Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 14 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Guardia aponta legado do atual governo e defende reformas em vídeo da Fazenda



07/12/2018 | 14:33


O ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, considerou que o legado do atual governo para o País foi a superação da maior crise econômica pela qual o Brasil já passou. Em vídeo publicado no site da pasta, ele defendeu a continuidade das reformas - sobretudo a da Previdência - para que a recuperação fiscal seja sustentável.

"As pessoas precisam entender que o que nos levou a essa crise foram erros cometidos internamente, de política econômica, principalmente em função da deterioração fiscal. O governo enfrentou as questões na origem do problema, que foi conter o crescimento explosivo do gasto público", afirmou o ministro no vídeo.

Segundo Guardia, o Brasil não tem um problema de receitas, já que a carga de impostos no País é elevada. "O brasileiro paga muito imposto, o problema é que a despesa pública cresceu nesse período de maneira muito forte", avaliou.

O ministro elencou as medidas aprovadas pelo governo Michel Temer nos últimos dois anos, como a reforma trabalhista, o teto de gastos, redefinição do papel do BNDES com a criação de uma nova Taxa de Longo Prazo (TLP). Ele também destacou avanços nos marcos regulatórios de energia elétrica e do petróleo, além da retomada o processo de privatizações e concessões.

"O governo aprovou um conjunto muito amplo de reformas que permitiu colocar o Brasil de volta na linha do crescimento econômico. As reformas também visavam modernizar a economia brasileira", acrescentou.

Para Guardia, a reforma da Previdência ainda é o principal desafio que o Brasil precisa enfrentar. "Isso é importante para reduzir a regressividade do gasto público, que hoje acaba sendo canalizado para as pessoas mais ricas. Hoje a maior parte da população que recebe um salário mínimo se aposenta mais tarde", completou.

O ministro disse ainda que manter conquistas como redução da inflação e dos juros depende de uma política fiscal coerente e da atuação forte e firme do Banco Central. "Estamos em um caminho muito promissor. A continuidade das reformas levará ao crescimento sustentável com inflação e juros baixos, para enfrentarmos a questão do desemprego no País", concluiu.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Guardia aponta legado do atual governo e defende reformas em vídeo da Fazenda

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, acesse com:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;