Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 14 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Espanha admite temer cerca de '500 torcedores violentos' na final da Libertadores



07/12/2018 | 14:10


As autoridades da Espanha admitem que um grupo "especialmente violento" de cerca de 400 a 500 torcedores argentinos causam preocupação para a finalíssima da Copa Libertadores, no domingo, entre Boca Juniors e River Plate. A excepcional decisão do título será no estádio Santiago Bernabéu, em Madri.

Estes torcedores considerados violentos fizeram a viagem de Buenos Aires até Madri nestes últimos dias. Um deles, Maxi Mazzaro, foi deportado logo ao desembarcar na capital espanhola na noite de quarta. Ele é um dos líderes de uma ala radical da torcida do Boca Juniors.

Devido a esta preocupação as autoridades espanholas destacaram cerca de 4.000 integrantes da polícia para fazer a segurança da partida marcada para as 17h30 (horário de Brasília) de domingo. Trata-se do dobro do efetivo geralmente destacado para acompanhar os clássicos entre Real Madrid e Barcelona.

De acordo com José Manuel Rodríguez Uribes, autoridade do governo que supervisiona a segurança do grande jogo, o planejamento trata o evento como de "alto risco". Por isso, a polícia manterá o nível de alerta no máximo para vigiar torcedores com maior potencial de causar problemas antes, durante e depois da decisão do título.

Boca e River vão decidir o título da Libertadores no estádio do Real Madrid, em solo europeu, por causa dos incidentes ocorridos antes da partida marcada inicialmente para o dia 24, no Monumental de Núñez, estádio do River Plate.

Poucas horas antes do início do jogo, o ônibus do Boca foi apedrejado por torcedores do River e jogadores ficaram machucados, o que impediu a realização da partida decisiva. Dias depois, a Conmebol anunciou punição ao River e decidiu mandar o jogo fora da Argentina. O estádio Santiago Bernabéu foi o escolhido, apesar da oposição dos dois finalistas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Espanha admite temer cerca de '500 torcedores violentos' na final da Libertadores

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, acesse com:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;