Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 14 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Equador afirma ter acordo para libertar Assange

Cancilleria de Ecuador/Fotos Públicas Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Fundador do WikiLeaks está refugiado na embaixada equatoriana de Londres desde 2012



07/12/2018 | 08:37


O presidente do Equador, Lenín Moreno, disse nesta quinta-feira que o governo britânico deu garantias suficientes para que o fundador do WikiLeaks, Julian Assange, deixe a Embaixada do Equador em Londres, onde ele está refugiado desde 2012.

De acordo com Moreno, Londres aceitou não extraditá-lo a nenhum país em que ele corra perigo de vida ou que haja pena de morte. "Está dado o caminho para que Assange tome a decisão de sair (da embaixada)", disse o presidente. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Equador afirma ter acordo para libertar Assange

Fundador do WikiLeaks está refugiado na embaixada equatoriana de Londres desde 2012

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, acesse com:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;