, a partir das 10h, no diretório, ato para pressionar o ex-prefeito Luiz Marinho (PT) a ser candidato do partido à Prefeitura são-bernardense em 2020. Candidato derrotado ao governo do Estado neste ano, Marinho tem dito que não deseja concorrer ao Paço de São Bernardo, de olho em voltar a pleitear o Palácio dos Bandeirantes ou até o Senado em 2022. Segundo os organizadores da atividade, o PT não tem nomes para tentar desbancar a reeleição de Orlando Morando (PSDB), apesar de o deputado estadual Luiz Fernando Teixeira (PT) ter se colocado à disposição para encarar a missão. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;